Usar cartão de crédito ou pedir empréstimo pessoal: qual o mais indicado?

Não tem certeza se precisa de um cartão de crédito ou de um empréstimo pessoal? Venha descobrir em que situações um é mais indicado do que outro.
Cartão de Crédito

Rufam os tambores, suspense na sala, a resposta certa é… A resposta certa é depende, depende do objetivo a que se destina o dinheiro, qual o montante e das regalias extra que gostaria de usufruir.

Trocar de carro, fazer obras em casa ou, simplesmente, ir de férias, são situações em que, por norma, os consumidores optam por pedir um financiamento externo de modo a não mexerem nas suas poupanças.

Até este ponto a situação é clara, mas quando se trata de escolher o tipo de financiamento, a maioria das pessoas tem dificuldade em escolher qual o instrumento financeiro que melhor se adequa às suas necessidades.

Cartão de Crédito ou pedir um empréstimo pessoal? É ao que vamos procurar dar resposta nas linhas seguintes.

Quando escolher um cartão de crédito?

Normalmente, esta solução financeira é utilizada quando estamos a falar de investimentos de baixo valor que permitem que o valor da dívida seja pago dentro dos prazos e sem juros.

Falamos, por exemplo, de comprar um eletrodoméstico novo ou fazer uma revisão integral ao seu automóvel. Para além destas situações, com o crescimento do comércio eletrónico (e-commerce), o cartão de crédito passou a ser uma ferramenta importante na conclusão de uma transação deste tipo, visto que uma parte substancial das compras online pedem o pagamento através deste meio.

Assim, se pretende comprar uma viagem aos Açores neste verão sem que isso afete o seu orçamento familiar, isto é, que não ultrapasse o seu rendimento mensal ou seja superior às suas despesas, um cartão de crédito é uma excelente opção.

Além disto, o cartão de crédito traz acopladas mais algumas vantagens, tais como descontos em combustível, acumulação de milhas aéreas, a possibilidade de usufruir de cashback ou fracionar os seus pagamentos em prestações.

Vamos a um exemplo prático:

O Ricardo está em teletrabalho desde 2020, mas o cansaço já se está a fazer sentir e ele sente que precisa de umas férias longe do seu computador.

Depois de uma atenta pesquisa online, o nosso Ricardo começa a namorar uma semana de férias nos Açores. Entre viagens e estadia, o preço total alcança os 1200 euros, mas, apesar de ter algum dinheiro aforrado, a pandemia deixa-o com algum receio de que possa vir a necessitar desse pé-de-meia.

Tal como tinha feito para a pesquisa do seu pacote de férias, o Ricardo mergulha novamente na Internet e de lá “pesca” os cartões de crédito Unibanco.

Ao optar pela solução do Unibanco, a nossa personagem irá beneficiar, não só de um cartão desenhado para compras online com toda a segurança que isso significa, como sabe à partida que terá acesso a um cartão de crédito sem anuidade, 20 a 50 dias de crédito sem juros, fracionamento dos pagamentos em três vezes sem juros e a oferta de cashback que lhe permitirá receber até 200€ de volta nas compras realizadas durante os primeiros 12 meses.

Quando escolher um empréstimo pessoal?

Ao contrário do cartão de crédito, quando o financiamento de que necessita tem por finalidade a troca de carro ou a remodelação de sua casa, isto é, compras de maior valor que irão demorar mais tempo a serem pagas, o empréstimo pessoal tende a ser a melhor opção.

Para além disto, este tipo de financiamento apresenta não só taxas de juro mais baixas do que um cartão de crédito, como permite uma mais rigorosa gestão do seu orçamento dado que o pagamento das prestações é programado previamente e podem ser diluídos ao longo de um período de tempo mais alargado (total de juros a pagar ao longo de todo o empréstimo será mais baixo no caso de períodos mais curtos e vice-versa).

Por norma, os valores para empréstimos pessoais situam-se entre um mínimo de 250 euros e um máximo de 75 mil euros, dinheiro que pode entrar na conta bancária no espaço de dois dias úteis se o cliente aproveitar as benesses do digital e procurar contratualizar um empréstimo pessoal online.

O online dá-lhe ainda uma outra funcionalidade muito utilitária: um simulador de empréstimo pessoal. Através dele, pode fazer uma simulação de empréstimo para os valores e prazos que pretender e ficar a saber com que prestações mensais e taxas de juro contar.

Soa-lhe complicado? Não é, venha connosco e com o Ricardo do exemplo prático anterior ficar a saber como fazer uma simulação de empréstimo e contratualizar uma solução financeira deste tipo.

Exemplo prático:

O nosso Ricardo voltou das férias e quando ia para pegar no seu velhinho carro, este não pegou. Contactado o mecânico, ficou a saber que o problema estava na junta da colaça e que o arranjo não seria racionalmente viável em função da idade e valor do automóvel.

Como precisa de um carro para se deslocar para o emprego e não dispõe de capital para comprar um novo automóvel de imediato, o Ricardo decidiu-se a obter financiamento através de um empréstimo pessoal.

Como tinha ficado satisfeito com o cartão de crédito do Unibanco, resolve visitar novamente a página online desta instituição, mas, desta feita, a paragem deu-se na rubrica de empréstimo pessoal Unibanco.

Nesta página, a primeira coisa que o Ricardo encontra é o simulador de empréstimo online. Fazendo uso desta ferramenta, realiza uma simulação para um empréstimo de 15 mil euros a amortizar em 30 meses.

Analisados os valores e satisfeito com as mensalidades propostas, o nosso personagem decide avançar para o processo de contratualização que, à semelhança da sua busca na Internet, se realiza de forma inteiramente digital, uma vez que o Unibanco disponibiliza o seu empréstimo pessoal online.

Para além da rapidez da adesão, das mensalidades fixas e do seguro, o crédito pessoal Unibanco está disponível para clientes de qualquer banco e não tem comissões de abertura.

Partilhe este artigo:
Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on linkedin
LinkedIn
Também poderá gostar:

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.