Tem filhos? Saiba Como Pedir um Desconto no IMI

As famílias com filhos que vivam em municípios que decidam reduzir o IMI terão de fazer um requerimento na câmara municipal a pedir para serem abrangidas.
IMI

A partir do próximo ano as famílias com filhos poderão beneficiar de um desconto no Imposto Municipal sobre Imóveis, mas apenas se a autarquia onde se insere a habitação assim o decidir e se o proprietário tomar a iniciativa de informar na câmara municipal o interesse em ver esse imposto reduzido! Parece confuso? Mais do que isso… é ridículo! 😛

Nunca compreendi porque isenções, descontos e outros benefícios fiscais, não são, muitas das vezes, aplicados automaticamente! Afinal, com tanto avanço tecnológico, tanta automatização de tarefas e ainda é exigido aos contribuintes que sejam eles a solicitar aquilo a que automaticamente teriam direito!?

Finalizado o desabafo, passemos à informação sobre como as famílias com filhos podem solicitar um desconto no IMI.

Este beneficio está definido no Orçamento do Estado para 2015 e determina que as câmaras municipais podem fixar uma redução da taxa com base no número de dependentes do agregado familiar do proprietário:

  • 1 dependente a cargo: redução do IMI até 10%
  • 2 dependentes a cargo: redução do IMI até 15%
  • 3 dependentes a cargo: redução do IMI até 20%

Para ter direito a esta redução do IMI, o imóvel terá de ser a sua habitação própria e estar registado como domicílio fiscal do agregado familiar.

A Autoridade Tributária e Aduaneira publicou no Portal das Finanças um ofício-circulado relativo a esta isenção e que pode consultar aqui: Ofício-circulado n.º 40110/2015 – 21/07

Como solicitar o desconto no IMI

Como a aplicação deste desconto não é feita de forma automática, cabe ao sujeito passivo interessado (e desde que reúna os pressupostos para ter direito ao desconto) requerer o mesmo ao município da área de localização do prédio.

Após solicitar o desconto na câmara municipal a deliberação da redução da taxa é tomada pela assembleia municipal, que por sua vez comunica a decisão à Direção-Geral dos Impostos até 30 de Novembro do ano a que o imposto se refere. Essa comunicação deve seguir acompanhada com a identificação matricial do prédio e o NIF do titular.

De uma forma resumida, deverá proceder da seguinte forma:

  1. Confirme que o imóvel se trata de uma habitação permanente e que se encontra registado nas Finanças como domicílio fiscal do seu agregado familiar.
  2. Confirme se o município da área de localização do prédio decidiu conceder desconto no IMI
  3. Dirija-se à câmara municipal e solicite o desconto.

Depois terá de aguardar que a câmara comunique à Direção-Geral dos impostos a redução da taxa até ao dia 30 de Novembro.

Recomenda-se que, ao se dirigir à câmara municipal para solicitar o desconto, esclareça todas as suas dúvidas e que venha munido de toda a informação necessária para que posteriormente possa acompanhar o processo e assim saber se lhe foi ou não atribuído o desconto no IMI.


Subscreva a nossa newsletter para ficar sempre a par das novidades e receber alertas de novas amostras grátis e outras oportunidades para poupar e ganhar dinheiro… diretamente no seu email!

Não encontrou a informação que procurava? Faça uma pesquisa aqui:

Talvez lhe interesse:

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.

Partilhe este artigo

Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
Share on linkedin

Sugestão de leitura

Este site utiliza cookies para permitir uma melhor experiência por parte do utilizador. Ao navegar no site estará a consentir a sua utilização.