De lâmpada em lâmpada

lampada-economizadora De lâmpada em lâmpadaNeste momento já não existem grandes argumentos para defender a utilização de lâmpadas devoradoras de energia.

Provavelmente por esta altura, já substituiu todas as suas lâmpadas incandescentes por lâmpadas economizadoras.

Já não é novidade nenhuma que a utilização de lâmpadas fluorescentes economizadoras permite-lhe uma redução significativa no consumo de energia eléctrica comparativamente às “velhinhas” lâmpadas incandescentes.

Mas será que conhece todas as alternativas económicas existentes no mercado para as lâmpadas incandescentes e de halogéneo para cada tipo de casquilho?

Atente à seguinte tabela de equivalências fornecida pelo site EcoCasa:

ecocasa_lampadas De lâmpada em lâmpada
Como vê, apesar de ainda não existirem lâmpadas economizadoras equivalentes a alguns tipos de lâmpadas de halogéneo, existem versões dessas lâmpadas mais eficientes do ponto de vista energético em que, dependendo do caso, permitem uma poupança de até 30%.

Se ainda não trocou todas as suas lâmpadas apenas porque desconhece qual a versão económica que utiliza o mesmo casquilho… agora já não tem desculpas! 😉

Comentários

comentários

21 respostas

  1. O problema destas lâmpadas é as interferências que causa na rede eléctrica devido à quantidade de electrónica que contêm.

  2. Julia Vieira diz:

    Sr. Miguel

    Muito interessante este artigo sobre lâmpadas, apesar de pensarmos que sabemos tudo cheguei à conclusão que precisava da sua ajuda: Em relação às lampadas de ref. E14 gostaria que me indicasse onde posso comprar as economizadoras correspondentes, as que eu precisava era a do meio. Em relação às de casquilho grosso tenho um problema comprei a lâmpada economizadora e quando fui colocar o candeeiro tem um suporte por dentro e a lampada é comprida demais. Também há um problema com estas lâmpadas pelo menos para mim a maior parte tem a chamada luz branca que eu não consigo suportar.

    Se me conseguir dar algumas dicas fico muito grata.

    Júlia Vieira

    • Miguel diz:

      Olá Júlia,
      Em relação às lâmpadas com casquilho E14, existe uma de marca philips muito semelhante, pode vê-la no site da Rádio Popular: http://www.radiopopular.pt/catalogo/detalhesproduto.php?idprod=18214
      Tentei encontrar uma igual à imagem fornecida pela EcoCasa, mas não encontrei. Da próxima vez que for às compras irei estar atento. 😉

      Para as de “casquilho grosso” (penso que se refere às E27), também existem várias soluções, veja esta por exemplo: http://www.radiopopular.pt/

      No site da Rádio Popular, se procurar por “lâmpada E27” ou “lâmpada E14”, encontrará uma grande variedade de lâmpadas para esses casquilhos.

      Relativamente à “cor da luz”, tenha atenção ao código que aparece na embalagem da lâmpada economizadora.
      Sem entrar em grandes detalhes técnicos, a explicação básica é esta:
      Esse código incluí aquilo a que se chama “temperatura da cor”. Procure algo como “IEC 827”. Os últimos dois dígitos (27 neste caso) indicam a cor da luz e podem ir de 27 até 65. Quanto maior este número, mais branca (fria) é a luz emitida.
      Ou seja, uma lâmpada 827 tem uma luz mais amarelada (quente) que uma 865. O 1º digito pode ser outro.

      Espero tê-la ajudado.

  3. manuel diz:

    olá miguel boa tarde e bom f.s.
    em relação à lâmpada da philips acho que consome muito para led, pois hoje há no mercado muitas lâmpadas de leds que consomem muito menos e que possívelmente darão tanta luz como aquela e se calhar não serão tão caras concerteza como aquela irá ser???
    há no iZi uma barrinha de leds optima para colocar sob os armários de cozinha com uma optima luz e que custa 13 € , com suportes para a mesma, mas atenção que é preciso um pequeno transformador de 12/220v que não vem incluido, é barato e compensa o investimento.
    Quanto ao outros tipos de Lâmpadas de leds, procurem e comparem os preços
    não comprem logo no 1º sítio onde vejam.
    um abraço

  4. carlota portugal diz:

    ola bom dia

    ando preciamente a procurar lampadas que não sejam brancas frias de cor.
    na DESIGNLAMP online, encontro duas cores mencionadas nas lampadas
    estas
    Cor: 6500K cor da lampada
    Cor : 2700K outra lampada igual

    MAS- não se sabe o que querem dizer estes codigos
    esse é o meu problema.

    ALIAS é o primeiro site de vendas que traz codigo para a lampada
    segundo informação que li atraz não entendo que se aplique ?

    obrigada a quem me saiba responder
    carlota

    • Miguel diz:

      Olá Carlota,
      Esses números (6500K e 2700K) dizem respeito à temperatura da cor – a tonalidade da cor da luz emitida.
      O “K” é a unidade de medida “Kelvin”.

      Basicamente, as lâmpadas com mais de 5000K apresentam uma cor mais próxima da luz do dia, mais branca, mais fria.
      As de 2700K têm uma luz semelhante à de uma vela acesa, mais amarelada.

  5. Eduardo Rodrigues diz:

    O meu comentário é o seguinte; Quando à substituição das lâmpadas incadescentes para as chamadas economizadoras, tudo bem. Mas quanto ao grande perigo no caso de quebra, uma vez que as mesmas obrigam a, no caso de quebra, sair imediatamente de casa durante uns 20 minutos e depois ter uma série de cuidados como por exemplo termos que chegar ao ponto de, depois de retirar os pedaços maiores (nunca com a mão) ter que usar uma fita cola para apanhar os pequenos pedaços e não com as mãos. Imaginemos que uma criança mexe numa dessas lâmpadas, parte-se e ninguém dá conta do acontecido? Quem se responsabiliza pelas consequências gravíssimas? Obrigado.

    • Miguel diz:

      Obrigado Eduardo pelo seu comentário.
      Para já eu ainda não tive o azar de partir nenhuma lâmpada economizadora, mas realmente o que descreve é um pouco assustador… mas agora estou numa fase de transição para lâmpadas de LED (optei pelas SMD)! Vamos lá ver como corre…

      • Eduardo Rodrigues diz:

        Olá Miguel:

        Obrigado pelo seu comentário e gostaria de saber se essas lâmpadas de LED estão isentas do tal perigo no caso de quebra, bem como se haverá sempre à venda pois, como sabe, as incandescentes têm tendência a desaparecerem do mercado. Abraços. Eduardo

        • Miguel diz:

          Olá Eduardo,
          Não acredito que as lâmpadas de LED possam ser prejudiciais à nossa saúde seja de que forma for!
          Mas sabe-se lá… o que hoje é verdade amanhã é mentira!
          Abraço

  6. Eduardo Rodrigues diz:

    Olá Miguel: Acho que no meu caso em que preocupo-me muito com o tal perigo no caso de quebras, até porque tenho netos 3, 5 e 7 anos e nunca se sabe o que pode acontecer, estou a pensar optar pelas de lâmpadas de halogénio. Há tempos atrás coloquei em quase toda a minha casa as chamadas economizadoras e não notei diferenças nas facturas da EDP.
    Veja o link:
    http://www.philips.pt/c-m/produtos-de-consumo

    Com as de halógénio não há aquele perigo no caso de quebra. Quanto ao consumo, exemplo: 135W consome 105W.
    Abraços
    Abraços

  7. Eduardo Rodrigues diz:

    Olá Miguel: Um acrecento ao meu comentário anterior: Quanto às de LED a luz não espalha mas sim foca para um determinado local. São boas, por exemplo, para uma secretária com um candeeiro e que vai focar, por exemplo, o local onde está a escrever ou onde está o teclado do computador. Para isso, tudo bem.
    Abraços

  8. Daniel diz:

    Pesquisa recente apontou quantidade elevada de chumbo, níquel e arsênico nas lampadas LED, portanto todo cuidado é pouco no manuseio e descarte!

    Pra quem nao sabe, esses metais são cancerígenos em grande quantidade, ou se inalados. Gosto da potencia e economia desta tecnologia, mas dá pra ver que nada é perfeito.

  9. Fernando Costa diz:

    Caros,

    A multinacional VIRIBRIGHT apresenta ao público a sua gama de lâmpadas LED de caracterisiticas únicas na FIL Intercasa e Design Show, no pavilhão 4 Stand D15.

    A VIRIBRIGHT patrocina também a Casa Ideal que tb está no Stand 4, e poderão ver a aplicação dos focos de 140º em tecto falso.

    Este focos receberam recentemente o selo de Performance Ambiental Quercus/AIP.

    Quem necessitar de convite envie-nos um email para marketing@viribright.com.pt. A feira termina no próximo domingo dia 16 de Out.

    Apartir de sexta será possivel adquirir alguns produtos no stand com um desconto interessante.
    Em breve estarão à venda no Corte Inglel, para já as encomendas deverão ser encaminhadas por nós aos distribudores armazenista autorizados.

    Deixo-vos alguma informação comercial sobre este foco.

    abraço,

    VIRIBRIGHT – O LED QUE DÁ LUZ !

    FOCO 4.5W – Design único e amarelos perfeitos

    Projecção de luz abrangente e uniforme aquecimento muito reduzido
    140º de abertura, a melhor solução para tecto falso, e único no mercado.
    Não danifica nem queima a armação e a zona envolvente do tecto falso.

    Luz forte, para uma substituição directa
    de lâmpadas de halogénio de 35 a 50W, disponível em GU10 e MR16, e em cor quente, natural e frio

    A mais segura e ecológica
    Com dissipador térmico interior e cobertura em plástico reciclável, garante um protecção única contra choques eléctricos e queimadura na instalação.
    Eco-Taxa e certificação Ponto Verde, RoSH, CE e em conformidade com a directiva comunitária de EcoDesign EuP.

  10. Sergio Oliveira diz:

    Deseja economizar realmente na iluminação de sua casa? Use a tecnologia led.
    Consulte o meu catalogo em:

  11. João Alves diz:

    Gostaria de saber o seguinte.Os led emitem logo a luz toda quando ligadas ao contrario das económicas lâmpadas económicas “brancas” do estilo da cor dos escritórios certo.ou as do IKEA que levam mais de 1 minuto a “aquecerem”, e começam logo a poupar o mesmo que as chamadas lâmpadas económicas ou só a partir de algum tempo.Agora existem tantas lâmpadas, umas que confunde.Ainda no outro dia fui ao Aki e eles tem umas lâmpadas do estilo vela que por dentro tem uma mini lâmpada que parece as lâmpadas de candeeiros de halogénio que dizem que de 40w , dá luz de 60w.Esta minha duvida relaciona-se entre por lâmpadas economizadoras e led pois o funcionário da Osram que estava a fazer propaganda disse me que os led em relação às outras só começavam a poupar estando mais de 20 minutos ligadas.Queria desvendar o mito.Obrigado

Deixar uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Receba este Ebook Grátis!

Ao subscrever a nossa Newsletter (100% gratuita), para além de receber este ebook, ainda passará a ser alertado via email para:

  • Dicas de poupança
  • Dicas sobre formas de obter rendimentos extra
  • Passatempos e outras ofertas exclusivas
Fechar esta janela

Não perca mais tempo. Envie-nos o seu email e em breve estará a ver como valeu a pena!

Não se preocupe, o seu endereço de email nunca será divulgado a terceiros.