Gravida

A gravidez é um estado de graça, mas que não traz, com ela, noites de sono relaxadas e confortáveis! Há momentos em que, no geral, as mulheres grávidas podem se sentir desconfortáveis e a altura de dormir é um desses momentos.

Estar grávida envolve, no geral, ter alterações na qualidade do sono, provocadas muitas vezes pelos enjoos, azia ou cãibras. No entanto, existem algumas dicas que é possível seguir para conseguir dormir melhor na gravidez.

Dormir para o lado esquerdo é a melhor posição para dormir durante a gravidez

Dormir para o lado esquerdo é dada como sendo a melhor posição para as grávidas dormirem, desde os primeiros meses de gravidez. Essa posição ajuda o sangue e os nutrientes essenciais a fluírem para o útero e para feto, sendo uma posição muito saudável para o bebé. Esta posição ajuda também os rins a eliminar os líquidos, tornando o sono bem mais confortável.

Para aliviar o peso da barriga à medida que a gravidez vai avançando, pode colocar algumas almofadas por baixo da barriga, entre as pernas ou no peito.

Alternar de posição durante a noite para evitar desconforto

Torna-se muito difícil conseguir dormir, a noite inteira, virada exclusivamente para o lado esquerdo. As dores e o desconforto podem começar a surgir ao longo da noite e, se for esse o caso, experimente alternar para o lado direito para tornar o seu sono mais confortável. Esta posição não vai prejudicar a sua saúde nem a saúde do bebé, simplesmente não é uma posição tão recomendada e vantajosa como a de dormir para o lado esquerdo.

Evite, sobretudo a partir da segunda metade da gravidez, dormir de barriga para cima ou para baixo, pois não são posições aconselhadas nem para a sua saúde, nem para a saúde do bebé.

Evitar dormir de barriga para cima

É, à primeira vista, a posição que pode parecer mais confortável para dormir, mas não é de todo verdade! Dormir de barriga para cima pode levar a problemas cervicais e de coluna, pois não é uma posição natural para a nossa coluna.

No caso de mulheres grávidas, esse risco é ainda maior pois, ao dormir de barriga para cima, o peso do útero vai estar a pressionar não só ainda mais a coluna, como também os músculos das costas, os intestinos e alguns vasos sanguíneos, o que pode prejudicar a circulação sanguínea não só da mãe, mas também o fluxo que chega ao bebé.

Relaxar durante o dia

Tal como para as pessoas não-grávidas, as perturbações de sono durante a noite estão diretamente influenciadas pelo stress do dia-a-dia. Estando mais sensíveis, é importante que as mulheres grávidas tentem levar uma vida mais calma, relaxada e descansada, para que, à noite, a qualidade de sono não seja afetada com dores ou inchaços nas pernas ou stress físico e psicológico.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here