Os conselhos da Mónica: Desabafos da vida moderna

preocupado Os conselhos da Mónica: Desabafos da vida modernaEste fim-de-semana deu-me para filosofar sobre temáticas dos dias de hoje. Não correu nada bem, fiquei com a moral desanimada! Vamos a confissões…

Li na Sábado o dossier exclusivo sobre emprego. Triste leitura a minha. Eu estou no mercado de trabalho há uns anos, e não foi por acaso que decidi fazer algumas, chamemos-lhes “inversões de marcha”, mas confesso que devo andar distraída nos últimos meses.

Provavelmente sou só eu, mas a leitura do artigo, que animadamente atesta haver mais de 300 vagas de emprego a preencher até Dezembro, deprimiu-me profundamente. Que é isto?! Será que algures no processo do recrutamento deixamos de contratar seres humanos e passamos a contratar robôs?

Vejamos, está visto que para tudo faz falta curso superior (nobre excepção: IKEA), mas gosto particularmente daqueles que especificam que não é preciso especificar nenhum… ou seja, tem de ter canudo, a área é completamente indiferente (Oi??!). É interessante porque também há empresas que seleccionam não pelo perfil do candidato mas pelo perfil da Universidade – tem de ser da X ou da Y.

Exigências há quatrocentas… regalias, isso também é pedir muito não?! Retirando a IKEA que efectivamente tem uma política interessante para responder ao ponto “Porque é bom trabalhar aqui” a maior parte das outras empresas bem fazia se não tivesse visto essa pergunta.

A sensação que tive foi a de que estava diante de uma máquina de servir cafés: ponha a moeda e escolha: café longo, café com leite, café curto. Resta-nos desejar que a máquina dê trocos para a injustiça não ser completa.

No mesmo dia resolvi entrar na Bertrand e dar uma vista de olhos aos lançamentos. Adoro livros, houve tempos que os comprava por vício, lê-los nem era o principal. Fiquei assoberbada pela quantidade de livros sobre poupar, qualquer coisa como – “aprenda a cozinhar poupando”, “conselhos de X para poupar”, “recicle e poupe”, bem N livros mesmo, falo de dezenas. Todos de agora, edições recentes.

NÃO PODEMOS COMER BIFE TODOS OS DIAS!

Mas agora vamos a factos, se essa é uma temática tão popular, tão actual, e se todos nós estamos mais pertinho da poupança, se já fizemos contas, se nos estamos a preparar para o aforro, porque raio Isabel Jonet quase foi atrocidada pelas declarações que fez???!

Será que realmente não percebemos que muito provavelmente não podemos comer bife todos os dias?! E, pior ainda, continuo a ver comentários de pessoas que se recusam a participar nas futuras campanhas por estarem contra as declarações que a sua presidente prestou em directo num programa da SIC Notícias (esperemos que pelo menos tenham visto as ditas declarações, eu por mim continuo convencida com o fenómeno “Maria vai com as outras”).

Leitores, eu estou a ver o túnel da humanidade muito nublado. Desejo raios de sol para breve. Mas nos entretantos, só porque sim, espero estar bem-disposta da próxima vez que alguém me pergunte porque não tenho filhos.

autoria-monica Os conselhos da Mónica: Desabafos da vida modernaartigos-monica Os conselhos da Mónica: Desabafos da vida moderna

Comentários

comentários

4 respostas

  1. Elisabete Mendonça diz:

    300 vagas de emprego???? E quantos milhares de desempregados…..
    E quantos há que não querem trabalhar???
    Felizmente vou tendo trabalho, mas fico perplexa com a quantidade de pessoas que quer trabalho e não consegue, principalmente por já serem considerados ‘velhos’… mas também com a quantidade que anda ?à caça ao carimbo’ para poder manter um subsídio que todos nós pagamos….
    Não vi a entrevista dessa senhora, mas se~’ não podemos comer bifes todos os dias? pelo menos deveriamos poder comer pão e sopa todos os dias, e isso está cada vez mais dificil….

  2. A vida está muito difícil, nem há dinheiro para uma simples sopa, mas devemos ter esperança!

  3. Elisabete diz:

    Eu tenho “pena” de quem poupou ate agora e mesmo assim nao tem dinheiro para comer, mas tambem ha muita gente que nunca poupou na vida e depois estao a espera de que???? Eu tenho 27 anos, desde cedo que nas ferias fui trabalhar com a minha mae para juntar dinheiro…´´e preciso começar a juntar antes para ter depois, mas isso os pais tambem tem que incutir nos filhos, na minha maneira de ver ´´e assim…mas claro existem sempre excepçoes de pessoas que sempre ganharam muito pouco e nao conseguem juntar, mas garanto que a doze anos atras, uma pessoa saudavel e sem grandes vicios teve muitas oportunidades para poupar…nao ´´e agora que o pais esta desta maneira que se vai conseguir poupar muito, embora tenhamos que fazer um esforço para conseguir, ainda que nem sempre consiga-mos….(ignorem a falta de acentuaçao)

  4. Artur Ferreira diz:

    Ola Mónica

    Estes alertas podem servir para mudar mentalidades e servirem de inspiração a outros …

Deixar uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Receba este Ebook Grátis!

Ao subscrever a nossa Newsletter (100% gratuita), para além de receber este ebook, ainda passará a ser alertado via email para:

  • Dicas de poupança
  • Dicas sobre formas de obter rendimentos extra
  • Passatempos e outras ofertas exclusivas
Fechar esta janela

Não perca mais tempo. Envie-nos o seu email e em breve estará a ver como valeu a pena!

Não se preocupe, o seu endereço de email nunca será divulgado a terceiros.