Um dos grandes inimigos das máquinas de lavar roupa, é o calcário presente na água.

O calcário pode danificar a resistência elétrica da sua máquina.

É essa resistência que permite o aquecimento da água, e um funcionamento anormal da mesma pode aumentar o consumo energético da máquina.

Existem vários produtos que evitam a acumulação de calcário, tais como os da famosa marca Calgon.
Mas existe uma alternativa caseira… Vinagre!

Uma vez por mês, despeje um litro de vinagre branco no recipiente do detergente e faça uma lavagem a 90ºC.
Faça isto com a máquina vazia, claro 😛

Nota: o vinagre branco (também conhecido por vinagre de álcool), não é o vulgar vinagre de vinho. No entanto, neste caso também poderá ser utilizado o vinagre de vinho branco.

32 COMENTÁRIOS

  1. Estou impressionado com as 1001 funções que o vinagre pode ter 🙂 O calgon é tão caro que de certeza que vou experimentar esta ideia 😀

  2. Olá Carmelinda,
    Uma lavagem a 90ºC por mês fica muito mais barato do que utilizar calgon em TODAS as lavagens (que é o que é sugerido pelo fabricante).
    Uma embalagem de 15 unidades de calgon custa cerca de 5€.
    Um ciclo de lavagem consume cerca de 5kwh o que fica (de acordo com o tarifário em vigor) por 0.61€. Caso tenha tarifa bi-horaria, e efectuar a lavagem em horas de vazio, ficaria por 0.33€.
    Fazendo as contas contando que coloca a máquina a lavar 15 vezes por mês, com o calgon gastará 60€/ano, e com o vinagre gastará cerca de 8€/ano. Alguém me corrija se achar que me enganei nos cálculos (às vezes acontece 😛 ).
    Tudo bem que existe ainda o consumo de água e de vinagre, mas isso também não encarece assim tanto.

  3. Graças a Deus as minhas máquinas não precisam de anti-calcário, mas deixo uma dica: sempre fiz isso na máquina do café, faço o vinagre passar duas vezes e depois 2 vezes com água limpa. E pronto…

  4. maneiro!nao sabia que vinagre resultava agora vo fazer uma lavagem com vinagre pra minha maquina nao correr risco.um bom post e obrigado pela dica.

  5. Miguel
    Não sei como cheguei a este blog,ontem.
    Sempre me interessei por estas dicas e não só, por todas. Já li Km de dicas e mesmo assim ainda aqui encontro umas quantas que ignorava. Parabéns por todo este trabalho tão util para tanta gente.
    Sobre as máquinas posso dizer-te que pela minha experiência o calcário nas máquinas não será assim tanto como diz a publicidade.
    Há alguns anos perguntei a um sujeito que as consertava se usava o calgon na sua casa. Que não fazia nada porque esses produtos diminuiam a vida das borrachas. Não me estou a referir ao vinagre. Agora a minha experiência: durante muitos anos gostei de desmanchar para ver como era! As máquinas da família candidatas ao lixo, passavam 1º pela minha casa. Desmontei completamente 5 máquinas e nunca encontrei calcário nas resistências. Talvez onde haja fatos macaco de mecânicos etc ou desinfeção de roupas que precisam de altas temperaturas isso aconteça. Eu sempre tive pouca roupa branca em casa portanto não é aconselhavel altas temperaturas em roupa de cor. Hoje em dia os detergentes já nem precisam de água quente para fazerem efeito. Normalmente utilizo os 40º , a 30 camisolas com lã e a 60 de vez enquando, mas muito poucas vezes. Alguma vez tiveste oportunidade de ver a resistência de alguma máquina?
    Ficavas admirado. A minha 1ª durou 17 anos e pifou o programador e as borrachas já começavam a pingar aqui e ali. Tb a técnica já tinha evoluido muito e portanto não justificava nada mais. A resistência estaca sem marca de calcário. A 2ª está com 10 anos e não tenho razão de queixa
    Um abraço

  6. A minha 1ª durou 17 anos e pifou o programador e as borrachas já começavam a pingar aqui e ali. Tb a técnica já tinha evoluido muito e portanto não justificava nada mais. A resistência estaca sem marca de calcário. A 2ª está com 10 anos e não tenho razão de queixa
    Um abraço

  7. Olá Maria,
    Agradeço imenso os elogios… até fico 😳

    😀

    Por acaso já tive a oportunidade de ver a resistência de uma máquina de lavar roupa, mas se bem me lembro foi numa acção de propaganda ao calgon ou outro produto do género num hipermercado.
    Essa resistência estava estrategicamente “carregada” de calcário, ao lado de outra resistência em bom estado.

    Algo que consideraria interessante fazer, seria comparar o consumo de energia de uma lavagem a altas temperaturas entre duas máquinas de lavar da mesma marca mas em que uma tivesse utilizado nos últimos anos um produto anti-calcário… ou até mesmo o vinagre.
    O resultado esperado seria um maior consumo de energia por parte da máquina que não levou tratamento anti-calcário…

    Com tanta propaganda, já nem sabemos em quem confiar, não é?

    Grande abraço e volta sempre 😉

  8. Olá Susana,

    Vinagre branco não é a mesma coisa que vinagre de vinho branco. Mas no entanto, para este uso tanto faz utilizar um como outro.
    Por acaso nunca encontrei à venda esse vinagre branco (também conhecido por vinagre de álcool). O vinagre branco é incolor e o vinagre de vinho branco é amarelado.
    Sei que no Brasil é muito fácil encontrar esse produto, e até dizem que é mais barato do que o vinagre de vinho, mas como não sei onde o encontrar, utilizo o vinagre de vinho branco.

  9. Desde já muito obrigada pela rápida resposta.
    Após ter visto o post decidi ir procurar o tal vinagre branco mas em Portugal nao se deve vender. Pelo menos nao encontrei em hipermercado nenhum nas redondezas (Continente, Pingo Doce, Lidl, Minipreço,…)
    Logo já vou experiementar.
    A minha máquina ainda nem 2 anos fez e já o tambpr está cheio daquela pasta amarelada do calcário….
    E eu uso Calgon em todas as lavagens….

  10. mariasilva,,ja k entende de maquinas ( e ainda bem) e as suas maquinas duram tanto tempo(sortuda) pode explicar-me como é que eu coloco a roupa na minha maquina que tem apenas 3 anos,é de samsung,tudo separado,ou seja,roupa branca com roupa branca,roupa de cor c roupa de cor,etc, e o certo é que a roupa nao sai bem lavada,ja experimentei de tudo, desde mudar varias x de detergente,de programaçao,de colocar a roupa de molho primeiro,de fazer pre lavagem e nada funcionou.As camisolas interiores do meu filho de 8 anos bastante sujas nas mangas,as calças do meu marido um pouco sujas na parte das coxas vai á maquina com lixivia e detergente e nada.nao sai. Saí um pouco mas ficam sempre sujas.Já mudamos os rolamentos da maquina pk ela fazia imenso barulho e foi nos dito k isso prejudicava tb a lavagem,o certo é k se mudou os rolamentos e ela ja nao faz barulho mas continua a lavar mal,pk será?

    • Olha a uns tempos atrás acontecia-me o mesmo, quando era o meu marido a por a roupa ela não lavava em condições, era estranho pois ele fazia como eu, a excepção de uma coisa ele metia tanta roupa que até a porta custava a fechar e isso prejudica a lavagem. Eu deixo sempre espaço cerca de 4 dedos e nunca tive problemas

  11. Olá, eu tenho um problema com a lavagem da minha roupa, é que nos últimos tempos a roupa em vez de sair lavada ainda sai mais suja do que quando a meto na máquina.
    Ela sai com uns “farfalhinhos” castanhos escuros e não sei o que será.
    Já limpei várias vezes a borracha pois pensei que fosse da sujidade que às vezes ganha à volta.
    Será que alguém me sabe dizer o que é?
    Obrigado

    • Esses “farfalhinhos” castanhos são sujidades q estão no tambor de sua máquina. Tenho uma máquina Eletrolux, e o fabricante recomenda a máquina mensalmente (despeje 1 litro de alvejante no tambor vazio. Coloque a máquina para encher no nível máximo e programe-a para dois molhos, deixando-a completar o ciclo completo – até centrifugação). Espero ter ajudado!

  12. Caldon? Nunca ouvi falar disso. Mas fiquei sabendo que o vinagre é mesmo muito bom para limpar a lavadora. Agua sanitaria nao eh uma boa tb? Eu limpo a minha lavadora frontal com uma tampa de agua sanitaria e um ciclo rapido.

  13. Esquecem que a maquina tem borrachas que o ferro não tem, etc….

    A acidez do vinagre dá cabo das borrachas da maquina de lavar e acreditem não vão querer acelerar o tempo de vida delas.

  14. Olá a todos!

    Li este post e pensei logo em utilizar o vinagre (também) na minha máquina de lavar roupa. Tive a péssima experiência de ter uma máquina avariada por causa do calcário. Sempre achei que o calgon funcionaria e sempre utilizei em todas as lavagens. A minha máquina avariou ao fim de 1 ano e meio!!! Inicialmente, pensei que era um problema eléctrico porque sempre que a ligava o quadro da electricidade desligava. Chamei o técnico e, qual não é o meu espanto, ele diz-me e mostra-me a resistência da máquina. Estava pior do que a dos anúncios!!! Ele explicou-me também que o problema “eléctrico” era derivado do facto do calcário ter “furado” a resistência o que fez com que entra-se em curto circuito cada vez que ligava a máquina. Sei que a água cá de casa tem muito calcário porque basta-me olhar para o lava loiças quando está seco para ver manchas brancas. Ou então quando deixo os copos secarem naturalmente (sem usar o pano) e noto logo manchas brancas de calcário. Vou usar esta dica duas vezes por mês para ver se evito uma nova visita do técnico!
    No início do post disse que “também” iria utilizar o vinagre na máquina. Isto porque já uso o vinagre em inúmeras coisas. Descobri que é óptimo nas limpezas e pode ser utilizado puro ou diluído em água (uma porção de vinagre para 3 porções de água). Deixo-vos aqui algumas dicas que já foram testadas por mim e funcionaram:

    – Eliminar mau cheiro nas divisões da casa (incluindo cheiro a tabaco): colocar vinagre não diluído numa taçã ou em várias taças e espalhar pela divisão ou divisões. Se o cheiro for na cozinha também pode ferver 1/2 chávena de vinagre com uma chávena de água até a água se evaporar quase na totalidade;
    – Tirar as manchas do fundo dos tachos: deitar uma chávena de vinagre e adicionar água em quantidade suficiente para tapar completamente as manchas. Deixar ferver durante 5 minutos e depois é só passar por água fria;
    – Limpar o frigorífico: utilizar um borrifador reciclado e encher com partes iguais de água e vinagre. Depois é só borrifar todo o interior e exterior do frigorífico e passar um pano para secar. Incluindo as borrachas. Nas gavetas pode-se lavar com vinagre puro para evitar o aparecimento de bolor.
    – Limpar a máquina do café: colocar duas chávenas de vinagre e uma chávena de água no depósito da máquina. Ligar a máquina e deixar completar um ciclo completo (até toda a água do depósito ter acabado). De seguida encher o depósito com água, ligar a máquina e deixar completar o ciclo (repetir mais uma vez).
    – Limpar a lâmina do abre latas: molhar um pano de limpeza em vinagre não diluído e limpar a lâmina.
    – Limpar a tesoura da cozinha: molhar um pano de limpeza em vinagre não diluído e limpar as lâminas.
    – Limpar os salpicos de gordura do fogão, parede e bancada da cozinha (NÃO UTILIZAR NO MÁRMORE): molhar a esponja em vinagre não diluído e esfregar as zonas mencionadas. Passar um pano para secar. Na rotina diária de limpeza da cozinha costumo utilizar o borrifador com vinagre e água e faço a limpeza de toas as zonas com esta solução.
    – Etc.

    Não se esqueçam que o vinagre é desengordurante, desinfectante e muuuuito barato. O chato mesmo é o cheiro mas este desaparece rápido.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here