Quer fazer férias? Compre um mealheiro!

porquinho-de-ferias Quer fazer férias? Compre um mealheiro!Com a chegada do verão, vem também o desejo de umas férias de sonho, onde possa descansar de um ano cheio de trabalho, e ao mesmo tempo, divertir-se e relaxar com a sua família. Mas nem sempre é fácil chegar a essa fase do ano e despender de um montante ainda elevado de dinheiro.

No entanto, há formas simples e fáceis de poupar durante o ano, chegando ao verão com o dinheiro necessário para as suas férias. Neste artigo irei mostrar como conseguir juntar o dinheiro que necessita para as suas férias, utilizando um dos instrumentos mais básicos de poupança: o mealheiro.

O MEALHEIRO

O mealheiro foi, para muitas pessoas, a primeira experiência de poupança. Muito utilizado pelas crianças, é um instrumento importante na educação para a poupança. Contudo, não tem necessariamente que ser utilizada apenas pelas crianças. Pessoalmente, já fiz férias com a minha esposa praticamente à conta do dinheiro que juntamos ao longo de um ano num mealheiro de barro que compramos especificamente para isso.

Já pensou que se colocar apenas um euro por dia no mealheiro, ao fim de um ano terá lá 365€? Ou melhor, se todos os dias lá colocar 2€, então no final desse tempo terá 730€? De seguida deixo algumas dicas de como utilizar o mealheiro para poupar para as suas férias.

DICAS PARA POUPAR DINHEIRO COM UM MEALHEIRO

  • Quando compro um mealheiro, opto sempre por aqueles mais tradicionais, feitos em barro, que apenas se abre partindo. A questão podia ser apenas de gosto, ou meramente estética, mas não. Na realidade, se tivermos um mealheiro fácil de abrir, a tentação de ir lá buscar algum dinheiro é grande.
  • Defina um valor mínimo a ser colocado no mealheiro. Se for colocando moedas de 0.01€, 0.02€ ou 0.05€, a poupança será mínima, e o espaço ocupado grande. Por isso, coloque sempre moedas (ou notas), superiores a 0,50€, e mais facilmente conseguirá atingir o seu objetivo.
  • Faça da colocação de dinheiro no seu mealheiro uma rotina. Assim, ao colocar algum valor todos os dias, seja o troco de alguma compra, seja uma simples moeda de 0.50€ ou 1€ que tenha na carteira, está a aumentar o volume poupado paras as férias.
  • Comece a utilizar mais o dinheiro da carteira, ao invés do multibanco. Dessa forma, terá muito mais frequentemente trocos, que assim pode colocar no mealheiro.
  • Se tiver essa possibilidade, no início do mês, ou na altura em que recebe o seu salário, coloque um valor definido dentro do mealheiro. Pode ser 10€, 20€, ou um valor superior, de acordo com aquilo que pode retirar dos seus rendimentos. Este acréscimo mensal irá ajudá-lo a ter um bolo maior quando abrir o mealheiro.

Mesmo que não consiga juntar todo o dinheiro que necessita, é bastante diferente ter de desembolsar 100% ou apenas uma parte do dinheiro. Se poupar para as suas férias com um mealheiro, na hora de pagar será muito mais fácil.

Siga estas dicas, e faça como eu: desfrute de umas férias relaxadas e merecidas, sem fazer um grande esforço financeiro.

Texto da autoria de Filipe Araújo

Comentários

comentários

34 respostas

  1. Mariana Santos diz:

    Boa dica.

  2. Mónica Palma diz:

    houve uma altura em que fiz mealheiro durante um ano nao mexi, quando fui contar o que tinha, deu para pagar quase 3 meses de renda! 😉

  3. Joana Pereira Happiny diz:

    Verdad Mónica 😀 Sabes o que costumo fazer? Tipo às vezes apetece-me beber café, lanchar ou tomar o pequeno almoço e penso assim, não vou vou antes guardas, e ponho os troquitos no mealheiro hehe Sei que só mexo quando preciso e sabe sempre muito bem 😀

  4. Susana Galveias diz:

    Faço isto à anos, e resulta mesmo. Quando o parto sabe tão bem! 🙂

  5. Márcia Almeida diz:

    Poupa e Ganha tentei fazer isso mal voces publicaram este post anteriormene, mal infelizmente tive que assaltar o porquinho antes! lol

    • Joana Pereira Happiny diz:

      hehe Por vezes não há hipótese, principalmente se as contas são mais elevadas num mês, e o ordenado se mantém na mesma 😉

    • Márcia Almeida diz:

      Ou se temos aqueles imprevistos graves como me aconteceu esta semana , uma criança ou o nosso animal de estimação gravemente doente e a necessitar de assistência urgente. Aí assaltei tudo , aí tive de recorrer ao banco e pedir para ele me aumentar o plafond conta ordenado, porque lá tb já estava a negativo. ..

    • Gisela Rego diz:

      É complicado com este tempo de crise conseguir poupar.

    • Joana Pereira Happiny diz:

      E depois a saúde também está super cara eu sei, é horrível. Ter de ir a uma urgência e depois ainda ir à farmácia é logo um corte no orçamento :/

  6. Sofia Oliveira diz:

    A minha filha tem um, eu já não mas devia

  7. Gisela Rego diz:

    Muito bom dar um mealheiro a uma criança para que aprenda a noção de poupar.

  8. ACláudia Freitas diz:

    Eu tenho e o meu filho tb anda sempre a pedir moedas para meter no migalheiro lol

    • Joana Pereira Happiny diz:

      hehe Que fofinho, os miúdos confundem sempre 😀

    • Gisela Rego diz:

      Óptimo, desde que o guarde bem.

    • ACláudia Freitas diz:

      Tem um amor ao mealheiro e nao lhe toca por nada as vezes na brincadeira digo-lhe entao se queres isto ou aquilo tens de pagar com o dinheiro do teu mialheiro e ele começa logo a querer chorar tadinho pq nao quer mexer diz que sao os “dobroes” dele por causa dos desenhos animados do Jake e os piratas rsrsr 😉

  9. Susana Galveias diz:

    Este Verão as minhas férias foram pagas com dinheiro que juntei assim…grão a grão…a saíram umas belas férias à pala!

  10. Joana Pereira Happiny diz:

    Quando eu era mais novita a minha avó colocava uma moeda de 100 escudos em trÊs mealheiros, e nas férias dava me a mim e aos meus irmãos, para gastar-mos em gelados e isso. E a minha mãe só nos dava uma ou duas moedas por dia 😉

  11. Susana Galveias diz:

    Ainda sobrou para os livros escolares, que o ensino é de “graça” mas o inicio do ano é puxado demais.

  12. Joana Pereira Happiny diz:

    Verdade para quem não tem subsídios é mesmo muito puxado.

  13. Susana Galveias diz:

    Mas só faz mealheiro quem tem consegue, um euro aqui e outro ali, existem pessoas que não lhes chega o dinheiro quanto mais poupá-lo 🙁

  14. Joana Pereira Happiny diz:

    Pois é muito verdade Susana :/

  15. Susana Galveias diz:

    E cada vez existem mais pessoas assim…é a nossa realidade actual, e é muito triste.

  16. ACláudia Freitas diz:

    A maior parte das pessoas nao consegue infelismente e nao prevejo grandes melhoras no futuro enfim é o país que temos 🙁

  17. Joana Pereira Happiny diz:

    Acima de tudo há que levantar a cabeça e seguir em frente, ser positivo e procurar oportunidades boas meninas 😉 Já sabem com a partilha a crise melhora 😀

  18. Gisela Rego diz:

    Com este tempo de crise há milhares de famílias que nada poupam.

  19. Gisela Rego diz:

    Nem uns míseros trocados.

  20. Márcia Almeida diz:

    Completamente Gastasse o que se tem e o que não se pode. E parece que não há indícios de crescimento no próximo ano! Por favor , incrementem o nosso turismo, porque o turista mal ou bem compra.

Deixar uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Receba este Ebook Grátis!

Ao subscrever a nossa Newsletter (100% gratuita), para além de receber este ebook, ainda passará a ser alertado via email para:

  • Dicas de poupança
  • Dicas sobre formas de obter rendimentos extra
  • Passatempos e outras ofertas exclusivas
Fechar esta janela

Não perca mais tempo. Envie-nos o seu email e em breve estará a ver como valeu a pena!

Não se preocupe, o seu endereço de email nunca será divulgado a terceiros.