Dormir

O stress do dia-a-dia é uma das maiores causas dos distúrbios de sono como por exemplo as insónias. Chegar a casa e não conseguir relaxar e deixar os problemas fora de casa, faz com que sejam muitas as pessoas que não conseguem ter uma boa noite de sono.

Relaxar não significa, depois de um dia stressante, chegar a casa e ficar no sofá à frente da televisão. Se o objetivo é dormir melhor à noite, é preciso ter atividades para ativar a resposta de relaxamento natural do corpo.

A melhor forma de reduzir o stress para dormir melhor é fazendo técnicas de relaxamento como a respiração profunda, o exercício rítmico, o yoga ou ainda a meditação.

Estas técnicas podem ajudar a:

  • reduzir o stress quotidiano,
  • a estimular de forma natural a energia e humor
  • e, claro, a melhorar a qualidade do seu sono.

O que é o stress?

O stress é um “conjunto de perturbações orgânicas e psíquicas provocadas por vários estímulos ou agentes agressores” que é, por mais surpreendente que seja, necessário à vida dos seres humanos.

O stress ajuda a desencadear o processo natural de criatividade, de aprendizagem e de sobrevivência. Esta perturbação orgânica e psíquica passa a ser perigosa quando começa a ser demasiado elevado, acabando por interromper o equilíbrio que o sistema nervoso necessita para estar em forma e saudável.

As consequências negativas do stress são cada vez mais comuns e conhecidas, sendo que estão presentes no dia a dia de grande parte das pessoas. Quando começa a invadir o sistema nervoso, o corpo humano é inundado de produtos e reações químicas que aumentam de forma drástica o desespero e nervosismo.

Usar técnicas de relaxamento no quotidiano torna-se então essencial para permitir minimizar o stress negativo para dormir melhor de forma a reencontrar um sono reparador e profundo.

Como relaxar para começar a dormir melhor?

Para relaxar e deixar o stress negativo fora do seu quotidiano, é necessário começar a aplicar, de forma pontual, exercícios de relaxamento.

Existem diferentes técnicas de relaxamento, e algumas delas nem estão diretamente associadas ao Yoga ou à Meditação – duas associações imediatamente feitas quando se fala em técnicas de relaxamento no quotidiano.

Relaxar não é sinónimo de estar deitado no sofá ou de estar a dormir para relaxar: o objetivo é ativar o relaxamento natural do corpo, iniciando um processo mental ativo que deixa o corpo relaxado, calmo e concentrado.

Não existe a técnica de relaxamento perfeita para todos: cada pessoa tem que encontrar o que precisa para o quotidiano dela e precisa de perceber qual é o processo natural que necessita de empreender para levar o seu corpo a relaxar.

O importante destas técnicas é que precisa de concentrar o seu corpo num processo interno de relaxamento, deixando pensamentos e fatores externos fora desse momento.

São cada vez mais as pessoas especializadas em técnicas de relaxamento que podem ser aplicadas de forma diária e em apenas alguns minutos. Para o ajudar nesse processo, não hesite em utilizar aplicações como o Headspace ou fazer leituras de livros como o “Relaxamento Anti-Stress” da Patricia Tomoe Abella.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here