3 truques caseiros para se ver livre das ervas daninhas

Livre-se facilmente das indesejáveis ervas daninhas com simples truques caseiros utilizando produtos que já tem em sua casa.
ervas-daninhas

Farto das ervas daninhas que crescem nas fendas de pátios e terraços?

Existem herbicidas químicos específicos para combater as indesejadas ervas daninhas, mas também pode experimentar métodos mais caseiros e económicos para o fazer.

  1. Despejar água a ferver diretamente nas ervas daninhas.
  2. Borrifar vinagre sobre essas ervas. O ácido do vinagre irá matá-las, mas tenha o cuidado de não atingir as plantas e vegetação que quer manter saudáveis.
  3. Dissolva umas 3 colheres de sal grosso em água morna. Depois, utilizando um frasco pulverizador, aplique essa mistura diretamente nas ervas daninhas. O sal desidrata e mata as ervas daninhas, mas tal como o vinagre, também é prejudicial para outras plantas e vegetação que pretende manter de boa saúde!
ervas daninhas
Não é necessário gastar dinheiro em produtos específicos para erradicar as ervas daninhas.

Se conhecer mais formas de erradicar as ervas daninhas, partilhe-as nos comentários.


Não perca nenhuma oportunidade!

Quer ficar sempre a par das nossas novidades, receber alertas de novas amostras grátis e outras oportunidades para poupar e ganhar dinheiro... diretamente no seu messenger?

Não encontrou a informação que procurava? Faça uma pesquisa aqui:

Talvez lhe interesse:

12 respostas

  1. Sim o tomilho é óptimo para quem não quer ter daninhas nem investir em casca de pinheiro.

    Também se podem tratar das daninhas regando-as com água bem salgada! Ficam como hão-de ir!! 🙂

  2. Pois eu costumo cuidar da casa dos meus avós e no pátio ou noutros sítios arranco as ervas pois químicos está fora se questao. Já basta os da junta de freguesia que em em vez de limparam, so metem remédio e pronto. Mas vou experimentar no pátio 🙂

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.

Partilhe este artigo

Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
Share on linkedin

Sugestão de leitura

Este site utiliza cookies para permitir uma melhor experiência por parte do utilizador. Ao navegar no site estará a consentir a sua utilização.