pasta-dos-dentes-gasta

Quando deita ao lixo uma embalagem de gel, de champô, pasta dos dentes ou até de ketchup, tem a certeza que aproveitou todo o seu conteúdo?

Se pagou por 200 ml, é 200 ml que quer utilizar, e não 180 ml!

Já imaginou que ao fim de 10 produtos mal aproveitados (como o do exemplo que dei), está a desperdiçar uma embalagem completa?… é só fazer as contas!

Habitue-se a deixar sempre que possível as embalagens com a abertura voltada para baixo.

Antes de considerar que um determinado produto acabou, corte a embalagem com uma tesoura, vai ver que ainda aproveita muito desse produto, mais do que possa imaginar!

O utensílio da imagem abaixo permite-lhe espremer ao máximo a pasta dos dentes ou outros produtos em bisnaga. Está disponível no eBay e custa menos de 1€.

utensílio para aproveitar pasta dos dentes
Este super-barato utensílio, ajuda-nos a aproveitar ao máximo todo o conteúdo das bisnagas.

Dependendo dos casos, poderá diluir o produto em água e agitar de modo a aproveitá-lo ao máximo. Os detergentes de louça, o gel de duche e o champô, são bons exemplos de produtos que poderá diluir.

A sugestão está lançada… use a sua imaginação e aproveite tudo o que paga, até à ultima gota. 😉

30 COMENTÁRIOS

  1. Por vezes penso que estou a exagerar ao cortar as embalagens ,diluir o gel de banho mas como diz o artigo se paguei por 200ml porque vou usar só 180ml tem de se usar até a ultima gota ,afinal de contas dinheiro não dá em árvore.

  2. Faço sempre isto 🙂 Poupa-se bastante, as vezes quando penso que a pasta de dentes acabou, ela dura mais dois dias…nada mau hem? 😀 Obriagado Miguel!

  3. Eu gasto tudo ate a ultima gota… e a minha mae esta sempre a dizer isso para nos gastarmos ate a ultima gota, pq poupar é que está o ganho =)

  4. Eu gasto sempre tudo, algumas vezes ponho água, outras corto a embalagem, mas também quando compro tento sempre selecionar as embalagens mais ergonómicas de modo a ser mais fácil a poupança.

  5. Isso mesmo gastar até ao fim, utilizo esses “truques” já a uns anos e também faço o mesmo com as lâminas de barbear, deitar fora só mesmo quando cortam mesmo mal, levo “quase” tudo até á ultima. Desde que não tenha contrapartidas, e já agora no fim é favor reciclar as embalagens…

  6. É uma das coisas que faço sempre aqui por casa e, quando o sabonete liquido para lavar as mãos está mesmo no fim acrescento-lhe um pouco de água e é só agitar antes de usar, rende mais umas boas lavagens (como deve ser) de mãos 😉

    🙂
    .-= Venha ler o meu último post ..O Descanço Merecido! =-.

  7. A pasta dos dentes corto sempre com uma tesoura ou faca, e acaba por durar 1 ou mais dias.
    Os Shampoos e gel duche junto sempre um pouquinho de água, aí tenho a certeza que quando deito a embalagem fora, esta está mesmo vazia.
    Tudo o que seja possível cortar, vai á tesoura! :-)))

  8. Também dá para ir enrolando as embalagens maleáveis (tipo pasta de dentes) até chegar à saída… assim ainda dá para aproveitar muito.

  9. Concordo perfeitamente, e tento ensinar o mesmo às pessoas que vivem comigo. Acho que na verdade, por vezes desperdiçamos mais do que usamos, às vezes os pequenos restinhos, ao fim de 1 ano dariam para mais 3 ou 4 frascos. A proposito disso quero deixar um concelho, que me alertaram no outro dia quando fui participar num concurso de reciclagem: evitem ao máximo comprar muitas embalagens quando vão às compras, obtem por comprar uma embalagem maior cujo conteudo tenha capacidade de duração, e se querem usar embalagens mais pequenas por exemplo nas viagens, optem por colocar em outros frascos que tenham em casa e que tenham sido devidamente lavados. Foi o concelho que me deram e que tenho posto em prática.
    Cumprimentos

  10. Tb já tinha ouvido falar no mesmo Laura…. pelo que entendi é tudo por uma questão de menos desperdício: em vez de se ter 6 caixas vazias num ano teremo apenas 2 ou 3!

  11. Seja Margarina, Gel duche, shampôos, detergentes… tento trazer sempre embalagens familiares. No fim sai mais barato e assim também estamos a ajudar o meio ambiente! 😛

  12. Uma colega ensinou-me como limpa o frasco da maionese até ao último milimetro: espreme-se sumo de limão para dentro do frasco, com uma colher vai-se passando o sumo de limão pelas paredes do frasco e no final teremos um óptimo molho para a salada!

  13. Quando o frasco da maionese está acabar, e se estiver a comer batatas fritas, deito-as dentro do frasco, abano-o com força, e depois é só virar o frasco, e aí já teremos batatas com maionese 😛

    • Essa ideia é engraçada, eu com a maionese tiro-lhe a tampa e vou raspando com uma faca ou uma colher de cabo comprida, e ainda sai muita maionese, mas muita mesmo.

  14. Eu como sou gulosa e cá em casa a maionese é sempre em frasco ainda faço uma coisa (que é uma tremenda asneira do ponto de vista nutricional, mas que sabe muito bem): pego em pedacinhos de pão, pico-os com o garfo e depois é só passar o pão pelo frasco. A dica da Maria tb me deu a ideia de fazer o mm com as batatas fritas (das raras vezes que as como fritas)

  15. Em relação aos cremes, tenho lá um com doseador que já não deita nada mas que ainda tem imenso creme no fundo, esses são os piores, as outras embalagens mais maleáveis corto-as ao meio e depois encaixo a parte de cima na de baixo e anda na mesma dentro da mala.

  16. Por acaso antigamente fazia isso não aproveitava bem até ao final do produto, agora já uso mais doseadores e tento sempre gastar o máximo.

  17. Ja ha imenso tempo que tenho esses habitos.
    Começou quando as embalagens já so tinham um niquinho e eu pensava “ora se eu nao tivesse mais nenhuma embalagem nova, este niquinho ia-me dar muitooooo jeito” e claro está, assim aproveito tudinho.

  18. Eu faço isso de cortar a embalagem com tesoura hehe
    Mas às vezes é extremamente duro. Por exemplo cortar embalagens de shampoo principalmente na zona da tampa… Txii é muita dificil. Por isso custumo usar esta dica mas so em cremes.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here