Apanhe o voo de partida da sua imaginação e concretize as férias com que sempre sonhou

Sonha com uma escapadinha pela Europa ou um cruzeiro pelas ilhas? O crédito para férias pode ser a solução. Saiba como funciona e embarque na viagem dos seus sonhos!

Crédito férias - Apanhe o voo de partida da sua imaginação e concretize as férias com que sempre sonhou - Credibom

As férias com que sempre sonhou podem estar mais perto do que aquilo que imagina. Quando toca a sonhos, a mente viaja e cria cenários que, na realidade, têm um custo financeiro demasiado alto para aquilo que a nossa carteira pode despender, mas isto não tem de ser uma fatalidade.

Os sonhos, afinal de contas, são feitos para serem concretizados e no seu lugar nascerem outros novos. Graças a uma modalidade de crédito pessoal com finalidade específica conhecida como “crédito para férias“, aquela road trip pela Europa, a viagem às Ilhas Fiji ou o cruzeiro pelas ilhas gregas que andamos a namorar há anos podem efetivamente concretizar-se.

O que é e como funciona o crédito para férias?

Como referimos, o crédito para férias é uma modalidade específica de crédito pessoal que nos oferece possibilidade de financiamento entre 200 e 75 mil euros e que podemos reembolsar entre 12 e 84 meses para, entre outras coisas, adquirirmos bilhetes de avião, reservarmos quartos de hotel ou fazermos excursões ou cruzeiros.

Estes são os limites máximos e mínimos de valores e prazos, mas cada banco e instituição de crédito é livre de oferecer a solução que queira dentro destes parâmetros.

💡
Descubra as melhores oportunidades para poupar e ganhar dinheiro!
Clique aqui para saber mais.

No entanto, é importante sublinhar que, normalmente, os prazos e montantes máximos aplicados nas soluções de crédito para férias são inferiores aos praticados num crédito pessoal sem finalidade, facto que ajuda os consumidores a conseguirem obter taxas de juro um pouco mais competitivas.

Como contratar um crédito para férias?

Depois do necessário “trabalho de casa” que deve incluir o cálculo da nossa taxa de esforço (Encargos financeiros com as prestações de crédito / Rendimento Líquido Total do Agregado x 100), de modo a percebermos o impacto que a contratação do crédito terá no nosso orçamento mensal, é altura de passar à pesquisa e contratação de um crédito para férias.

A digitalização de várias áreas da sociedade já chegou à banca e à contratação de serviços bancários como o crédito, poupando tempo e complexas negociações aos consumidores.

Assim, para conseguir transformar em realidade a viagem dos seus sonhos, já não precisa de se dirigir a um balcão físico de uma instituição de crédito cheio de papelada para conseguir o financiamento de que necessita, pois irá bastar-lhe um smartphone, PC ou tablet com ligação à Internet e um sofá bem confortável onde se sentar a pesquisar e a comparar online as diferentes propostas de crédito para férias existentes no mercado nacional.

Além de tornar o processo de contratação mais simples, a digitalização deste tipo de serviços de crédito trouxe consigo uma ferramenta essencial ao processo de escolha dos consumidores: o simulador de crédito.

Através do simulador de crédito, os consumidores podem não só ficar a saber qual a prestação mensal que ficarão a pagar em função dos montantes e prazos de reembolso escolhidos, como também utilizar essa informação para fazerem comparações com outras soluções semelhantes, de modo a escolherem aquela que lhes oferece melhores condições contratuais.

Após as devidas comparações, para passarmos à contratação propriamente dita, basta irmos até à página do crédito para férias que nos ofereceu melhores condições, clicar na barra “Fazer Pedido” ou “Peça já” que, normalmente, acompanha o simulador, preencher o formulário online, anexar os documentos necessários e esperar pelo resultado da análise da instituição financeira.

Em caso de resposta positiva, irá receber o dinheiro pedido na conta bancária que tiver indicado no prazo de 48 horas.

Por exemplo, imaginemos que a nossa viagem de sonho é uma road trip pela Europa que, feitas as contas, irá custar-nos 7 mil euros. Como não temos este montante, decidimos pegar no nosso smartphone e pesquisar por algo como “crédito férias” ou crédito para férias”.

Várias simulações depois, de entre os resultados da pesquisa, resolvemos clicar numa página de crédito para férias que nos oferece montantes de financiamento entre os 3 mil e os 10 mil euros e prazos de reembolso que se cifram entre os 12 e os 60 meses, flexibilidade na escolha da data do débito da prestação, isenção do pagamento de comissão de abertura e taxas (TAN) de 9,55% a 11,90%.

Como o nosso objetivo é pedir 7 mil euros e fazer o reembolso em 60 meses, o simulador dá-nos uma prestação mensal de 157,04 euros. Quando clicarmos na barra “Fazer Pedido”, seremos reencaminhados para um formulário online que devemos preencher com os nossos dados pessoais e ao qual devemos anexar os documentos requeridos (Cartão de Cidadão, comprovativo de morada, comprovativo de NIB/IBAN, etc.).

Terminado este passo, a proposta segue para análise. Uma vez dada a luz verde, iremos, como referimos, receber o dinheiro que nos vai levar até aos quatro cantos da Europa num prazo de 48 horas.


Receba alertas de amostras grátis, dicas de poupança e outras oportunidades incríveis diretamente no seu email:


Veja também:


Messenger Poupa e Ganha
Deixe um comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *