Comparar é Poupar

kuantokusta Comparar é Poupar

Nem sempre nos preocupamos em comparar preços antes de comprarmos algo.

A ânsia de ter aquele televisor que faz a nossa sala parecer um cinema, ou um novo modelo de telemóvel tão versátil que só lhe falta tirar cafés… leva-nos por vezes a uma compra por impulso.

Atualmente já não é necessário passearmos por várias lojas e gastar dinheiro em deslocações para encontrarmos o melhor preço.

Existem vários sites na Internet que nos permitem comparar preços de uma imensidão de produtos. Muito úteis para rapidamente conhecermos a loja que melhor preço faz para o produto que desejamos.

Alguns exemplos desses sites, ou pelo menos os mais conhecidos, são o Kuanto Kusta e o Izideal.
O site da DECO também pode ser uma ajuda preciosa na hora de comparar preços e não só.

Como vê, se tiver acesso à Internet, não tem desculpas para sair por aí fazendo compras desenfreadas sem ter a mínima noção dos preços praticados.

Boas (mas poucas) compras! 😉

Comentários

comentários

11 respostas

  1. Maria diz:

    Actualmente tenho a preocupação de comparar preços, principalmente no que toca ás compras para a casa. Sei que tipo de produtos é mais barato, em cada supermecado. Agora, nesse tipo de equipamentos, nem sempre se faz isso, compra-se onde se pensa ser mais barato, ou porque algo está em promoção. Pena é que estes sites não comparem também produtos para a nossa alimentação, que surgem como a maior despesa de todas as familias.

    Mas, mesmo assim, excelente post, Miguel 😛

  2. Américo Fernandes diz:

    Mas atenção, se tiverem oportunidade vão directamente ás lojas e comparem com os que estão nas lojas pois nos sites nem sempre estão actualizados, eu já comprovei isso ao comprar mais barato na BOX do Jumbo do que nos sites referidos nestes acima pelo Miguel. No que toca a este tipo de produtos penso que devemos “investigar” bem antes de fazer a compra.

  3. Teresa diz:

    Concordo com o Américo. Por vezes há promoções limtadas no tempo e que se tornam numa melhor escolha do que aquilo que é anunciado nestes sites.
    Quanto a estes sites são uma óptima ferramenta para se poder ter ideia do preço mais baixo que se está a praticar no mercado.

  4. Isa Ribeiro diz:

    O unico senão destes sites é que normalmente só comparam entre sites que nao tem lojas em franchising.. é só uma em lisboa, outra no porto, e depois quando é necessário reparações e garantias dos produtos.. nem vale a pena.
    Prefiro ir a uma loja “fisica” mas nestas comparo os preços. 😀

  5. Teresa diz:

    Sempre que estou para adquirir um electrodoméstico, uma máquina corro sempre as capelinhas todas perto de mim, que é como quem diz corro todas as lojas que posso. No que toca às compras do dia-a-dia para a casa já começo a ficar como a minha sogra: sei quais os tipos de produtos que cada superfície tem mais barato. demora algum tempo a encaixar esta informação e a geri-la, mas com prática até se torna fácil. Depois é só fazer o circuito de compras que é para não gastar gasóleo desnecessário.

  6. Maria diz:

    Como sou sempre eu que vou ás compras, já sei de cor quais os produtos mais baratos em cada supermecado. Depois é só ir a cada um deles, e trazer o que mais compensa, e como ficam á beira um do outro, não preciso andar muito 😛

  7. Tânia diz:

    olá,

    alguém sabe se por lei um supermercado pode-me proibir de tirar apontamentos sobre os preços dos produtos?
    este fim de semana fui a 3 supermercados e andei a ver preços de alguns produtos para comparar entre si o preço e comprar onde é mais barato. como não os consigo decorar escrevi num bloco de apontamentos. num dos supermercados o segurança veio ter comigo e mesmo depois de lhe explicar que não faço parte de nenhum outro supermercado e que estava a comparar preços a nível pessoal para fazer compras obrigou-me a rasgar a minha lista. Mostrei-lhe a lista onde nem constavam as marcas dos produtos, so o tipo de produto e o valor, mesmo assim não pude ficar com a lista, alegou que era proibido e era concorrência.

    • Miguel diz:

      Olá Tânia,
      Que situação desagradável essa pela qual passaste! 🙁
      Não acredito que existe alguma lei que nos proíba de anotar preços num supermercado!!! Ou pelo menos não quero acreditar… Não faz sentido!

      Mas acho que esta é uma boa questão para colocar à DECO. Vou enviar-lhes agora mesmo um email. Depois comento aqui a resposta. 😉

      • Jose Almeida diz:

        Viva.
        Esta tarde fui a um supermercado, não para fazer comparações de preços, mas para ter ideia de quanto iria gastar para adquirir produtos para um evento que estou a organizar. Quando estava a anotar os preços fui abordado por uma funcionária desse supermercado, proibindo-me de tirar apontamentos.
        Andei a tentar pesquisar na internet e não encontrei nenhuma informação sobre o tema. Alguém deste fórum chegou a contactar a DECO para obter informações? Se sim, posso saber qual foi a resposta? Entretanto enviei e-mail à DECO para tentar obter informações.

        Cumprimentos,
        José Almeida

    • Frutinha diz:

      Meu deus!!! é onde chega o cumulo!
      Uma pessoa já nem pode comparar preços…

  8. Frutinha diz:

    Acho que nos dias de hoje as compras por impulso são cada vez menores até porque são um erro!!!!
    Com a internet é muito facil comprar preços e até mesmo opiniões. Na minha opinião deve-se comprar sempre pois no final pode-se amealhar uns bons trocos.

Deixar uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Receba este Ebook Grátis!

Ao subscrever a nossa Newsletter (100% gratuita), para além de receber este ebook, ainda passará a ser alertado via email para:

  • Dicas de poupança
  • Dicas sobre formas de obter rendimentos extra
  • Passatempos e outras ofertas exclusivas
Fechar esta janela

Não perca mais tempo. Envie-nos o seu email e em breve estará a ver como valeu a pena!

Não se preocupe, o seu endereço de email nunca será divulgado a terceiros.