7 Alimentos (baratos) que o vão saciar e fazê-lo poupar!

vegetais2 7 Alimentos (baratos) que o vão saciar e fazê-lo poupar!Poupar na alimentação não é tarefa fácil, mas é possível comer de uma forma mais saudável e equilibrada e ainda poupar dinheiro. Como? Optando por dar preferência a alimentos que o saciem e que ofereçam ao seu corpo os nutrientes e energia que ele pede. O melhor de tudo? É que estes alimentos são normalmente mais baratos!

COMER MENOS E FICAR MAIS CHEIO?

Comer é uma necessidade e deve também ser um prazer, no entanto, se queremos realmente poupar na alimentação devemos dar preferência a alimentos que consigam suprimir as necessidades do nosso organismo. Quem nunca pensou em comer só uma bolacha e acabou por comer um pacote inteiro? Este género de alimentos “gulosos” não só prejudica a nossa saúde, como também a nossa carteira. Opte por alimentos mais naturais e “verdadeiros” e evite comidas processadas.

Veja 7 alimentos económicos que são excelentes aliados na hora das refeições. Além de ser serem saudáveis ainda têm todos os nutrientes necessários para que o seu corpo se sinta saciado e não peça por mais comida.

1. Arroz

Versátil, tradicional e económico, o arroz é um excelente exemplo de poupança. Por bem menos de 1€ (se optar por marcas brancas) consegue preparar inúmeras refeições onde o arroz é a estrela principal.

Além de ser um ótimo acompanhamento, o arroz também pode ser utilizado para as refeições rápidas e saborosas. Salteie legumes e alguma carne branca numa frigideira e junte arroz já cozido, deixe ganhar sabor e tem uma refeição rápida, nutritiva e saborosa que o vai saciar. Sabe aquelas sobras de carne? Salteie-as, junte legumes e misture arroz! Refeição económica, sem desperdício e rápida!

2. Massacomer-massa 7 Alimentos (baratos) que o vão saciar e fazê-lo poupar!

Tal como o arroz a massa é económica e pode ser o ingrediente principal de uma enorme variedade de pratos. Além de poder ser servida como acompanhamento também pode ser o prato principal. Massa salteada em azeite e ervas aromáticas acompanhada com um tomate cherry é um prato delicioso e nutritivo. Pode também saltear bacon (mais barato se não comprar já aos cubos) e juntar esparguete. Regue com natas e terá uma refeição que irá agradar.

Também se pode render às massas italianas onde com poucos ingredientes criará refeições em que bastará um pequeno prato para ficar cheio.

3. Feijões

Ricos em fibra e perfeitos para saciar. São um excelente substituto da carne e podem ser integrados em várias refeições, incluindo saladas frias.

Sabia que uma chávena de feijão preto cozido contém 30 gramas de fibra e apenas 3 gramas de gordura? Um excelente alimento para quem se quer alimentar bem e poupar!

Experimente diversas formas de o utilizar, frio em saladas, estufado como acompanhamento ou mesmo como substituto da carne em refeições rápidas como burritos.

Pode comprá-los secos para maior economia ou optar por comprá-los já cozidos, gastando um pouco mais, mas mesmo assim económicos.

4. Flocos de Aveia

Se há alimento nutritivo e versátil são os flocos de aveia! Muito económicos se comprados na sua forma mais básica, são uma excelente ajuda para quem quer tomar o pequeno-almoço em casa.

Existem variadíssimas receitas que são feitas com flocos de aveia, desde as típicas papas de aveia, até a uma granola feita apenas com aveia e frutas frescas.

Aqui a imaginação é o limite e a aveia é o prato de fundo para pequenos-almoços mais nutritivos e mais económicos que o vão saciar e deixar sem vontade de petiscar umas bolachas!

5. Legumes congelados

Normalmente a nossa preferência recai sobre legumes frescos, mas para quem quer realmente poupar os legumes congelados podem por vezes ser uma melhor opção.

Quando os encontra em promoção pode comprar uma quantidade superior sem que estes se estraguem e evita também o desperdício, visto que estes legumes já vêm preparados para serem cozinhados.

São nutritivos, repletos de vitaminas e devem estar presentes em todos os pratos que preparamos. Ao juntar vegetais às nossas refeições vamos precisar de menos quantidade dos outros ingredientes, incluindo a carne. Resultado? Mais poupança, mais sabor, mais saúde!

6. Atum

As latas de atum podem ser uma preciosa ajuda na cozinha! Sempre disponíveis na despensa podem ser a nossa salvação quando não temos nada preparado. Alimento versátil que tanto pode ser utilizado frio como quente e até em sandes fica bem. Um esparguete com atum é já um prato típico para aqueles dias em que não tivemos tempo para fazer mais nada, no entanto, é com prazer que o saboreamos! Rico em ómega 3 é um alimento que deve estar sempre na nossa despensa.

Aqui o truque é esperar por uma boa promoção e fazer um bom stock. Opte pelas marcas brancas, pois os preços são mais em conta e o sabor é praticamente idêntico.

7. Ovos

Tal como o atum, os ovos são um alimento extremamente nutritivo e muito versátil. São económicos e como têm validade considerável podem ser comprados em promoções e guardados no frigorífico.

Tal como o atum, os ovos também são uma ajuda preciosa para aqueles dias em que não temos nada preparado. Uns ovos mexidos dentro de um pão acompanhado com uma composta salada são uma excelente refeição. Para os mais exigentes, uma omelete acompanhada com um arroz e salada é mais que suficiente para deixá-lo cheio!

DICAS PARA POUPAR AINDA MAIS NA COZINHA

  • Escolha refeições equilibradas – Não tenha um ingrediente principal. Quanto mais colorido for o seu prato, mais saudável e económico será.
  • Diga não ao fast-food – Além de não ter a melhor qualidade, esta comida ainda é caríssima! Evite até os bolos e bolachas, pois pode fazê-los em casa facilmente e ainda poupar bastante.
  • Diga sim à sopa – Fácil de fazer e económica. Se criar o hábito de comer sopa antes das refeições vai poder comer em menos quantidade e ainda assim sentir-se saciado.
  • Crie o hábito de planear as refeições – Ao planear as refeições consegue aproveitar descontos e garantir que nunca terá que recorrer à fast-food para uma refeição rápida.
  • A comida não é um entretém – Deve comer quando sente fome e não gulosice!
  • Encha menos o prato – Temos a ideia (correta) de que devemos comer tudo o que está no prato para não desperdiçar comida, mas e se ficarmos cheios? Um bom truque é colocar menos no prato, se ficar com fome poderá ir buscar mais, mas não irá ter de comer mais apenas para não estragar.

Coma menos, coma melhor, poupe mais!

Texto da autoria de Marisa Barata

Comentários

comentários

1 resposta

  1. carminda diz:

    gostei das dicas. umas ja uso outras vou passar a usar

Deixar uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Receba este Ebook Grátis!

Ao subscrever a nossa Newsletter (100% gratuita), para além de receber este ebook, ainda passará a ser alertado via email para:

  • Dicas de poupança
  • Dicas sobre formas de obter rendimentos extra
  • Passatempos e outras ofertas exclusivas
Fechar esta janela

Não perca mais tempo. Envie-nos o seu email e em breve estará a ver como valeu a pena!

Não se preocupe, o seu endereço de email nunca será divulgado a terceiros.