Ganhei o Euromilhões – E agora? O que faço?

bolas-euromilhoes Ganhei o Euromilhões – E agora? O que faço?Semanalmente milhares de portugueses submetem os seus boletins com as combinações que acham ser as potenciais vencedoras do prémio milionário do Euromilhões. Mas será que todos já pensaram o que fariam caso ganhassem mesmo? Hoje vou abordar este assunto, dando umas luzes sobre aquilo que podem ou devem fazer caso acertarem na chave vencedora.

A PRIMEIRA COISA A FAZER QUANDO SE GANHA O EUROMILHÕES

Manter a calma. Estar calado. Manter a cabeça fria. Estar quieto. Sim, pode parecer estranho uma recomendação destas sabendo que em breve haverá milhões de euros na conta bancária. Mas certamente já ouviram dizer “dinheiro não traz felicidade”.

Na verdade, ter muito dinheiro até pode trazer alguma felicidade e alegria à vida. Mas por outro lado, consegue também trazer muitos inconvenientes e chatices. O que quero com isto dizer, é que após ganhar o Euromilhões, devemos manter uma postura quase de perdedor. Não devemos divulgar com meio mundo a novidade milionária, mas sim fazer uso da nossa privacidade que todos temos e que cada vez menos usamos.

Dica Curta: Assine o boletim vencedor na parte traseira. Isto irá fazer com que só você possa reclamar o prémio. Em caso de sociedade, todos os envolvidos devem assinar.

COMO E ONDE RECLAMAR O PRÉMIO DO EUROMILHÕES?

Depois de tomar consciência, sem muito alarido, de que temos a chave dos milhões em nossa posse, devemos pensar entre outras coisas em como reclamar o prémio. E aqui entra uma informação útil, que vem reforçar a ideia de que não devemos entrar em euforia mas sim agir com calma e tempo: O prazo para reclamar os prémios é de 90 dias.

Neste período dá para ir já pensando o que fazer depois com o dinheiro. Já lá vamos. Mas antes, vamos reclamar o prémio no DJSCM – Departamento de Jogos da Santa Casa da Misericórdia (caso resida em Portugal). Departamento que se situa na Rua das Taipas Nº 1, 1250-264 Lisboa. Antes de se dirigir ao DJSCM de Lisboa, deverá ligar para o número 808 203 377 (custo de chamada local) para marcar data de entrega do prémio e para pedir outras informações de segurança e privacidade que ache oportuno esclarecer, caso reside noutro sítio do país.

Curiosidade: Prémios de valor inferior a 5000€ são pagos por transferência bancária, sem necessidade de deslocação ao DJSCM. Prémios inferiores a 150€ podem ser pedidos num mediador (ponto de venda) mediante apresentação do boletim vencedor.

DEPOSITAR OS MILHÕES GANHOS COM O EUROMILHÕESdinheiro-notas-euro Ganhei o Euromilhões – E agora? O que faço?

Assim que tiverem em vossa posse o cheque “chorudo”, é hora de ir depositar esse dinheiro todo. E aqui surgem as primeiras dúvidas. Em que banco depositar? Em que modalidade? Deixar a render ou colocar tudo à ordem para gastar?

Pessoalmente, e tendo em conta as últimas situações ocorridas em Portugal com os grandes bancos, defendo que devemos separar todo o dinheiro ganho no Euromilhões por várias instituições bancárias. Nunca devemos em momento algum, deixar os ovos dourados num só local. Devemos sim espalhar todos, em sítios diferentes. Se perdermos um ovo ficamos sempre com os restantes.

A questão aqui é que recebemos apenas um cheque, e como tal, somos inicialmente obrigados a depositar tudo num só banco. Disso não podemos fugir, nem da dedução de 20%. Sim, para quem não sabe, está em vigor desde 1 de Janeiro de 2013 um imposto de 20% sobre os prémios (superiores a 5000€) ganhos em jogos sociais do estado, como é o caso do Euromilhões.

Voltando ao assunto, devemos decidir qual o primeiro banco a receber o nosso dinheiro. Como seria de esperar, não vou neste artigo tomar partidos, e como tal tenho apenas a dizer que se devem informar com vários consultores financeiros. Ouvir um não chega! Têm mesmo que falar com vários para possuírem uma noção da oferta existente.

COLOCAR O DINHEIRO A RENDER, INVESTIR, OU GASTAR?

Escolhido o banco ou bancos onde guardar o dinheiro ganho no Euromilhões, é altura de decidir o que fazer com ele. Nesta altura podemos aplicar uma espécie de princípio de Pareto ou princípio 80-20. Isto é, defendo que devemos usar 80% do dinheiro ganho para investimentos e rentabilização, enquanto os restantes 20% devem ser usados para gastar.

Caso prático: Imaginemos a hipótese de ganhar 125 milhões euros. Após deduções (imposto de 20%) ficaríamos com 100 milhões. Destes, 20 milhões (20%) seriam usados para gastar e 80 milhões (80%) para investir e meter a render. Suponhamos que a totalidade dos 80 milhões seriam colocados a render num banco, com uma taxa de juro a 2% ao ano. Ao fim de um ano, teríamos gerado 1.6 milhões de euros. Estaríamos numa situação em que podíamos gastar sem preocupações 4000€ por dia, usando os 20% que decidimos colocar de parte no início. Seria uma situação de auto-sustentabilidade.

ONDE INVESTIR O PRÉMIO DO EUROMILHÕES?

Colocar a render, seria como vimos acima uma boa hipótese. No entanto, quem muito tem quer sempre mais. Como tal, os 80 milhões do exemplo anterior podiam ser usados para investimentos com retornos maiores.

Numa época em que habitações estão totalmente desvalorizadas, seria por exemplo uma boa ideia comprar imóveis. Isto porque a longo prazo, considerando um crescimento na economia, a revenda desses imóveis poderiam gerar bons retornos.

Mas claro que há investimentos a curto prazo, como por exemplo o investimento em ações de empresas com boas taxas de crescimento.

Para empreendedores com mente empresarial, seria ainda uma excelente ideia investir numa empresa/negócio pessoal. Há muitos casos de sucesso pelo mundo fora com pequenas empresas e negócios a lucrar milhões por ano.

TROCAR DINHEIRO DO EUROMILHÕES POR FELICIDADE E PRAZERES DA VIDAchuva-de-dinheiro Ganhei o Euromilhões – E agora? O que faço?

Ora bem, estando 80% do dinheiro ganho a render ou em investimentos, restam-nos para gastar 20 milhões (considerando o exemplo descrito acima). Com este montante, o que será possível fazer?

Para começar, e caso ainda não exista no património pessoal, podíamos comprar uma casa de luxo. Depois, quiçá aquele carro ou carros de sonho para preencher a garagem. Comer em restaurantes gourmet, apanhar sol em praias paradísicas, comprar prendas para o cônjuge ou filhos, etc… Estes seriam apenas mais alguns exemplos.

Pessoalmente iria viajar pelo mundo fora, descobrir novos horizontes. Existem inúmeros cantos inimagináveis por descobrir e vislumbrar. Acima de tudo, tratava de ser feliz. Tratava de ver felizes os que me seriam chegados. Tratava também de ver felizes, por via de doações, pessoas que realmente necessitassem. O dinheiro chega e desaparece à mesma velocidade. Por isso se soubermos aproveitar da melhor forma esse intervalo de tempo, excelente.

Texto da autoria de Tomé Mendes

Comentários

comentários

15 respostas

  1. Sofia Oliveira diz:

    Adorava ter a necessidade de usar estas dicas hehehe

  2. Fátima Pinto diz:

    ainda não tenho essasorte

  3. Susana Galveias diz:

    Gostava muito de poder usar estas dicas, mas a sorte, não quer nada comigo! eheheh

  4. Joana Martins diz:

    Eheh, quem me Dera a mim 🙂

  5. Márcia Almeida diz:

    Euro milhões oh isso não é comigo, muito azar ao jogo ….

  6. Joana Pereira Happiny diz:

    Verdade, é preciso ter muita cabeça nessa hora 😉 Dinheiro não traz felicidade mesmo, apesar de ajudar a limar algumas arestas na nossa vida )

  7. Gisela Rego diz:

    Era um sonho…

  8. ACláudia Freitas diz:

    Ficam as dicas para quando ficar excentrica lol

  9. Gisela Rego diz:

    Mas quem não deseja o euromilhões????

  10. Joana Pereira Happiny diz:

    hahaha Eu acho que até os ricos desejam o euro milhões para ficarem ainda mais ricos.

  11. Joana Pereira Happiny diz:

    Conheço pessoal muito bem na vida que joga no euro milhões, acho que quanto mais têm, mais querem 😉 Eu não sei como é, não posso falar hehe

  12. Sofia Oliveira diz:

    olha que pena que ontem não precisei dessas dicas, era tanto dinheiro, acho que me dava uma coisa má

  13. Nuno diz:

    Eu brevemente irei usar estas dicas

Deixar uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Receba este Ebook Grátis!

Ao subscrever a nossa Newsletter (100% gratuita), para além de receber este ebook, ainda passará a ser alertado via email para:

  • Dicas de poupança
  • Dicas sobre formas de obter rendimentos extra
  • Passatempos e outras ofertas exclusivas
Fechar esta janela

Não perca mais tempo. Envie-nos o seu email e em breve estará a ver como valeu a pena!

Não se preocupe, o seu endereço de email nunca será divulgado a terceiros.