Evite ligar para números começados por 707

57 respostas

  1. Luis Antas diz:

    Extraviei o meu cartão da Ikea . Pretendo cancelá-lo. Tentei vários contactos com MATOSINHOS MAS APENAS PELO NºÇ 707 QUE NOS FAZ GASTAR IMENSO DINHEIRO POIS É SEMPRE GRAVAÇÃO QUE VAI FALANDO FALANDO E O TEMPO A PASSAR E NÓS A PAGAR. pÉSSIMO SERVIÇO DA ikea que substituiu o número prefixo 22 pelo 707. Vou deixar de ser cliente.

  2. João Sousa diz:

    O numero fixo que substituí o 707260707 da Seguradora Tranquilidade é 218 525 432.

  3. Carolina C. diz:

    olá , tem toda a razão tudo que começa por 707.. é muito caro para consumidor, até o nº das finanças começa por 707…, o comerciante que tenha que ligar para esse nº para comunicar por ex. as guias tem de pagar mais.
    Não acho muito justo, porque em vez de ajudar as empresas só estão a prejudicar. Já não chega os impostos que tem de pagar.

  4. Francisc Vitorino diz:

    Sim, mas tudo tem uma razão, as pessoas que atendem os telefones também precisam de ser pagas todos os meses

  5. Amadeu Ferro diz:

    Estes números de apoio ao cliente são de um serviço que as empresas/repartições têm a obrigação legal de prestar, logo nunca deveriam ser pagos. Se alguém quiser entrar com uma ação em tribunal ganha de certeza.
    Fica mais uma informação Controlauto Inspeções Automóveis – Centro de Santa Marta de Corroios – nº 707 501 502 – alternativa: 212532177.

  6. Antonio diz:

    Dicas
    1
    Algumas das empresas que têm esses numeros tambem têm o numero para quem telefona do estrangeiro, geralmente a começar por 2….. liguem para esse numero que eles atendem sem saberem de onde se está a ligar.
    Isto poderá querer dizer que…
    2
    Todos estes tipos de numeros, são numeros virtuais, todos eles são redirecionados para outros numeros a começar por 2 ou 3 se conseguirem descobrir para qual numero está a ser redirecionado liguem para esse numero.

  7. já foste Axa diz:

    Para quem quer a alternativa para o número de apoio ao cliente (tratar dos sinistros) da AXA 707 28 12 81 têm o 213 50 61 00

  8. Aurélio Alexandre diz:

    Há muitos anos que venho reclamando contra o roubo que nos é feito quando o contacto é somente através do nº 707… Quem pode ajudar a resolver este problema? Por exemplo agora quero contactar a Via Verde e só me
    dão o 707…MAIS ROUBO NÃO. Estou farto deste país de ladrões.

  9. maria diz:

    Quando é possível tento encontrar um número alternativo para ligar para as empresas que usam esses números de valor acrescentado p os clientes os contactarem.
    Um dos casos é a securitas direct. Os clientes já pagam bem pelo serviço e para os contactarem eles divulgam um 707 mas existe um telefone fixo para os contactar.
    Há certos casos em q compensa usar o 707. Telefonei para o nº 707 das finanças e fiquei esclarecida. Poupei imenso em tempo e dinheiro pois em Abril as finanças devem estar cheias de utentes e como resido a 10 km da repartição mais próxima ia-me ficar cara a deslocação.

  10. Tina Costa diz:

    Yah, poupa-se dinheiro. E há outra forma de contactar a empresa que atende por 707? Não há, por isso ficamos nas bananas. Paga-se para reagendar a encomenda (que é o meu caso). Se não retorna ao Reino Unido.

  11. Todos os serviços públicos e empresas deviam estar obrigados a disponibilizarem um número de telefone normal da rede fixa, o cliente é que escolheria entre usar o nº normal ou o de valor acrescentado, estou convicto de que por detrás destes números existem grandes jogadas em que quer a empresa para que se liga quer a empres de telecomunicações, ambas ganham à custa da exploração enganosa e desenfreada aos clientes.

  12. moneytime diz:

    É só roubarem, e assim vai Portugal!

  13. João Dias diz:

    Alternativas:

    1) Procurar o número começado por 2 nos contactos da empresa. Este existe, em muitos casos.
    2) Utilizar contacto por e-mail/formulário.
    3) Utilizar serviços Voip, onde é possível ligar para números 707 por 0,005€/min (sim, meio cêntimo!!) ou ~0,045€/chamada.

  14. Zé Pimentel diz:

    Por favor, apareça um "comentador-poupador" com a formação jurídica suficiente para fazer uma análise minimamente correta do fenómeno, e que tenha a disponibilidade de cidadania para formular uma exposição, ou algo do género, a apresentar à ANACOM.
    Cá estaremos nós, os eternos prejudicados, dispostos a assinar.
    É que, aparentemente, trata-se de mais um dos fenómenos tão portugueses — notoriamente injustos e imorais, mas permitidos ou tolerados por uma "abébia" legal, que vai enchendo os bolsos a meia dúzia de chicos-espertos…

  15. Jr Portuga diz:

    sem duvida essa é uma boa informação e se todas as empresas tivessem sites infirmativos dessa natureza a credebilidade saria bem maior para todas essas entidades

  16. deprimente vergonha desta maneira de desviar dinheiro " bummmmmmmmmmmm"

  17. Está correcto e concordo com o que está escrito, mas qual é a alternativa? Como poderei fazer uma chamnada para as finanças, por exemplo sem ser para o 707…?

Deixar uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Pode usar estas etiquetas HTML e atributos: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>