Transacções Seguras na Internet com o MBNet

mbnet-1 Transacções Seguras na Internet com o MBNetDepois do triste episódio que vivi e divulguei aqui no Poupa e Ganha no artigo “Fui vítima de fraude com o cartão de crédito!”, tomei a decisão de passar a utilizar o serviço MBNet em todas as minhas transações online em que não seja possível o pagamento com Paypal.

Para quem não conhece ou nunca utilizou, o MBNet é um serviço disponibilizado pela SIBS, pela Unicre e pela maioria dos bancos que exercem atividade no nosso país, para a realização de compras seguras com cartões de crédito ou de débito através da internet ou por telefone.

Na prática, quando por nós solicitado, este serviço cria um cartão de crédito temporário (com um número único e respectivo CVV) com um plafond definido por nós.

A minha primeira experiência com o serviço MBNet foi muito positiva. Tanto o processo de adesão como o de utilização do cartão de crédito virtual foram muito simples.

Como sou utilizador do serviço de homebanking da CGD, comecei por entrar na minha conta e aderir ao serviço MBNet. Selecionei o cartão de débito ao qual pretendia associar o MBNet, digitei um código secreto e estipulei o montante máximo diário a ser utilizado com esse serviço. Aqui convém limitar ao mínimo possível para evitar dissabores.

De seguida recebi um SMS no meu telemóvel com um código necessário para validar a adesão. Atenção que, pelo menos no caso da CGD, tem de ter o serviço SMS Token activo para receber o código no seu telemóvel e poder prosseguir com a adesão.

Já no site do MBNet, fiz login utilizando a identificação MBNet (atribuída no final do processo de adesão no site da CGD) e o código secreto que defini ao aderir.

Cliquei em “Criar cartão temporário” e digitei o limite de utilização do cartão temporário. No meu caso, coloquei o valor total da compra que pretendia fazer, assim, logo após concluir a compra, o cartão virtual fica a zero. Já não sobra nada para os ladrões! 😛criar-cartao-mbnet Transacções Seguras na Internet com o MBNet

Após esse passo, é-me fornecido um número de cartão de crédito e um código CVV.

As próximas compras online serão mais simples, uma vez que a adesão já está feita e só terei de entrar no site do MBNet para criar mais um cartão virtual.

Apesar de já existir na internet muita informação relacionada com o MBNet, não encontrei resposta para algumas dúvidas que entretanto me surgiram. Expus essas dúvidas via e-mail e obtive uma resposta rápida e muito esclarecedora por parte dos serviços do MBNet.

Decidi publicar essa resposta aqui neste artigo, pois esta informação poderá vir a ser útil para os leitores:

O montante definido para um cartão temporário trata-se de um valor meramente ”virtual”, uma vez que este permanece na sua conta bancária até a concretização efetiva da compra.

Caso a compra não se verifique este valor nunca lhe será debitado da conta.

Caso o valor da compra seja inferior ao montante definido para o cartão temporário, apenas será debitado o valor da compra, permanecendo na sua conta o restante valor definido para o cartão. Por exemplo se gerar um cartão temporário com um limite de 100 euros e a compra for de 80 euros, apenas lhe será debitado da sua conta os 80 euros, permanecendo na sua conta os restantes 20 euros.

Para procurar esclarecer a sua questão, cremos que poderá ser útil prestar alguma informação sobre os princípios que normalmente estão subjacentes nas compras à distância com cartões.

Ao contrário do pagamento numa loja real no sistema Multibanco, em que num mesmo momento se verifica uma validação do cartão, do saldo e o débito da conta (ou utilização do plafond de crédito), a compra numa loja virtual tem subjacente, dois momentos distintos:

(1) num primeiro momento o comerciante solicita ao emissor – através do sistema de pagamentos – a validação do cartão que lhe foi apresentado pelo comprador, para o valor de compra em causa;
(2) num segundo momento, tipicamente aquando da prestação do serviço ou da disponibilização do bem, o comerciante solicita o pagamento (será quando se concretiza o débito efectivo na conta).
A indicação “autorização aceite” significa que o primeiro passo decorreu com sucesso.

No que diz respeito, ao tempo que demorará a sua conta a ser debitada, informamos que o débito (na conta) de uma compra efetuada com MBNet deverá ser efetivado de acordo com as normas legais em vigor para o comércio eletrónico, ou seja, aquando da expedição do bem por parte do Comerciante. A saída efetiva de fundos da conta terá lugar de acordo com os procedimentos relativos ao cartão bancário (débito ou crédito) subjacente à utilização do serviço.

Se associou o MBNet ao seu cartão de débito podemos dizer que, o valor das compras será efetuado de imediato (aquando da expedição do bem por parte do comerciante). Se associou o serviço MBNet ao seu cartão de crédito, o valor das compras será efetuado de acordo com as condições do mesmo, as quais não nos é possível indicar uma vez que para além das várias modalidades de pagamento de compras associadas a cartões de crédito e é um assunto da exclusiva responsabilidade de cada emissor.

De qualquer forma, uma vez que o serviço é prestado diretamente pelo seu Banco e a nossa empresa é responsável pelos sistemas de pagamento, não temos qualquer responsabilidade em questões relacionadas com os movimentos da sua conta bancária bem como com a forma como eles são efetuados assim, qualquer esclarecimento deve ser prestado exclusivamente pelo seu Banco, pelo que, deverá remeter a sua questão para o Banco emissor do cartão bancário, ao qual associou o MBNet afim de, obter o esclarecimento pretendido.

Para concluir, o MBNet apesar de se apresentar como alternativa bastante segura para pagamentos online, não deixa de ser necessária extrema cautela!

Repare que basta descobrirem a sua identificação MBNet e respetivo código secreto, para conseguirem efetuar transações sem o seu consentimento… Todo o cuidado é pouco! 😉

Comentários

comentários

8 respostas

  1. RiDFiCK diz:

    Em termos de Cartão de Crédito Virtual é muito semelhante ao Neteller que nos gera um igualmente temporário.

    Vou estudar agora o MBNet e ver se realmente compensa….:D

    • Miguel diz:

      A palavra “Neteller” até me causa arrepios!!!! 🙁
      Foi para lá que desviaram o meu dinheirinho do cartão de crédito…

      Não conheço o Neteller nem sei como funciona, pelo que não posso dar a minha opinião.

      • RiDFiCK diz:

        Eu por acaso também não tenho boas recordações da Neteller. Se soubesses o que aconteceu…. 🙁

        • Miguel diz:

          Podias contar o que aconteceu…
          Porque não crias um artigo no teu blog a contar a tua experiência com a Neteller?
          Seria uma informação muito útil.

        • RiDFiCK diz:

          Então é assim.

          Os Problemas que eu tive foram relativamente ao Saldo que lá tinha. Durante um certo tempo não consultei a minha conta neteller e quando fui lá ver estava a zeros.

          Contactei o Suporte e fiz a verificação completa da minha conta incluindo telefonemas, cartas…enfim de tudo um pouco.

          No final da história acabei por não ver o meu dinheiro que lá tinha por insuficiência de provas e de não haver indícios de que tinha sido “arrombada”, (forçada).

          Como também não havia transferências para outras contas e só para a Betfair (esta tmb não resolveu a situação) fiquei a arder em todo o lado até hoje.

          Uma dica que deixo é: Consultem regularmente as vossas contas de Online Banking!

  2. dav7 diz:

    Não pode, estou a preparar um post como este também!!

    O teu está muito bem feito 🙂

  3. Frutinha diz:

    Neste momento arrisco-me a dizer que o MBNet é do mais seguro que ha comparando com as outras plataformas existentes. Ja usei, e sem problemas, uma vez que não se corre riscos. “carrega-se” o cartao mbnet com o valor necessario e em caso de fraude nunca nos tiram mais do que o que esta disponivel nesse cartao virtual.

Deixar uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Receba este Ebook Grátis!

Ao subscrever a nossa Newsletter (100% gratuita), para além de receber este ebook, ainda passará a ser alertado via email para:

  • Dicas de poupança
  • Dicas sobre formas de obter rendimentos extra
  • Passatempos e outras ofertas exclusivas
Fechar esta janela

Não perca mais tempo. Envie-nos o seu email e em breve estará a ver como valeu a pena!

Não se preocupe, o seu endereço de email nunca será divulgado a terceiros.