Hospedar-se em albergues – Uma alternativa mais económica!

Hospede-se num albergue. Poupe dinheiro alojando-se de forma barata mas muito acolhedora. Existem vários albergues espalhados pelo globo. Encontre-os…

Hostel

O conceito low cost estende-se a cada vez mais áreas da nossa vida e tem cada vez mais força na indústria do lazer e das férias. Optar por albergues, ou por hostels (se preferirem utilizar o estrangeirismo) é cada vez mais comum, principalmente entre a população mais jovem.

As principais caraterísticas que diferenciam os albergues de outros alojamentos, como os hotéis, são os preços apelativos e a maior tendência para o convívio entre os hóspedes. Estes dois aspetos são muitas vezes suficientes para atenuar pontos menos positivos como a falta de privacidade e o menor nível de conforto.

Hospedar-se num albergue é das formas mais baratas de passar a noite fora de casa.

Os hostels, ou albergues, são frequentemente procurados por jovens que pretendem um alojamento barato mas muito acolhedor.

Poucas semelhanças têm com os tradicionais hotéis. Têm espaços comuns para convívio e a cozinha pode ser utilizada por qualquer um. Em alguns, até mesmo a casa de banho é comum a todos os hóspedes!

Portanto, se tem espírito aventureiro e não faz questão de ter muita privacidade, existem muitos albergues espalhados pelo mundo com estadias desde 10€ por noite.

Visite o site Hostel World, escolha o seu destino e parta à aventura.

Veja este vídeo onde é dado a conhecer um albergue:

Vantagens de optar por um albergue

Escolher um albergue é assim uma decisão que traz diversas vantagens, quer do ponto de vista económico, quer no aspeto de promover o contacto com novas pessoas. Vamos ver quais são os principais pontos positivos de ficar num albergue:

  • Economia – Ficar num hostel ou num albergue obriga (quase sempre) a abdicar de uma certa dose de privacidade e a prescindir de comodidades e mordomias como quartos amplos e bem equipados, pequenos-almoços fartos e acesso a um restaurante requintado. Contudo, no outro prato da balança está a questão da economia. Na maioria das viagens, a questão do alojamento absorve uma fatia considerável do orçamento.Quem está a viajar principalmente com o intuito de conhecer e explorar o seu local de destino, certamente não pretende passar muito tempo no hotel. Assim, o dinheiro que se irá poupar no alojamento pode ser canalizado para outras atividades (tours, saídas noturnas, entradas em museu, existe um sem fim de opções).Quem não tem muita dificuldade em adormecer e não precisa de um alojamento “de luxo”, não deverá necessitar de muito mais do que um sítio onde possa guardar a sua bagagem, uma cama onde seja possível descansar algumas horas e acesso a uma casa de banho. Qualquer albergue reúne todos estes pressupostos.
  • Conhecer novas pessoas – Uma das imagens de marca dos albergues é a socialização. Com quartos partilhados e espaços comuns como cozinhas, lounges e refeitórios, conhecer novas pessoas acaba por acontecer de forma natural.É claro que certos alojamentos constituem melhores opções do que outros para travar conhecimentos com novas pessoas. Tudo acaba por depender da dinâmica estabelecida, do tipo de viajantes que recebe com mais frequência e até da tipologia dos espaços comuns. Mas de forma geral, os hostels e albergues são excelentes espaços para fazer novas amizades.Para quem viaja sozinho e gosta de fazer novos conhecimentos no seu local de destino, não há melhor opção do que esta.
  • Atividades extra – muitos albergues oferecem atividades extra, o que contribui para tornar a estadia mais divertida e estimulante. Estas atividades podem consistir num passeio guiado a pé pela cidade; noites de churrasco, pizza, crepes, etc; oferta de bebidas num bar ou em diversos bares; aulas de surf; acesso gratuito a bicicletas. Alguns destes eventos são gratuitos, enquanto outros são pagos, contudo mesmo quando é necessário pagar, os preços costumam ser apelativos.

Bons albergues em Portugal

Em Portugal existem ótimos albergues, o que é uma excelente notícia para quem pretende “ir para fora cá dentro”, sem gastar muito dinheiro. Aqui ficam algumas das boas opções:

Pousadas da Juventude – Espalhadas por todo o país, encontramos 57 Pousadas da Juventude. Apesar do seu nome, não há limite de idade para que se possa ficar alojado nestas unidades. As Pousadas da Juventude encontram-se divididas conforme o perfil da sua localização: Pousada Histórico e Cultural, Pousada Natureza e Aventura, Pousada Praia e Pousada Urbana.

Lisbon Central Hostel – Hostel relativamente pequeno (com menos de 50 camas), situado no coração de Lisboa, perto do Marquês de Pombal. A sua qualidade tem sido reconhecida através da atribuição de vários prémios internacionais. Organiza com regularidade eventos culturais.

CATS Hostel Porto – Espaço na cidade do Porto que consegue aliar o conceito low cost a um excelente design e a um ótimo nível de conforto. Não abdica das preocupações ecológicas e oferece comodidades como ar-condicionado, Wi-Fi gratuito e pequeno-almoço gratuito.

Estes são apenas alguns exemplos de bons albergues em Portugal. Atualmente existem centenas de espaços low-cost com uma ótima qualidade, dispersos por todo o país.

Boas estadias! 😉


Receba alertas de amostras grátis, dicas de poupança e outras oportunidades incríveis diretamente no seu email:

9 Comentários

  1. Já estive a ver o vídeo e o site eu já conhecia. Eu já estive em pousadas da juventude, em quartos individuais pra ter uma casa de banho só pra mim (neste ponto sou super exigente) e adorei sempre as instalações e a forma como fui tratada. É uma forma mais barata e com alguma qualidade de ficar a conhecer mtas terras e passar umas óptimas férias ou um fim de semana grande!

    1. Olá Teresa,
      Vimos seu comentário à respeito dos albergues, moramos no Brasil e estamos interessados em realizar um tur por Portugal, será que vc pode nos informar quais são os albergues que tem quartos individuais com banheiro? Muito obrigado, tenha um ótimo dia por aí!

  2. O pior é se não conhecemos ninguém =S

    Costumam mesmo so tar malta nova, ou assim pessoal com mais de 25 anos? Alguém me pode dizer como são os quartos? e onde tomamos banho?

    Obrigado.

  3. Já é acessível há muito tempo Pedro…. já há muito que existem albergues e pousadas, o que são soluções muito mais em conta do que os hoteis ou residenciais. A grande diferença, acho eu, é que agora podemos encontrar estas soluções numa única página web facilitando-nos muito mais a nossa procura!

  4. Esta ideia será optima para os jovens, que vão de férias com os amigos. Agora, um casal, com filhos, não estou a imaginar irem para esses albergues! 🙁

  5. No nosso pais temos também as alternativas, pousadas da juventude, com optimas condições e peços mt baratos. 😀

  6. Existem sim Maria! Eu já estive em várias pousadas e a maior partes das vezes em quarto individual e com casa de banho privada! Tb me aconteceu ir com colegas em visitas de estudo e ficar em camaratas, mas aí é diferente….. sempre conheço as pessoas que estão no quarto comigo! Gostei sempre bastante da experiência sempre que utilizei as pousadas de juventude!

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *