Não se Esqueça de Verificar a Pressão dos Pneus

pneus1 Não se Esqueça de Verificar a Pressão dos PneusJá deve saber que se os pneus do seu automóvel não tiverem a pressão certa, para além do desgaste precoce dos mesmos, ainda aumenta o consumo de combustível.

Sabia que uma pressão inadequada dos pneus pode ser responsável por 10% do consumo de combustível? É por isso aconselhável verificar a pressão dos pneus do seu automóvel pelo menos uma vez por mês.

Já agora, uma curiosidade que pode ser útil…
No livro “Como esticar o salário e encurtar o mês”, o autor Camilo Lourenço informa que a maioria dos aparelhos que controlam a pressão do ar nos postos de abastecimento está descalibrada! Ele também informa que existe um erro de leitura que ultrapassa por vezes os 3 pontos (entendo como sendo 3 PSI, dado que 3 bar é muita coisa)!

Por esse motivo, recomenda-se que encha um pouco mais os pneus para além do valor indicado. Ou seja, caso a pressão indicada para os seus pneus seja de 26 PSI, segundo o autor do livro que referi, deveríamos atribuir 29 PSI.

Se assim for, talvez se consiga poupar um pouco mais ainda! 🙂

Informação adicional: nas tabelas fornecidas pelo fabricante com o valor de pressão recomendada para os pneus, por vezes apenas indicam uma das unidades de medida (bar ou PSI). Saiba como fazer a conversão: 1 bar = 14.5 PSI. Sendo assim, 1.8 bar = 26 PSI.

Comentários

comentários

15 respostas

  1. Miguel diz:

    Obrigado Sandra pelo teu comentário. 🙂

    Em relação aos alicates de cutículas, acredito que o método já divulgado aqui funcione. Ou seja, cortando alguns pedacinhos de lixa de água com o alicate.

  2. Sandra Info-Macross diz:

    Isso quando os pneus não murcham sozinhos né?!
    Miguel! Adoro seu blog e queria te pedir se não pode fazer um post sobre como afiar alicates de cutícula (unhas) em casa, conhece algum jeito??
    Agradeço muito!
    Um abraço!
    .-= Venha ler o meu último post ..Wordpress na Máquina Local – Wamp =-.

  3. Sandra Info-Macross diz:

    Boa idéia Miguel!
    Brigadu!

  4. Isa Ribeiro diz:

    Já não é a primeira vez que oiço isto, e ao que parece é mesmo verdade.. O meu mecânico já testou no meu carro e deu bom resultado..

  5. Cristina Silva diz:

    Tudo isto é mt verdade, mas para muitas mulheres, nas quais me incluo, isto são pormenores que podem facilmente ser esquecidos… Eu para aprender a meter gasolina foi um filme! Ver a pressão dos pneus… Não me estou a imaginar! 😛

  6. Pedro Guedes Leite diz:

    É bem verdade tudo o que aqui é dito, porventura fiquei bastante surpreendido com a pouca precisão dos aparelhos que controlam a pressão dos pneus.

  7. Américo Fernandes diz:

    E já agora alguém sabia que podemos encher os pneus com azoto, gás inerte, não tóxico, que diminui a necessidade de controlo em menos 3 ou 4 vezes. Na realidade, o comportamento do azoto sob pressão dentro do pneu é melhor que a do ar. Assim, com a pressão correcta,
    – é capaz de aumentar em 20% a vida útil de um jogo de pneus;
    – economiza até 10% de combustível;
    – a sua segurança será reforçada: limita os riscos de aquecimento e de rebentamento, e os pneus terão uma melhor performance.

  8. elsa121 diz:

    Não sabia dessa imprecisão dos aparelhos, tenho que informar o meu namorado que por vezes modifica a pressão quando quer levar o jipe para locais menos acessíveis.
    .-= Venha ler o meu último post ..Trial Nort’4×4 2009 – 1ª Prova: Braga =-.

  9. Pedro Guedes Leite diz:

    São promenores que fazem a diferença no rendimento do carro e que nem sempre da-mos grande importância, por falta de tempo 🙁

  10. Maria diz:

    Se há coisa que não costumo fazer é isso!! 🙁

  11. Maria diz:

    Só sei que isto deve ser feito preferencialmente com os pneus frios, e caso a pressão estaje baixa, pode levar ao aumento do consumo do combustivel.

  12. Sofia diz:

    Meu Caro,
    Antes de mais os meus PARABÉNS e o meu MUITO OBRIGADA! pelas dicas.
    Sem querer fazer correcções, acho que é importante salientar um aspecto: é que o volume do ar aumenta ou diminiu com a temperatura, logo a pressão é diferente. Quando chegamos à bomba de gasolina temos sempre os pneus quentes, logo deveriamos colocar pelo menos mais 2psi.
    O ideal mesmo é ter um medidor de pressão. Aqueles medidores baratos não vale a pena. Um bom medidor custa cerca de 75 eur e tem de ser menuseado com cuidado para não descalibrar.
    Para finalizar, e deculpe a extensão do comentário, nunca pensamos em pressão quando jogamos à bola, mas uma bola de futebol tem, regra geral, muito mais ar que os nossos pneus e nunca tememos que nos rebente nos pés. Os motivos de rebentamento dos pneus nunca estão SÓ ligados à má pressão.

  13. Miguel diz:

    Olá Sofia,
    Muito obrigado pelas informações muito úteis que deixaste aqui.
    Volta sempre 🙂

  14. Maria diz:

    Aqui vai uma dica para as esquecidas(os) como eu, um lembrete no telefone, só ao fim de 10 anos é que comecei a “lembrar-me” uma x mês…

  15. Quando com o carro cheio de pessoas atrás, ou com um peso extra no porta bagagem, devemos também encher os pneus traseiros um pouco mais, o que pode acontecer verificarmos diferenças de 1 bar…

    Vejam os valores de pressão: na porta do vosso carro, na tampa do combustível ou no manual…

    Normalmente até podem ter que baixar as luzes médias no “botão” no tablier, devido à frente do carro levantar… e assim evitar encadear os condutores…

    Devemos ver a pressão do ar com os pneus a frio (andando poucos kms antes da medição).

    Quando em situações atmosféricas de mau tempo, chuva, etc… se tirarmos 2 psi, à pressão até ajudará a ter uma maior aderência. Diferênças atmosféricas significativas, provocam diferença nos bares do pneu… verifiquem o ar, porque até pode ser perigoso porque o pneu estará mais cheio em dias de chuva, o que pode levar a acidente, por o pneu escorregar mais…

    Pneus muito cheios gastam o centro do pneu, dão menos aderência. Pneus com pouco ar, gastam em ambos os lados, e aumentam a aderência (às vezes em demasia, fazendo com que o carro não desenvolva tão bem, e parece até andar sempre a subir, aumentando o combustível). Pneus que gastam apenas lateralmente, pode ter a ver com direção desalinhada…

    Pneus mais finos levam mais bares, caso do suplente. Por exemplo um pneu de bicicleta pode levar 4, 5 ou mais bares… dependendo do pneu.

    Pneus novos escorregam mais, atingindo a sua eficácia após os primeiros 100km…
    Os pneus têm também um prazo de validade, que se pode ver no pneu (normalmente de 4 anos). Inscrição do mês e ano, lateralmente no pneu.

    O tipo de piso e a pressão: autoestrada (bom piso e bom tempo) podem encher até o pneu até ao máximo aconselhado. Estrada mais esburacada ou molhada, enlameada, ou fora de estrada, meter cada vez menos pressão… (respeitar as indicações da marca)

    Um pneu de borracha mole adere mais, mas gasta mais. Um pneu de borracha dura, não gasta mas pode também não aderir. Há que encontar um intermédio e a melhor solução conforme o bolso e o pavimento onde utilizam.

    Pneus gastos: aderem menos. Há algumas contradiçoes sobre onde será mais seguro utilizá-los à frente ou atrás. De qualquer das formas saibam que vão ter menos aderência à frente ou atrás, dependendo onde têm os pneus. Um carro a fugir da frente pode ser mas difícil de controlar. Normalmente as rodas motoras ficam com os pneus melhores.

    Pneus mais largos têm mais tendência a escorregar/planar na água, do que pneus finos (aquaplanning)

    Os pneus devem ser iguais/do mesmo tipo no mesmo eixo (frente ou trás)

    Um pneu alinhado, numa pressão correta, em bom estado, e indicado para esse veículo… aumenta a segurança na estrada e traz poupança de combustível!

    Boas poupanças em segurança:
    http://homepages.sapo.pt/

Deixar uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Receba este Ebook Grátis!

Ao subscrever a nossa Newsletter (100% gratuita), para além de receber este ebook, ainda passará a ser alertado via email para:

  • Dicas de poupança
  • Dicas sobre formas de obter rendimentos extra
  • Passatempos e outras ofertas exclusivas
Fechar esta janela

Não perca mais tempo. Envie-nos o seu email e em breve estará a ver como valeu a pena!

Não se preocupe, o seu endereço de email nunca será divulgado a terceiros.