Pequenas Dicas para Grandes Poupanças

Como manter as pilhas bem colocadas

Tem algum equipamento eletrónico (comandos de TV por exemplo) que não funciona corretamente porque as pilhas não ficam bem fixas? Veja como remediar essa situação...
Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
pilhas

Tem algum aparelho eletrónico (lanterna, rato sem fios, etc) em que as pilhas já não ficam bem colocadas no suporte?

Ao fim de algum uso, as molas que seguram as pilhas começam a ficar frouxas.

Foi o que aconteceu com o meu carregador de pilhas que já não funcionava corretamente apenas porque não existia um bom contacto entre um polo das pilhas e a mola, aliás… não existia contacto nenhum!

Já o estava quase a dar como “morto”, quando reparei que ao abaná-lo, as pilhas saíam do sítio facilmente.

Solução: dobrei um quadradinho de folha de alumínio (a que usamos na cozinha), e coloquei entre a mola e a pilha… Perfeito!

A folha de alumínio é feita de material condutor e maleável, o que a torna ideal para estas situações.

Pode utilizar este método em qualquer equipamento elétrico. Também já tive de usar num comando de televisão que já estava a funcionar à base da pancada. 😀

Apenas tenha o cuidado de não deixar que esse pedaço de folha de alumínio toque noutra parte metálica do equipamento.


Não perca nenhuma oportunidade!

Quer ficar sempre a par das nossas novidades, receber alertas de novas amostras grátis e outras oportunidades para poupar e ganhar dinheiro... diretamente no seu messenger?

Talvez lhe interesse:

6 respostas

  1. Eu também conhecia.. Tem é de se ter algum cuidado quando ligado á corrente, sei duma pessoa que estragou a maquina fotográfica com o papel mal colocado..

  2. Descobri numa gaveta um mini rádio portátil a pilhas, já nem me lembrava k aquilo existia. No tempo em que andava de autocarro, utilizava aquilo pra ouvir música. Mas reparei que uma mola estava partida, e que já não funcionava. Mas depois lembrei-me desta dica, pus papel aluminio, e Voilá!!! Resultou 😛

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.

Este site utiliza cookies para permitir uma melhor experiência por parte do utilizador. Ao navegar no site estará a consentir a sua utilização.