Lâmpada incandescente

O artigo que se segue é da autoria de Jorge Vieira, fundador da Maudlin Merchandise, estamparia têxtil especializada em personalização de roupa, a quem agradeço desde já o seu contributo com a partilha de dicas de poupança que todos podemos implementar nas nossas casas! 😉

A ecologia é um dos tópicos do momento. Os recursos do nosso planeta estão a ser consumidos de uma forma demasiado acelerada e dependemos apenas de nós para inverter essa tendência.

Se a eficiência e poupança energética é um tema importante a nível residencial, também o é a nível empresarial, uma vez que nós, as empresas, consumimos uma quantidade muito superior de recursos que a maioria das residências.

Enquanto comparativo apenas, na Maudlin Merchandise consumimos mais energia elétrica em um dia do que eu consumo em casa num mês inteiro. Embora haja máquinas que não consigamos desligar e que têm consumos bastante grandes (infelizmente é o caso na indústria da estamparia têxtil), há pequenos passos que podemos dar para saber que estamos a fazer a nossa parte por um mundo melhor.

Sempre pensei que éramos uma estamparia ecológica, dentro do que é exequível na indústria. Há cerca de dois meses comecei a ler mais sobre o tema e a tomar notas sobre pequenos passos que poderia tomar para diminuir os nossos consumos, diminuindo também a nossa pegada ambiental e as nossas contas de água e eletricidade. Decidi então fazer um estudo aprofundado dos nossos hábitos e consumos e fiquei chocado com o que descobri.

Consumos em stand by…

Munido de um medidor de consumos percorri todas as tomadas da empresa para descobrir a “ordem” de consumos que tínhamos em equipamentos deixados em stand by à noite e fim de semana.

Apesar de haver muito mais dispositivos individuais espalhados pela empresa com consumos muito residuais, decidi atacar um grupo de 3 que estavam agrupados, num total de 40w/hora. Pode parecer pouco, mas feitas as contas, falamos de mais de 263kW que podemos poupar por ano, ou o equivalente a 52€/ano, apenas ao eliminar estes equipamentos em stand by à noite e ao fim de semana, sem que afete o funcionamento da empresa.

O que fiz foi adquirir 3 equipamentos que permitem agendar uma hora para ligar/desligar e instalar nessas tomadas. O investimento foi ligeiramente superior a 90€, mas em menos de 2 anos estará pago. Sei que poderia ter gasto menos de 15€ ao comprar equipamentos analógicos mas não me resolveria o problema ao fim de semana nem nos feriados e, desta forma, através de uma app no telemóvel consigo controlar tudo, incluindo os watts consumidos e poupados. Por mais que goste de ecologia, gosto mais ainda de controlo.

Iluminação

Outro ponto em que decidi focar foi as lâmpadas. Já há dois anos que andava a mudar lentamente algumas lâmpadas para LEDs, mas numa empresa com várias salas e dezenas de lâmpadas, a verdade é que é preciso disciplina e tempo para analisar o consumo de todas as que estão instaladas.

Estava relativamente otimista quando comecei a contabilidade mas os resultados foram assustadores! Tínhamos um consumo por hora acima dos 2000 watts. 2kWh!! Foi aí que arregacei a sério as mangas e comecei a “matar watts”, sala a sala.

Uma coisa que descobri é que não basta uma lâmpada ser LED. Tem de ser a lâmpada certa, com a potência certa, especialmente quando ela irá estar ligada no mínimo 8 horas por dia, 5 dias por semana (todos os watts contam). Não vale de nada termos uma lâmpada de 12 watts LED se para iluminar o espaço apenas precisamos de uma de 5 watts. Acabamos por esbanjar 14.000 watts por ano a troco de nada. Em alguns espaços conseguimos reduzir mais de 100 watts por hora!! É assustador olhar para trás e imaginar o desperdício e o que fazíamos ao planeta.

Houve salas em que reduzimos de 416 watts para 108 watts sem perder luminosidade. Em uma sala específica diminuímos de 360 watts para 144 watts aumentando até a luminosidade da mesma.

Estamos atualmente em processo de mudança de 6 lâmpadas LED de 1800lm para 3 tubos LED de 3100lm cada, baixando o consumo de 132 watts (já era baixo) para menos de 62 watts (torna-se ridiculamente baixo).

Feitas as contas, iremos reduzir de 2062 watts para 670 watts por hora nesta primeira fase, uma poupança de mais de 67% em iluminação apenas. São mais de 600€ por ano em poupanças projetadas. Em menos de um ano cobrimos todo o investimento feito na troca de luminárias.

O que é engraçado é que passado algum tempo, quando temos tudo contabilizado, isto torna-se quase um jogo em que procuramos watts para “matar”. Torna-se até divertido.

Esta é só a primeira fase deste projeto. Temos já algumas lâmpadas com detetores de movimento e vamos começar a testar sensores fotoelétricos numa tentativa de diminuir ainda mais os novos consumos, à medida que procuramos novas lâmpadas A+++ que justifiquem o investimento da troca.

Consumo de água

Finalmente, em termos de consumo de água, o nosso acaba por ser residual, por isso não há muito para fazer neste campo.

Ainda assim, tomei algumas medidas.

  • Coloquei uma garrafa de 1,5L de água dentro de cada reservatório de sanita
  • Coloquei redutores de caudal em todos os lavatórios, com poupanças projetadas de 70% na utilização de água

Conclusão

Com estas mudanças, acabei por libertar dezenas de lâmpadas de baixo consumo (12w ou menos) que trouxe para casa ou ofereci a funcionários, familiares e amigos para que todos possamos baixar um pouco os nossos consumos. Acabei por trocar todas as lâmpadas de halogéneo que tinha em casa por LEDs e comecei a mudar os meus próprios hábitos para consumir menos.

De momento resta-nos apenas colocar película protetora nas janelas para impedir que o calor entre com tanta força durante os meses de verão. As vantagens são fantásticas:

  • Temperaturas mais baixas dentro da empresa permitem não ligar tantas vezes o ar condicionado
  • Menos raios UV a bater diretamente nas janelas permitem-nos abrir os blackouts e desligar as luzes, poupando também um pouco mais

Uma dica. Sabias que o teu frigorífico (mesmo sendo novo) provavelmente tem uma lâmpada incandescente de 15w? Pois é! Pode ser trocada por uma LED de 1w com toda a facilidade por menos de 2€.

DEIXE AQUI O SEU COMENTÁRIO

Please enter your comment!
Please enter your name here

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.