Arrendar casa em Portugal: Alguns pontos a considerar

Antes de arrendar uma casa é importante considerar alguns pontos importantes para garantir que faz uma escolha informada.

Arrendar casa

O arrendamento de uma casa é um processo que envolve muitas decisões e considerações, desde a escolha da casa certa até à assinatura do contrato de arrendamento.

No entanto, nem sempre as coisas correm como o planeado e pode ser necessário terminar o contrato de arrendamento antes do previsto. Neste caso, é importante conhecer os seus direitos e deveres enquanto arrendatário e saber como redigir uma carta de rescisão de contrato de arrendamento. Além disso, o registo do contrato de arrendamento é fundamental para garantir a segurança e a legalidade do contrato.

Por último, em tempos de crise económica, pode ser difícil encontrar casas baratas para arrendar em Portugal. No entanto, existem algumas estratégias para encontrar opções mais acessíveis.

Guia Poupe Mais

Neste artigo, vamos abordar todas estas questões para o ajudar a tomar as melhores decisões no processo de arrendamento de uma casa em Portugal.

Carta de rescisão de contrato de arrendamento

Uma carta de rescisão de contrato de arrendamento é um documento pelo qual o arrendatário informa o senhorio da sua intenção de terminar o contrato de arrendamento antes do prazo previsto. A carta de rescisão de contrato de arrendamento deve ser redigida de acordo com a legislação portuguesa.

Existem várias razões pelas quais pode ser necessário um inquilino enviar uma carta de rescisão de contrato de arrendamento, tais como a mudança de trabalho ou de residência, a necessidade de aumentar ou diminuir o tamanho da casa, ou simplesmente a insatisfação com o imóvel ou com o senhorio. Independentemente da razão, é importante cumprir os prazos de rescisão estabelecidos no contrato de arrendamento e redigir a carta de rescisão de forma clara e precisa.

Da mesma forma, também existem várias razões para um senhorio pôr fim a um contrato de arrendamento, tais como a necessidade de obras de restauração que obriguem a que a casa esteja desabitada, pagamentos em atraso, ou a necessidade da casa para residência própria ou para residência dos filhos do senhorio.

Registo do contrato de arrendamento

O registo do contrato de arrendamento é um processo pelo qual o contrato é comunicado às Finanças. O registo do contrato de arrendamento é importante por várias razões:

  • Garante que o contrato é válido e legal para ambas as partes.
  • Protege os direitos do arrendatário, nomeadamente o direito ao uso e gozo do imóvel durante o período de arrendamento.
  • Protege os direitos do senhorio, nomeadamente o direito a receber o aluguer pelo uso do imóvel pelo arrendatário.
  • Fornece uma evidência escrita do contrato, o que pode ser útil em caso de disputa ou litígio entre as partes.

Encontrar casas baratas para arrendar em Portugal

Em tempos de crise económica, pode ser difícil encontrar casas baratas em Portugal. No entanto, existem algumas estratégias para encontrar opções mais acessíveis.

O preço de uma casa é determinado por vários fatores, tais como a localização, o tamanho, a qualidade e a idade do imóvel. Em Portugal, o preço médio de um aluguer de uma casa é de cerca de 700€ por mês. No entanto, podem existir casas mais baratas, com preços de aluguer abaixo deste valor. Por exemplo, pode arrendar casa por cerca de 500€ por mês em zonas mais afastadas do centro das cidades ou em áreas menos procuradas.

Estratégias para encontrar casas baratas em Portugal:

  • Pesquisar em diferentes zonas: em vez de se concentrar apenas nas zonas mais procuradas, pode expandir a sua pesquisa para áreas menos populares ou mais afastadas do centro das cidades. Estas áreas geralmente têm preços mais baixos de aluguer.
  • Negociar com o senhorio: se encontrar uma casa que lhe agrade, mas o preço de aluguer é elevado, pode tentar negociar com o senhorio. Por exemplo, pode oferecer um contrato de aluguer mais longo.
  • Utilizar plataformas online: existem várias plataformas online que permitem pesquisar casas para arrendar em diferentes zonas de Portugal. Estas plataformas podem ser úteis, pois permitem comparar preços e ver fotos do imóvel.
  • Pedir ajuda a uma agência imobiliária: uma agência imobiliária pode ajudá-lo a encontrar casas para arrendar e a negociar com os senhorios. No entanto, é importante lembrar que esta cobra uma comissão pelos seus serviços, o que pode encarecer o preço final da casa.
  • Arrendar um quarto em vez de uma casa inteira: se não precisar de muito espaço ou se estiver a tentar poupar dinheiro, pode considerar a possibilidade de arrendar um quarto em vez de uma casa inteira. Esta opção geralmente é mais barata e permite dividir os custos com outras pessoas.
  • Arrendar um imóvel em construção ou que se encontre a ser restaurado: estes imóveis geralmente são mais baratos de alugar, pois ainda não estão prontos para serem habitados. No entanto, ao arrendar um imóvel nessas circunstâncias, poderá enfrentar alguns inconvenientes, como barulho, poeira e falta de acesso a certas áreas do imóvel. Além disso, deve verificar se o imóvel está conforme todas as normas e regulamentações aplicáveis.

É importante relembrar que arrendar uma casa envolve compromissos e responsabilidades, devendo, por isso, avaliar cuidadosamente as suas necessidades e possibilidades antes de tomar uma decisão. Além disso, é sempre importante verificar a reputação da zona onde se encontra o imóvel e garantir que tem acesso a todos os serviços essenciais.


Guia Poupe Mais


Veja também:


Receba alertas de amostras grátis, dicas de poupança e outras oportunidades incríveis diretamente no seu email:


Messenger Poupa e Ganha
Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *