Appen: Ganhe dinheiro trabalhando a partir de casa

Quer ganhar um dinheiro extra trabalhando em part-time a partir de casa? Venha conhecer a Appen.
Trabalhar em casa

Sabia que existem várias empresas que oferecem a oportunidade a pessoas de todo o mundo de ganharem dinheiro com trabalho remoto? Hoje venho apresentar-lhe a Appen, uma plataforma que nos permite realizar diversas tarefas a partir de casa e que nos remunera por isso. Eu já tive a oportunidade de realizar algumas tarefas e posso garantir que (até ver) vale bem a pena!

Ter a oportunidade de ganhar dinheiro realizando trabalhos de curto prazo, sem horários e sem sair de casa, pode ser uma lufada de ar fresco para muitos de nós. Portanto, leia com atenção e decida se esta solução é válida para si! 😉

O que é a Appen?

A Appen é uma empresa multinacional com sede na Austrália e escritórios em vários países (Reino Unido, Estados Unidos, Filipinas e China), que vende a maioria dos seus serviços para empresas de tecnologia, auxiliando no desenvolvimento de software de inteligência artificial.

A Appen atua no mercado desde 1996 e tem, desde então, auxiliado empresas e instituições de diversos ramos: financeiro, automotivo, saúde, governamentais, entre outros, com os seus amplos conhecimentos nas áreas de Machine Learning e Inteligência Artificial.

Appen - Machine Learning

Para melhor compreender os serviços prestados pela Appen, imagine, por exemplo, que uma empresa da indústria automóvel pretende desenvolver um carro auto-controlado, ou seja, sem motorista. Para poder circular em segurança, esse carro, recorrendo a sensores e câmaras, terá de processar dados em tempo real, da estrada, da sinalização, dos pedestres e outros obstáculos.

É aí que a Appen se torna útil, ao fornecer informação em áudio, fotografia e vídeo já identificados e trabalhados por milhares de trabalhadores remotos espalhados por todo o mundo. Todo esse material pode depois ser utilizado pela empresa para acelerar o desenvolvimento da inteligência artificial.

Este é apenas um exemplo dos vários serviços que a Appen presta às empresas recorrendo a trabalhadores remotos.

Um trabalhador remoto da Appen é pago para realizar diversas tarefas, tais como:

  • Transcrições de áudio
  • Digitalização de documentos
  • Captura e envio de fotos tiradas com o telemóvel
  • Traduções
  • Pesquisas na internet
  • Pesquisas nas redes sociais
  • Gravação de áudio e vídeo
  • Identificação e sinalização de textos e imagens
  • …etc!

Muitas das tarefas requerem que a língua nativa do trabalhador remoto seja exatamente português de Portugal. Por isso, apesar de ser necessário estar minimamente à vontade com a língua inglesa, pois é o idioma oficial da plataforma, para algumas tarefas apenas é exigida a fluência no nosso idioma.

Requisitos para trabalhar na Appen

Conforme indicado na página da Appen, para se poder candidatar deverá corresponder aos seguintes requisitos básicos:

  • Ser maior de 18 anos
  • Excelentes habilidades analíticas e de pesquisa na internet
  • Excelentes habilidades de compreensão e comunicação escrita
  • Acesso à internet de alta velocidade
  • Computador com browser Google Chrome (versão 45 ou superior), e para algumas tarefas específicas poderá ser necessário utilizar um smartphone ou tablet.
  • Ter anti-virus e anti-spyware (algo que o Windows 10 já tem incluído)

Como se registar na Appen

Registar-se na Appen tem algumas semelhanças com candidatar-se a um novo emprego! 😛

Para começar, terá de elaborar um currículo em inglês. Depois, aceda à página de registo na Appen e preencha as informações que lhe forem solicitadas.

Em relação ao currículo, recomendo que crie um bem simples e usando de palavras chave, isto porque (segundo li) o seu currículo será rastreado por software e não por um humano. Sugiro que pesquise no Google por “Appen CV”, para encontrar modelos de currículos adequados para enviar para a Appen.

No processo de registo terá de responder a algumas questões, tais como se está disposto a fazer telefonemas, se está disposto a realizar tarefas com conteúdo perturbador/ofensivo, qual o seu nível de familiarização com computadores e internet.

Também terá de fazer upload de fotos do seu cartão de cidadão para que possam confirmar a sua identidade.

Como começar a trabalhar na Appen

Depois de concluir o seu registo, poderá aceder à plataforma da Appen com os seus dados de login e verificar todos os projetos que estão disponíveis para se candidatar (caso tenha sido aceite na plataforma).

Analise bem a descrição de cada projeto e candidate-se apenas aos que acha que conseguirá concretizar com êxito. É crucial que se empenhe nos projetos nos quais for aceite, pois caso não tenha sucesso, para além de não ganhar nada com esse projeto, pode ainda perder a oportunidade de se selecionado para novos projetos.

Caso seja aceite num projeto, receberá um email com todos os detalhes para participar no mesmo. Leia com bastante atenção, siga todos os passos lá descritos e cumpra os prazos exigidos para não correr o risco de trabalhar e acabar por não ser remunerado por incumprimento de algum dos pontos exigidos. Em alguns casos terá de preencher um questionário de qualificação para que possa avançar.

Existem ainda situações em que poderá ser pré-selecionado para um projeto (por o seu perfil se adequar aos requisitos) e nesses casos é a própria Appen que lhe envia um convite por email.

Curiosamente, nunca em nenhum momento temos acesso ao nome da empresa que solicitou o projeto, pelo que os nomes dos projetos são simplesmente nomes de código atribuídos pela Appen.

Note que, devido à pandemia e ao consequente confinamento, a Appen tem recebido uma avalanche de novas candidaturas, o que tem levado a atrasos na aprovação. Por esse motivo, não estranhe a demora tanto na aprovação das suas candidaturas como na resposta a eventuais questões que coloque ao suporte.

Quanto se ganha e como se recebe o pagamento

Na Appen existem projetos que são pagos por horas de trabalho e projetos que são pagos por unidades de tarefas executadas.

Cada projeto tem prazos e remunerações distintas. Existem projetos que pagam cerca de $5 à hora, assim como projetos que chegam aos $22 à hora. Como existem também projetos que pagam uma quantia fixa por cada vídeo ou áudio gravado, por cada áudio transcrito, por cada texto traduzido, etc.

Ao se inscrever no projeto terá acesso à forma como será remunerado. No final do mês é gerada a fatura com o valor a receber.

Para receber os seus ganhos é necessário ter uma conta na Payoneer. Caso não conheça, a Payoneer é uma plataforma de pagamentos internacional, muito semelhante ao Paypal, mas com taxas mais reduzidas.

A criação de uma conta na Payoneer envolve alguns passos um pouco chatos, mas que têm em vista a segurança da sua conta e, claro, do seu dinheiro. Terá de submeter foto do cartão de cidadão, comprovativo de morada e até de preencher um questionário relacionado com a origem dos pagamentos.

Payoneer

Terá também de vincular a sua conta da Payoneer à sua conta da Appen. Mas não se preocupe porque a própria Appen o encaminhará nesse sentido.

Nota: seja bastante cuidadoso com os dados que inserir ao se registar na Payoneer. Eu tive problemas com a Payoneer apenas porque tinha um erro no meu apelido, ao ponto de perder imenso tempo em trocas de mensagens com o suporte ao cliente, ver um pagamento ser reembolsado à Appen e ter de criar uma nova conta para o poder receber. Eles não facilitam!

A minha experiência com a Appen

Estou inscrito na Appen desde o inicio de dezembro de 2020 e desde então já participei 3 vezes no mesmo projeto e estou a aguardar aprovação para um projeto novo.

O projeto em que já tive oportunidade de participar por 3 vezes consecutivas – o Projeto Amur, é diferente dos projetos mais habituais da Appen. Nesse projeto pedem-nos para avaliar anúncios de Facebook de lojas online, comprarmos produtos nessas lojas e, depois de recebermos os produtos, preencher um formulário com a nossa opinião sobre o processo de compra, qualidade do produto, etc.

O que ganhei com este projeto? Podemos ficar com os produtos que compramos e ainda nos pagam um pequeno extra pelo trabalho e para compensar as taxas da Payoneer.

Neste caso, para concretizar as tarefas tive de comprar produtos das lojas que me foram apresentadas, tendo como limite $150 por loja e limite de $500 pelo total das compras em todas as lojas. Alguns produtos pude escolher, outros foram “impingidos”.

Por exemplo, no projeto de dezembro de 2020, tive de fazer compras em 5 lojas online. Entre os produtos que comprei, estão uns auscultadores sem fios, uma mala de viagem, uma mochila, uma manta e umas sapatilhas.

E sim, inicialmente tive de pagar do meu bolso. Por isso é que um dos critérios desse projeto é estar disponível para gastar até $500. Mas no final do mês todo esse valor é reembolsado juntamente com um extra para pagar pelo trabalho. Nada mau para uma estreia na Appen! 🙂

No entanto agora estou mais interessado em projetos que não envolvam a compra de produtos, e que sejam baseados apenas em tarefas remuneradas.

O meu primeiro pagamento da Appen

Quando somos aprovados para um projeto, é-nos dado acesso a toda a documentação sobre como devemos proceder. No caso do projeto em que participei, até vídeos a demonstrar o passo-a-passo foram disponibilizados.

Existe também uma página de chat com um canal dedicado a cada projeto onde podemos tirar dúvidas e discutir com outros participantes do projeto.

Em último caso podemos sempre contactar o suporte. Mas nesse caso, recomendo que seja sucinto nas suas mensagens com o suporte da Appen e que inclua screenshots (caso necessário) para documentar a sua dúvida/problema. Já tive dúvidas que, por causa da demora na resposta da Appen e da necessidade de reforçar a dúvida com mais dados, fiquei 2 semanas a aguardar por uma solução.

A Appen conta também com um blog onde podemos encontrar artigos sobre trabalhar em casa, dicas de saúde e até entrevistas a colaboradores da plataforma.


Já conhecia a Appen? Partilha a sua opinião ou experiência nos comentários.

Subscreva a nossa newsletter para ficar sempre a par das novidades e receber alertas de novas amostras grátis e outras oportunidades para poupar e ganhar dinheiro… diretamente no seu email!

Talvez lhe interesse:

4 respostas

  1. Muito bom! Já me registei, mas até ver não vejo nada de interessante. Vou aguardar, mas, no meu caso, terei muito mais interesse nestas campanhas de compras.
    Primeiro, porque sim, gastas o dinheiro, mas é ressarcido. E depois, porque ficas com os produtos, certo? Ou seja, acabas por ter produtos à borla 😀

    1. Sim Alexandre, acabas por ficar com os produtos à borla. 🙂

      Mas, tal como referi no artigo, por vezes “obrigam-nos” a comprar produtos que não nos interessam! E sim, temos mesmo de os comprar, caso contrário comprometemos a nossa continuidade na plataforma.

      De qualquer forma, o dinheiro gasto é sempre devolvido pela Appen. Podes é sentir que, nesses casos, estás a ter trabalho (fazer reviews, tirar fotos ao produtos, etc) e não estás a ser devidamente recompensado.

      Claro, podemos sempre oferecer esses produtos a alguém que tenha interesse por eles (é o que vou fazer)! 😀

      Votos de muito sucesso! Vai partilhando a tua experiência. 😉

      1. É necessário o dinheiro gasto ser dólares ou posso fazer esta tarefa das compras com euros? Queria-me candidatar a essa tarefa mas tenho essa dúvida. Se me conseguir ajudar, agradecia.

        1. Olá Ana,
          Os pagamentos tanto podem ser em dólares como em euros, isso dependerá da loja. Na maioria das lojas até podemos escolher em que moeda queremos pagar.
          De qualquer forma, isso é indiferente, pois ao pagarmos com Paypal ou cartão de crédito, a conversão é feita automaticamente.
          Qualquer dúvida, informe. 😉

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.

Partilhe este artigo

Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
Share on linkedin

Sugestão de leitura

Este site utiliza cookies para permitir uma melhor experiência por parte do utilizador. Ao navegar no site estará a consentir a sua utilização.