5 ideias para reutilizar a sua escova de dentes velha

Não deite fora as suas velhas escovas dos dentes! Ainda podem ser muito úteis. Conheça algumas utilizações alternativas para as escovas de dentes usadas.
escovas-de-dentes-velhas

Não deixe que o destino da sua escova de dentes velha seja o caixote do lixo.

Essa escova ainda pode ser útil em diversas situações, tais como:

  1. Nas limpezas da casa – usar para limpar sítios inacessíveis. Limpar flores e plantas artificiais, juntas dos azulejos, em redor das torneiras, bicos do fogão, teclado do computador, peças de joalharia, etc.
  2. Se pinta o cabelo em casa, use-a para aplicar a tinta.
  3. Remover sujidade ou lama das solas e à volta dos sapatos.
  4. Limpar as correntes das bicicletas.
  5. Remover sujidade das unhas.

E muitas outras utilizações deverão existir, é só usar a imaginação.

Agora já sabe, não volte a deitar ao lixo as escovas de dentes usadas. Mesmo que não necessite na altura, guarde-a pois pode vir a dar-lhe jeito.

Aconselho-o a identificar bem essa escova. Certamente não vai querer, num momento de distracção, lavar os dentes com a escova que utilizou para remover a lama das solas dos sapatos! 😀

Conheça mais utilizações alternativas para coisas do dia-a-dia.

Talvez lhe interesse:

32 respostas

  1. Mas gosto de usar para esfregar nos cantinhos inacessiveis que tenham sujidade, outras pessoas cá em casa usam das normais.

  2. Ainda hoje usei uma para limpar melhor as juntas dos azulejos no wc. O marido usa uma para lavar as jantes do carro que com a esponja não fica bem

  3. São excelentes para limpar azulejos, juntas, em volta das torneiras…isso tudo que diz na ligação. Muito boas dicas para quem não conhece.:)

  4. tenho aneis de prata e qd ficam escuros meto-os na pasta de dente e depois no outro dia de manha ecovo com a escova e ficam lindos

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.

Partilhe este artigo

Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
Share on linkedin

Sugestões de leitura