Como evitar que a sua mala de viagem seja roubada

Aumente a probabilidade da sua mala de viagem regressar rapidamente até si em caso de extravio e evite que seja roubada. Veja como...
mala-de-viagem-aeroporto

Num artigo publicado anteriormente aqui, sugeri que personalizasse a sua bagagem com etiquetas coloridas para que a reconhecesse assim que ela aparecesse no tapete rolante do aeroporto.

Entretanto, um leitor deste blog enviou-me uma sugestão que complementa a acima referida: identificar de forma permanente as malas de viagem com o nosso nome e número de telefone (incluindo o indicativo).

Atenção que não se está aqui a sugerir que apenas preencha aqueles cartões normalmente oferecidos pelas agências de viagens.

O objetivo é mesmo marcar definitivamente a mala com os seus dados de modo que, caso esta se extravie, seja mais fácil fazê-la chegar até si.

Para além disso, diminui a probabilidade da mala ser roubada! Um ladrão com intenção de roubar para vender, provavelmente dará preferência a malas intactas.

COMO IDENTIFICAR A SUA MALA DEFINITIVAMENTE (OU QUASE)?

Pode escrever os seus dados pessoais na mala com um marcador ou usar um ferro de soldar com ponta fina para escrever (derreter) na superfície da mala, caso esta seja de plástico, claro. Caso a sua mala seja de tecido, pode tentar bordar o seu nome e contacto telefónico.

Use a sua imaginação… 😛


Subscreva a nossa newsletter para ficar sempre a par das novidades e receber alertas de novas amostras grátis e outras oportunidades para poupar e ganhar dinheiro… diretamente no seu email!

Não encontrou a informação que procurava? Faça uma pesquisa aqui:

Talvez lhe interesse:

2 respostas

  1. É preferível marcar com um dado nosso que nunca mude, por exemplo a nossa data de nascimento, a morada, ou telefone pode mudar e apesar de sabermos que contiua a ser nossa, esse dado deixa de ser útil, e para a data de nascimento temos sempre um comprovativo, para uma morada, recente ou não às vezes é mais difícil.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.

Partilhe este artigo

Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
Share on linkedin

Sugestão de leitura

Este site utiliza cookies para permitir uma melhor experiência por parte do utilizador. Ao navegar no site estará a consentir a sua utilização.