14 Dicas para Poupar na Roupa

roupa-pendurada 14 Dicas para Poupar na RoupaNão há como escapar, a compra e manutenção da roupa é uma despesa que pode ter algum peso no nosso orçamento. Mas existem vários “truques” que podemos implementar para minimizar essa despesa sem grandes sacrifícios. Eis algumas dicas para poupar em tudo o que diga respeito ao vestuário…

1. Evite roupas que precisem de ser lavadas separadamente

Sempre que possível, evite comprar peças de roupa que exijam ser lavadas em separado. Cada lavagem em separado representa um custo adicional de água, eletricidade e de detergente, isto sem contar com o desgaste da máquina de lavar.

2. Opte por peças de roupa fáceis de combinar

Se optar por comprar peças de roupa que combinem bem entre elas, para além de poupar dinheiro ainda ganha mais espaço no seu roupeiro. Por exemplo, escolha blusões, camisas e t-shirts que fiquem bem com quaisquer calças que tenha.

Uma escolha cuidada neste sentido, irá reduzir drasticamente a quantidade de roupa que precisa de ter.

3. Compre roupa em outlets e lojas de segunda mão

Quando precisar de comprar roupa nova, comece por procurar em outlets antes de ir a um centro comercial.

Os outlets vendem roupa fora de estação e de coleções descontinuadas a preços mais vantajosos.

As lojas de roupa em segunda mão são também uma boa opção para poupar um bom dinheiro na compra de roupa.

4. Prefira roupas de boa qualidade e que durem mais tempo

Se optar por comprar poucas peças de roupa e manter o seu roupeiro com o mínimo necessário, o ideal é que invista um pouco mais na qualidade comprando roupa de marca que dure mais tempo lavagem após lavagem.

5. Use roupa de “andar por casa”

Quando a sua roupa começa a dar sinais de desgaste tornando-se inapropriada para sair à rua, converta-a em “roupa de andar por casa”.

Seja para as lides domésticas, para tratar do jardim, ou para simplesmente andar por casa, a roupa velha pode ainda lhe ser muito útil antes de ir finalmente para o lixo. E mesmo antes de ir parar ao lixo, muitas peças de roupa ainda podem ser usadas como panos para as limpezas da casa e não só.

6. Vá alternando a roupa consoante as estações do ano

Uma boa forma de manter a roupa em bom estado, é ir alternado a roupa disponível no seu roupeiro de acordo com a estação do ano.

Por exemplo, na primavera, encaixote as roupas de inverno (de preferência embaladas a vácuo) e desencaixote as roupas de verão. E no final do verão volte a guardar a roupa mais fresca e desencaixote a roupa de inverno.

É uma boa forma de preservar a sua roupa com um aspeto novo por muito mais tempo!

7. Venda ou doe a roupa que já não usa nem pretende vir a usar

Tem roupa que já não usa nem tenciona vir a usar? Liberte espaço no seu roupeiro vendendo-a ou doando-a a instituições de caridade.

Caso se trate de roupa de criança, poderá dirigir-se a uma loja especializada na compra e venda de vestuário infantil, como é o caso da Kid to Kid.

Caso se trate da sua roupa, poderá optar por vender em sites de classificados nas secções indicadas para a venda de vestuário.

Se optar por doar a roupa que já não usa a uma instituição de caridade, não se esqueça de pedir o recibo dessa doação para a poder declarar no IRS e obter benefícios fiscais.

8. Não compre roupa por impulso ou para ultrapassar uma crise emocional

No artigo Compras planeadas, impulsivas ou compulsivas, abordei exatamente este assunto, sendo que até dei como exemplo a compra de roupa de forma impulsiva e compulsiva.

Compra Impulsiva – apesar de ter uma ideia global sobre o que tem e não tem no seu guarda-roupa, você não tem por hábito fazer essa análise.

O seu guarda-roupa é abastecido com base na aquisição de produtos resultante de decisões de compra tomadas no momento.

Você desloca-se às lojas não só pela necessidade de comprar, mas também pelo simples prazer de as frequentar e a realização da compra resulta de um enorme desejo de comprar por comprar ou da gratificação emocional desse ato.

Compra Compulsiva – este tipo de compra não se destina a satisfazer uma necessidade de abastecer o seu guarda-roupa. Até pode ter um excesso de peças de roupa repetidas e mesmo falta de peças essenciais. Faz compras como forma de ultrapassar momentos de mau estar, de angústia ou de depressão. É provável que tenha o seu guarda roupa repleto de artigos que nunca usa.

Em ambos os casos estamos perante um problema, que como tal, tem de ser resolvido.

Se se sente excitado só em pensar em comprar roupa nova mesmo sabendo que não necessita (e até já tem o seu roupeiro sobre-lotado), deverá reconhecer que isso é um problema extremamente prejudicial para a sua saúde financeira.

Para ultrapassar este problema, tente se focar noutras experiências positivas que não envolvam dinheiro.

9. Não lave roupas que não estão sujas

Se utiliza diariamente peças de roupa que não se sujam nem ficam com mau odor, para quê lavá-las constantemente? Blusões, casacos e outras peças de roupa exterior, não precisam de ser lavadas com tanta frequência.

Ao lavar peças de roupa desnecessariamente, para além de as desgastar, está a desperdiçar dinheiro em eletricidade, água e detergente.

Se ao despir essas peças de roupa, verificar que se mantêm limpas, pendure-as para as usar novamente.

Quando finalmente precisar de lavar essas peças, tenha em atenção as indicações das etiquetas da roupa. Essas indicações são preciosas para evitar estragar a roupa!

10. Aprenda habilidades básicas de costura

Saber fazer uma bainha de umas calças, costurar um botão e remendar pequenos rasgões, não exige grande técnica e pode ajudá-lo a poupar dinheiro.

Se não sabe por onde começar, procure na internet por tutoriais sobre costura. Irá encontrar imenso material para aprender as técnicas básicas.

11. Utilize truques caseiros para remover nódoas da roupa

A maioria das nódoas podem ser removidas usando apenas alguns produtos que normalmente temos por casa.

A internet está repleta de dicas caseiras para remover quase todo o tipo de nódoas. Aqui no blog já divulgamos alguns desses truques, por exemplo: como remover manchas de bolor, manchas de mel e nódoas de vinho tinto.

Portanto, antes de gastar dinheiro em produtos específicos para a remoção de nódoas, pesquise na internet por uma solução caseira e mais económica.

12. Compre roupa que não precise de ser passada a ferro

Nem toda a roupa sai da máquina de lavar amarrotada e a necessitar de ser passada a ferro. Existem vários tecidos que não amarrotam com tanta facilidade, é o caso dos sintéticos, como nylon, poliéster, acrílico e malhas com elastano.

Antes de comprar uma peça de roupa, ainda na loja experimente amarrotá-la com firmeza e verifique se depois de a largar ela se mantêm amarrotada. Se a roupa se mantiver lisa, ótimo! 🙂

E se passar a ferro for inevitável, aqui tem algumas dicas para poupar energia nessa tarefa: Como passar a ferro sem desperdiçar energia

13. Compre roupas que lhe sirvam no momento

Se com as crianças é válido pensar em comprar roupa um pouco maior para que lhe sirva por muito mais tempo, com os adultos essa estratégia já não faz tanto sentido.

Não viva no futuro. Irá se sentir melhor se usar roupa com tamanhos adequados a si. Comprar roupa pensando que um dia irá emagrecer ou engordar, podem levá-lo a comprar peças que nunca virá a usar.

14. Encomende roupa da China

Normalmente associamos as lojas dos chineses a produtos de má qualidade, mas atualmente com o aparecimento de cada vez mais lojas dos chineses online e da concorrência entre as mesmas, a qualidade tem vindo a melhorar.

Por exemplo, na GearBest e na TomTop existe uma secção dedicada a roupa masculina, feminina e de criança a preços muito em conta. Já cheguei também a encomendar bastante roupa de bebé através do eBay e correu sempre tudo muito bem. Outro site interessante e muito usado para comprar roupa na internet, é o AliExpress.

Existem também lojas online chinesas onde se vende unicamente roupa, como por exemplo a DressLink, que se dedica à venda de vestuário para mulher e criança.

O que achou destas dicas? Se tiver mais sugestões para poupar dinheiro na roupa, partilhe-as nos comentários. 😉

Comentários

comentários

Deixar uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Receba este Ebook Grátis!

Ao subscrever a nossa Newsletter (100% gratuita), para além de receber este ebook, ainda passará a ser alertado via email para:

  • Dicas de poupança
  • Dicas sobre formas de obter rendimentos extra
  • Passatempos e outras ofertas exclusivas
Fechar esta janela

Não perca mais tempo. Envie-nos o seu email e em breve estará a ver como valeu a pena!

Não se preocupe, o seu endereço de email nunca será divulgado a terceiros.