A magia do cashback: Como recebo dinheiro de volta em (quase) todas as minhas compras!

Saiba como consigo dinheiro de volta em quase todas as compras e como você também pode começar a fazer o mesmo.

Cashback

Este é um daqueles artigos aos quais certamente regressarei para editar e atualizar, adicionando novas estratégias e explorando as mais recentes oportunidades de cashback. Isto é não só compreensível mas também desejável, considerando que o mercado de cashback está sempre em evolução, com novas e melhores ofertas a surgirem constantemente! 🙂

Neste artigo, vou partilhar as estratégias que tenho utilizado para maximizar estas oportunidades de cashback. Estas estratégias podem não ser perfeitas e talvez necessitem de alguns ajustes para otimizar ainda mais os benefícios. Por isso, se tiver qualquer sugestão ou dica adicional, sinta-se à vontade para partilhar nos comentários abaixo. 😉

O que é cashback?

Antes de mergulharmos nas minhas estratégias, é importante garantir que todos entendemos bem o que é cashback. Se já é um expert no assunto, sinta-se à vontade para avançar diretamente para as estratégias. Caso contrário, vamos esclarecer este conceito para que possa aproveitar ao máximo cada oportunidade de economizar.

Cashback é uma palavra inglesa que significa literalmente “dinheiro de volta”. No contexto financeiro, cashback refere-se a um benefício que muitos cartões de crédito e débito oferecem aos seus utilizadores. Ao efetuar compras com estes cartões, uma percentagem do valor gasto é devolvida ao portador do cartão. Esta percentagem pode variar conforme o produto ou serviço adquirido e as políticas do cartão ou plataforma que está a usar.

💡
Descubra as melhores oportunidades para poupar e ganhar dinheiro!
Clique aqui para saber mais.

Mas o cashback não se limita apenas a cartões bancários. Existem também plataformas online especializadas que proporcionam reembolsos quando realiza compras através dos seus sites ou apps. Estes serviços têm parcerias com uma vasta gama de comerciantes e lojas online, permitindo que acumule reembolsos sobre compras em áreas tão diversas como moda, tecnologia, viagens e muito mais.

Adotar o cashback como parte da sua estratégia financeira diária é uma forma astuta de poupar dinheiro em transações que faria de qualquer modo. É simples: quanto mais usar, mais pode ganhar.

Como aproveito o cashback no meu dia a dia

À medida que exploramos os diversos cartões de débito e crédito, bem como as plataformas que nos oferecem cashback, torna-se quase um instinto natural querer maximizar o reembolso em todas as nossas compras. Com o tempo, este hábito transforma-se numa verdadeira estratégia de poupança, onde cada compra sem cashback parece uma oportunidade perdida, mesmo que estejamos a falar de apenas 1% de retorno! 😀

Cartão Plutus

Cartão Plutus

Com o início de cada mês, os benefícios dos dois cartões Plutus que temos em casa são renovados. Dado que alguns dos perks que selecionei incluem supermercados, é por aí que começo.

Atualmente, disponho de dois cartões Plutus no plano Everyday, o que me concede um total de 4 perks. Por exemplo, escolhendo como perks o Mercadona, Lidl, Continente e o Aldi podemos poupar obter um bom reembolso nas compras do mês (daquelas que acabam por durar uma semana :D). Fazendo compras no valor de 200€ nestes quatro supermercados — algo que, infelizmente, é cada vez mais fácil atingir com os gastos em alimentação, higiene e limpeza — recebo de volta 44,80€ em forma de PLU. Isso inclui 40€ dos perks (10€ de cada um) e mais 4,80€, que representam os 3% de cashback sobre os restantes 160€.

Mas as vantagens não param por aí! Ainda consigo um extra de 1% de cashback com o cartão Curve. Para economizar, optei por não solicitar os novos cartões físicos do Plutus e, em vez disso, adicionei ambos ao Curve, onde ganho 1% de cashback em todas as transações, um benefício que obtive ao convidar novos membros para a plataforma (por cada membro que convidarmos para o Curve, ganhamos 1% de cashback durante 30 dias). Assim, no total desses 200€ de compras, o reembolso efetivo é de 46,80€. Nada mau! 😀

Se os termos “perks”, “Plutus”, “PLU” e “Curve” não lhe são familiares, convido-o a explorar os seguintes artigos:

Para além das despesas em supermercados, todas as outras compras do dia a dia são pagas com os cartões Plutus, através do cartão Curve que mencionei anteriormente. Desta forma, continuo a acumular 3% de cashback em PLU em várias despesas, como combustível, refeições, cafés e serviços de oficina. Este cashback é acumulado até atingir o reward cap de 1000€ — ou seja, o limite de 500€ de cada cartão conforme o plano Everyday do Plutus, que define o máximo que posso receber em cashback.

Dado que o valor do PLU tem estado baixo recentemente, optei por acumular esses PLUs, aguardando uma valorização antes de fazer qualquer levantamento. Além disso, estou prestes a atingir os 250 PLUs “stacked”, o que me qualificará para um perk adicional que planeio aproveitar enquanto não opto por vender os meus PLUs.

Cartão de crédito Unibanco

Cartão Unibanco

Outro cartão que faz parte da minha rotina mensal de despesas é o cartão de crédito Unibanco, que oferece um atrativo benefício de 20€ de cashback por mês durante o primeiro ano. Para aproveitar este cashback, é essencial que as despesas mensais com o cartão atinjam pelo menos 500€, o que efetivamente se traduz num retorno de 4% sobre esses gastos.

Saiba mais sobre esse cartão no artigo: Unibanco: Cartão de crédito com até 4% de cashback em compras!

A utilização deste cartão varia consoante as despesas que prevejo ter em cada mês. Dado que o benefício máximo de cashback é obtido apenas quando se atinge a marca dos 500€ em compras, esforço-me por planear adequadamente os meus gastos para assegurar que consigo alcançar esse valor e maximizar o retorno oferecido pelo cartão.

Cartão de crédito Universo

Cartão Universo

Como faço muitas compras no Continente, durante muito tempo o cartão de crédito Universo foi o meu cartão de eleição, pois permite acumular 1% de cashback em Cartão Continente. Neste momento já só o utilizo quando lançam campanhas promocionais, como descontos exclusivos no Continente, por exemplo.

Uma das mais recentes campanhas de cashback que o cartão Universo lançou e que me compensou imenso, foi a devolução de 100% do valor do plano EntregaZero do Continente Online.

Cartão Naga Pay

Naga Pay

Confesso que o cartão Naga Pay não é o que mais utilizo no meu arsenal de ferramentas de cashback. Geralmente, recorro a ele quando já esgotei as opções mais vantajosas e ainda desejo continuar a obter cashback nas minhas compras.

O Naga Pay destaca-se por oferecer reembolsos em Bitcoin, que podem chegar aos 3% de cashback mediante o plano que aderir. Pode ser particularmente atraente se estivermos atentos às flutuações do mercado de criptomoedas.

Pode ler mais sobre esse cartão pré-pago no artigo: Naga Pay: O cartão que lhe dá 3% de cashback nas suas compras! Será melhor que o Plutus!?

Plataformas de cashback online

Plataformas de cashback

Além dos cartões de débito e crédito, outra ferramenta essencial na minha estratégia de maximização do cashback são as plataformas online dedicadas a este fim. Beruby, Picodi e LetyShops são exemplos de serviços que permitem recuperar uma percentagem das despesas em compras online. Estas plataformas funcionam através de parcerias com uma vasta gama de lojas e serviços, oferecendo reembolsos que podem ser acumulados e posteriormente transferidos para a sua conta bancária ou utilizados em compras futuras.

Conheça melhor essas plataformas nos seguintes artigos:

Mensalmente, utilizo estas plataformas para garantir cashback em lojas como Zumub, Temu, Nespresso e Zooplus, Odisseias, entre outras. Os valores de cashback variam frequentemente, especialmente entre diferentes plataformas. A minha estratégia é muito simples, tenho instaladas as extensões do Chrome dessas plataformas, assim, sempre que acedo a uma loja online parceira, as extensões indicam-me o valor de cashback oferecido por elas naquele momento e eu seleciono o mais elevado. 😉

E quando preciso de comprar algo na Amazon, utilizo esta estratégia para conseguir até 6% de cashback.

E o melhor de tudo, é que como faço o pagamento usando um cartão que oferece cashback, como os que mencionei anteriormente, recebo dinheiro de volta pelos dois lados, pelo cartão e pela plataforma de cashback.

Gestão eficiente dos gastos

Para maximizar os benefícios de cada cartão de crédito e débito, é crucial manter um controle rigoroso sobre os gastos.

Por exemplo, ao usar o cartão Plutus, assim que atinjo o limite de 500€ de gastos, que é o ponto em que o cashback é maximizado no plano em que me encontro, mudo imediatamente para o outro cartão. Neste processo, o cartão Curve revela-se uma ferramenta indispensável: ele não só me permite monitorizar facilmente os gastos acumulados em cada um dos cartões que tenho associados, mas também facilita a troca imediata para o cartão ativo desejado. Isso garante que eu sempre aproveite o máximo retorno possível, sem ultrapassar os limites que cada cartão impõe.


Encorajo todos a explorarem estas ferramentas e a adaptarem as dicas partilhadas neste artigo às suas próprias necessidades de consumo. E lembre-se, o mundo do cashback está sempre em evolução, por isso, fique atento às novidades e ajuste as suas estratégias conforme necessário. 😉


Receba alertas de amostras grátis, dicas de poupança e outras oportunidades incríveis diretamente no seu email:


Veja também:


Messenger Poupa e Ganha

2 Comentários

Deixe um comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *