Como Conservar Alface

Simples sugestões sobre como comprar e conservar a alface e ainda algumas informações adicionais acerca deste legume.
alface

Sabe bem acompanhar uma refeição com uma salada de alface, e então com o tempo quente… ainda melhor!

Hoje trago-lhe uma sugestão para melhor conservar a alface e manter as suas folhas bem “estaladiças” por mais tempo, mas antes deixo-lhe alguma informação interessante sobre este legume.

A ALFACE

Alimento pouco calórico, rico em carotenos, ácido fólico, potássio, magnésio e moderadamente rico em fibra. 96% do seu peso é água. Pode ser visto como um auxiliar das dietas: aumenta a sensação de saciedade durante a refeição e, assim, diminui o apetite e reduz a quantidade de alimentos consumidos.

São cultivadas em climas temperados e apresentam um vasto leque de variedades. Eu prefiro a alface frisada! 😛

COMPRAR E CONSERVAR A ALFACE

Na hora de escolher, prefira alface com folhas limpas, brilhantes e sem marcas de picadas de insectos. Retire as folhas estragadas ou murchas e guarde-a no frigorífico dentro de um saco plástico aberto.

Ao preparar a alface para uma salada, não utilize utensílios metálicos tais como facas e tesouras para a cortar. Em vez disso, prefira cortá-la usando as mãos ou então usando uma faca plástica. A alface quando em contacto com o metal tende a oxidar ficando acastanhada e murcha. Por esse motivo, evite também pousar a alface na banca (se esta for metálica).

Bom apetite! 😉


Subscreva a nossa newsletter para ficar sempre a par das novidades e receber alertas de novas amostras grátis e outras oportunidades para poupar e ganhar dinheiro… diretamente no seu email!

Não encontrou a informação que procurava? Faça uma pesquisa aqui:

Talvez lhe interesse:

12 respostas

  1. Além de alguns dos seus conselhos, que sigo, sobre a alface, designadamente tratá-la sempre com as mãos para não oxidar, utilizo um método, que tem resultado, e que é o seguinte: lavo as alfaces, passando-as por várias águas, sendo que na penúltima passagem deixo-as estagiar uns minutos em água acidulada com vinagre, que desinfecta e mata qualquer bicharoco que tenham, passando-as novamente por água. Todo este processo é realizado com as folhas das alfaces separadas uma a uma. Seco-as então cuidadosamente com um pano de cozinha de algodão e envolvo-as já secas noutro pano também de algodão que meto num saco de plástico sempre sem apertar as folhas das alfaces. As ditas ficam prontas a consumir e duram vários dias, na gaveta dos legumes do frigorífico! Felizmente que raramente preciso de as comprar pois tenho uma amiga que as cultiva e passa cá por casa cerca de uma vez por semana…

  2. Não fazia ideia que a alfaçe em contacto com o metal, tende a oxidar-se. De qualquer forma, quando a corto, é porque a vou comer de imediato 🙂

    Obrigado por este conhecimento.

    @ jotix do Eurito.net

  3. Felizmente, alface é coisa que não falta cá em casa. A sogra planta alfaces durante todo o ano, e em quase todas as refeições há um pratinho desta bendita verdura. Costumo trazer uma grande quantidade para comer durante a semana cá em casa, guardo-a em sacos de plástico no frigorífico, e costuma aguentar-se bem uma semaninha!

  4. Realmente qualquer dica para manter a vida deste vegetal é bem vinda. Adoro alface mas só a posso comprar 1x semana fazendo com que ao fim de 3-4 dias esteja estragada. A ver se com estas dicas dura mais. Obrigada 🙂

  5. Se a alface estiver ja com um ar meio estragado há uma dica muito boa e simples: Molhar a alface em água fria com umas gotas de Vinagre. A alface fica como nova. Usem esta dica que resulta mesmo

  6. Tenho alfaces plantadas no quintal, por isso felizmente não tenho o problema de ela ficar murcha por estar guardada no frigorífico. Quando se quer é só ir à horta buscar. De qualquer forma, não sabia que oxidava em presença de objectos metálicos.

  7. Cortei sempre a alface com as mãos, e é sempre bom saber que fiz bem.
    Mas é sempre bom saber novos aspectos sobre a nossa cozinha, como o metal e a alface não se darem bem.
    Obrigado Poupa e Ganha.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.

Partilhe este artigo

Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
Share on linkedin

Sugestão de leitura

Este site utiliza cookies para permitir uma melhor experiência por parte do utilizador. Ao navegar no site estará a consentir a sua utilização.