Hoje trago-lhe uma dica sugerida pelo meu amigo Pedro Araújo. O Pedro está a morar na Escócia, e talvez inspirado pelo frio que por lá se faz sentir, partiu à descoberta de uma solução económica para se manter quente.

A solução por ele encontrada é bastante criativa, de simples elaboração e que nos permite aquecer uma pequena divisão de nossa casa sem necessidade de energia elétrica ou gás: um aquecedor que funciona a velas!

Para construir o aquecedor a velas, o Pedro apenas precisou de 2 vasos, velas de cera, um parafuso comprido e algumas porcas e anilhas.

Ele optou por comprar um daqueles packs de 100 velas brancas do Ikea. Segundo o Pedro, cinco velas dessas duram-lhe umas 4 horas, o que significa que com esse pack de velas (que custa apenas 3,50€) consegue-se manter o aquecedor em funcionamento por 80 horas!!! A fotos que se seguem são todas da autoria dele.

aquecedor-a-velas

Veja o resultado final, até que ficou com um design elegante, não acha?

aquecedor-a-velas-pronto

COMO FUNCIONA ESTE AQUECEDOR ARTESANAL?

Existem imensos relatos espalhados pela internet sobre a eficácia deste aquecedor artesanal. Portanto, se construído de forma correta, qualquer um pode usufruir desta fonte de aquecimento quase gratuita!

Através de uma rápida pesquisa no Youtube por “Candle Heater”, encontrará diversos vídeos com testemunhos e instruções para a construção deste aquecedor. Veja por exemplo o seguinte vídeo:

O calor que sobe da vela é capturado e concentrado no conjunto do radiador através do núcleo de aço maciço central. Após uns 30 minutos, a superfície de cerâmica exterior irradia a energia térmica captada.

Para além de proporcionar um ambiente mais quente numa pequena divisão, proporciona ainda uma luz ambiente muito acolhedora.

Nunca é de mais alertar que estando a lidar com fogo, terá obviamente de ter alguns cuidados especiais com este aquecedor: mantê-lo fora do alcance de crianças e de animais domésticos, evitar colocá-lo perto de cortinas, etc.

O que acha desta engenhosa solução?

Obrigado Pedro pela dica! 😉

29 COMENTÁRIOS

    • Se você umidecer o vaso antes, com água, fica mais fácil para perfurar, o que pode ser feito, no inicio com uma faca com ponta, e depois com o próprio parafuso,ou aquela chave usada para puxar a tampa de cortiça de uma garrava, e ainda pode usar uma Furadeira de uso doméstico….

  1. Vou experimentar porque gosto da ideia. Só queria acrescentar que o teste não é muito fiável. É normal que a temperatura às 7h30 da manhã seja mais baixa do que às 9h ou 10h por si só. Mas acredito que faça alguma diferença 🙂

  2. Por favor não esquecer também que este tipo de aquecimento consome oxigénio e liberta monóxido de carbono! Não usar durante a noite em divisões sem ventilação será sensato. Morre sempre imensa gente no inverno devido aos braseiros nos quartos 🙁

  3. para além do que a Erika já disse, que este tipo de aquecedor consome oxigénio e liberta monóxido de carbono, é preciso ter cuidado com o fogo e mudar a vela de hora a hora.
    se fizer-mos as contas, 100 velas custam 3,5euros e duram 80horas o que dá 0,043$ por hora.
    um aquecedor a oleo, de 750w com termostato/temporizador gasta a mesma coisa, nao dá trabalho nem é perigoso.

  4. Já comprei o vaso, só falta fazer a experiência.
    Vou seguir o conselho da Erika e ter cuidado, vou usar apenas no corredor, onde há alguma ventilação…

    Ocorreu-me outra ideia. Por certo conhecem o processo de electrólise… A intenção é criar um pequeno eletrolisador e usar o gás de hidrogénio obtido em vez da vela, pois é muito mais económico do que um aquecedor eléctrico. O hidrogénio produz uma chama azulada mais eficiente. Portanto, teríamos um aquecedor a água! Vejam outra aplicação do hidrogénio: http://www.inovacaotecnologica.com.br/noticias/noticia.php?artigo=solda-a-agua&id=010170131114

    Além disso, quanto ao vaso, proponho, não um parafuso, mas sim, uma “bolacha” de cobre com cerca de 1cm de espessura, aparafusada ao fundo do vaso. Dessa forma, as velas teria que ser elevadas num suporte, como por exemplo um frasco de vidro. O cobre absorve o calor rapidamente e com 5 a 10mm de espessura, temos um sistema mais eficiente.

    Como vêm não faltam alternativas. Se não fui suficientemente claro, digam que eu esclareço.

  5. Ontem à noite fiz a experiência e nem foi necessário nenhum acessório metálico, apenas dois vasos, um pequeno dentro de outro maior. De facto, aquilo aquece bem e as velas ficam a arder durante cerca de 5 horas. O problema é o cheiro, a casa ficou empestada de cheiro a vela queimada, como nos templos religiosos, onde se fazem promessas.
    No entanto, não desisti, vou criar um eletrolisador a partir de materiais simples. Vejam esta reportagem: http://youtu.be/Qa2q0zKvRyo e já agora esta TEDX: http://youtu.be/qohSEu3dS9E
    Aqui está um electrolisador simples: http://youtu.be/QZq1KU8-pB4
    Próxima experiência: substituir as velas pela chama azulada do hidrogénio.

    • Estou tentando por em funcionamento os vasos com vela… e voce ou o sr. mencionou gerar calor com electrolise é isto? Aguardo seu parecer, Grato.

  6. Testado, como aquecedor nestas dimensões apenas se sente o calor com as mãos quase encostadas ao vaso.Dá uma luz de presença engraçada e original e ainda se substituir-mos a vela por uma de cheiro temos um aromatizador.as velas duram +/- 5 horas não é necessário substituir a cada hora

  7. Substituam as velas por uma lamparina de azeite.. nao deixa cheiros e pode durar varios dias acesa depende das dimensoes do suporte… como podem ver o exemplo nesta foto:
    Lamparina de Azeite

    • Boa ideia, mas prefiro usar o azeite num bom bacalhau cozido:) Antigamente quase todas as casas possuíam lamparinas a azeite.
      Alguém me disse que existem velas líquidas que não emitem cheiro…
      Seja como for, pretendo experimentar o hidrogénio obtido da electrolise. De momento, estou a construir aos poucos o eletrolisador.

    • Hugo, experimentei e funciona!
      Comprei numa drogaria, os pavios e respectivas bases. Coloquei num recipiente de vidro, uma parte de água e outra de azeite. Naturalmente, o azeite flutua na água…
      Usei 3 pavios (3 chamas). Desta vez, troquei o vaso pequeno, por um dissipador metálico que pertenceu a um cooler do processador de um PC. Estes dissipadores absorvem bem o calor.
      Resultado: ficou toda a noite acesso no corredor e senti que a temperatura ambiente estava mais suportável.

  8. Encontrei este vidio na intrenet dis que é muito perigoso e de fato a minha vezinha do 2º andar ia pegando fogo no predio todo por causa destes engenhos. Emquanto ela foi ao tomar banho wc os filhos ficaram na salinha com um cachorro e ela acha que foi mo cachorro que deitou os vasos ao chão depois saltou cera em labareda para a roupinha das crianças e para a alcatifa e começou tudo a arder. As crianças a gritarem muito mas a mãe não os ouvia com o barulho da agua do chuveiro. Se não fosse o marido da porteira do prédio que deu por isso por ouvir as crianças a gritarem tinha ardido o predio todo e era mais uma grande desgraça. http://www.youtube.com/watch?v=U2JhCy1vIJ0

  9. Se na parte de cima colocar um isolamento no parafuso (o’ring, araldite, etc..) e colocar um vazinho meno com a boca para cima, deve gerar ainda um difusor de aromas! 🙂

  10. Fiz esse aquecedor, até que aqueceu um pouco. Mas fez uma fumaceira sinistra depois de um tempo… Logo, foi meio que dinheiro jogado fora. =/

  11. PODE SE TROCAR A VELA POR UMA LAMPADA E CRIAR UM AB JUR COM FUROS FEITO POR UMA FURADEIRA EM VOLTA DO VASO DE BARRO TEREMOS LUZ DISSIPADA E CALOR EM JA TEM UM FURO NO ALTO COLOCA-SE UM BOCAL DE LAMPADA PARA BAIXO E O CALOR AQUECE RECEPIENTE COM A AGUA ANA NA PARTE IMFERIOR DE PREFERENCIA DE BARRO QUE ACEITE CHOQUE TERMICO. DA LAMPADA E DO FRIO E DE QUALQUER ACIDENTE COM RESPINGOS NESTE MOLDE SERIA UMA VASILHA QUE CRIARIA VAPOR E AQUECE PEQUENA AREA E UMIDECENDO AMBIENTE.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here