gps

Viajar de mapa na mão, parar o carro para pedir indicações a alguém que passa na rua, ou perdermos-nos no meio de uma cidade, são coisas do passado ou pelo menos de quem não tem ainda um equipamento de navegação GPS ou simplesmente um smartphone com uma aplicação GPS instalada!

Os equipamentos de navegação GPS para automóvel trazem várias vantagens para os automobilistas.

Antes de eu usar o GPS, pensava que ele apenas seria útil para situações em que desconhecia o trajeto para um determinado local.

Um dia lembrei-me de seguir as indicações do GPS para me dirigir a um local onde ia praticamente todas as semanas, fiquei espantado quando o percurso que me indicava era completamente diferente do que costumava fazer. A rota indicada pelo GPS era mais curta e mais económica.

Assim cheguei à conclusão que a boa utilização do GPS me faria poupar tempo e combustível.

Se ainda não tem, aconselho-o a adquirir um recetor de GPS. Por cerca de 80€ já é possível comprar um bom recetor GPS para o seu automóvel. Mas sinceramente, eu prefiro utilizar uma aplicação para telemóvel, tal como a MEO Drive ou a Here WeGo.

E para quem tiver um pacote de dados bem generoso no telemóvel, poderá optar por utilizar o Google Maps. Tem me sido bastante útil principalmente para evitar o trânsito, já que ele tem uma funcionalidade que permite selecionar o melhor trajeto de acordo com o trânsito naquele momento.

Atenção que a má utilização do GPS poderá ter o efeito contrário fazendo-o “queimar” mais combustível, basta digitar mal um endereço ou selecionar um tipo de rota errado.

Portanto, faça uma simulação e verifique bem se inseriu os dados corretos antes de partir em viagem.

Aconselho-o a testar o GPS em zonas já suas conhecidas antes de se aventurar com ele para locais mais distantes e desconhecidos.

Se gostou do que leu, partilhe com os seus amigos...

22 COMENTÁRIOS

  1. Realmente foi uma boa invenção. E estas férias deu-me muito jeito. Fui para o algarve com ele e demorei menos 1hora com menos gasolina.
    Adquiri um através dos pontos do cartão de combustivel que ainda poupei mais, 😀

  2. É sem dúvida um instrumento imprescindível para pessoas como eu que viajam frequentemente para diferentes locais, muitas vezes com poucas referências. Mas atenção à sua utilização porque o GPS não é um instrumento infalível. Além de ficar desactualizado facilmente devido às constantes mudanças nas nossas estradas, pode simplesmente estar errado e enviar-nos para uma estrada de sentido proibido como já me aconteceu.
    Mas é claro que não existem utensílios perfeitos. à parte desses pequenos problemas, é um dos quais eu não prescindo em várias ocasiões.
    .-= Venha ler o meu último post ..Trial Nort’4×4 2009 – 1ª Prova: Braga =-.

  3. Se é verdade que o GPS pode ser de extrema utilidade, também é verdade que quando desorienta nos pode tornar a vida complicada. Uma vez, no regresso de uma reunião nas Caldas da Rainha, fui parar ao meio de um monte… 🙂

  4. O GPS é muito prático mas mesmo assim quem andou tanto tempo a depender de mapas para fazer viagens continua a achar que fazer uma viagem de mapa na mão é outra coisa 🙂

  5. Na minha opinião o GPS é um excelente amigo das nossas férias, mas não só. Quando vamos a algum sítio que não conhecemos pode nos ajudar a chegar ao lugar pretendido sem enganos e “stresses”. “Santos” os mapas são um recurso menos prático e além disso o GPS tem muitas outras funções e opções extras muito interessantes.

  6. Como costumo dizer “usem e abusem” deste método. Pareçe muito hoje em dia dar logo 80€ por um GPS, mas o valor que poupamos a evitar filas de transito, gasolina, portagens e até multas, vão rapidamente compensar o esforço financeiro 🙂

  7. Hoje me dia existem Gps que detectam carros da policia, operações stop e radares, apenas com alguns downloads. Mais uma boa ideia para aderir a esta ideia 🙂

  8. E já agora também permite viajar-mos no estrangeiro sem nos perder-mos…com esta tecnologia e gasolina no deposito vamos onde queremos 😀

  9. Ainda não perdi a cabeça para comprar um GPS…. como digo em brincadeira…. com GPS as viagens paradestinos desconhecidos perdem toda a mística…. 😉

  10. Quem tem um GPS deve guiar-se por aquilo que ele ” diz”. Às vezes, como conhecemos o local, nem ligamos ás indicações que nos são dadas, achamos que o GPS pirou de vez!!

  11. O GPS tem muito que se lhe diga, muitas vezes dá o caminho errado e depois diz para voltarmos para trás, outras vezes não está actualizado e manda por uma estrada mais longa, é preciso ter cuidado.

  12. Ainda não comprei nenhum GPS, mas ás vezes faz muita falta, principalmente quando temos de ir a sitios que não conhecemos. Este ano fui de férias, e pedi um GPS emprestado, e realmente deu mesmo cá um jeitaço! 🙂

  13. ofereci um gps ao meu namorado quando ele comprou o carro e não queremos outra coisa, é divertido para explorar novos lugares, mas agora ja tem de ser atualizado.

    • O meu mesmo actualizado continua a considerar que uma das ruas que faço todos os dias é sentido único quando há cerca de um ano tem 2 sentidos…

  14. eu tenho um gps e às vezes para tentar ver ate k ponto é fiavel uso-o mesmo em zonas k conheço bem e ele acaba sempre por ma mandar dar voltinhas desnecessarias. pelo menos dá para rir

  15. Será pelas definições que o seu GPS tem de origem? O meu fazia o mesmo porque estava definido para fazer o percurso mais perto em vez do mais rapido. Por vezes custa a acreditar que as voltinhas sejam menos kms mas podem ser. No entanto podem nao compensar por obrigarem a mais manobras e logo gasto de combustivel

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here