Posso.pt: Plataforma responde a dúvidas em tempos de coronavírus

Venha conhecer o Posso.pt, uma plataforma que nos responde de forma simples e direta às nossas dúvidas sobre a pandemia e sobre o Estado de Emergência em Portugal.
Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Posso.pt

O Posso.pt é uma plataforma online que se destina a dar uma resposta simples e direta às dúvidas mais comuns sobre a pandemia e o estado de emergência em Portugal, assim como a dúvidas mais concretas sobre a quarentena, cuidados de saúde, direitos dos trabalhadores e acesso a apoios sociais.

A pandemia do COVID-19 chegou acompanhada de um enorme volume de informação, mas também de imensa desinformação. As dúvidas persistem e circulam principalmente nas redes sociais, apesar do excesso de informação a que estamos diariamente expostos.

E foi assim que surgiu a ideia do Posso.pt. “Começamos a reparar que os nossos amigos faziam muitas perguntas no Whatsapp. Falávamos com os pais e também eles tinham dúvidas. Pensámos que podíamos criar uma plataforma que respondesse a essas questões de forma clara”, explica Gil Rodrigues, gestor do projeto e designer.

Desenvolvida por três amigos em horário pós-teletrabalho, esta plataforma apresenta-se num formato de pergunta-resposta muito simples de usar: basta aceder ao site e escrever a palavra ou expressão relacionada com a nossa dúvida na caixa de pesquisa. Pode, por exemplo, pesquisar por “passear o cão” ou “subsídio de doença” e, de seguida, surgem opções de perguntas e respostas. Basta clicar para abrir e saber mais sobre essa questão.

Pode inclusive elaborar questões mais específicas, como por exemplo “Posso ser despedido logo após o layoff?”.

Posso.pt: Questão sobre layoff

As respostas são diretas, claras e curtas. São escritas com recurso a fontes de informação oficiais e fidedignas, sem formalismos e sem rodeios. Juntamente com a resposta, vem sempre indicada a fonte dessa informação com um link para a mesma.

O objetivo é simplificar a informação, desconstruindo e descomplicando a linguagem técnica dos decretos do governo e das comunicações dos especialistas. A plataforma também quer contribuir para o combate à desinformação, desfazendo mitos e boatos.

O Posso.pt não tem páginas nas redes sociais e não quer contribuir para o ruído à volta do tema. “A ideia é que as pessoas recorram à nossa plataforma quando precisarem de esclarecer uma dúvida, não é partilhar mais informação genérica”, explica Gil. “Este é o nosso pequeno contributo”.

Já conhecia esta plataforma?


Não perca nenhuma oportunidade!

Quer ficar sempre a par das nossas novidades, receber alertas de novas amostras grátis e outras oportunidades para poupar e ganhar dinheiro... diretamente no seu messenger?

Talvez lhe interesse:

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.

Este site utiliza cookies para permitir uma melhor experiência por parte do utilizador. Ao navegar no site estará a consentir a sua utilização.