MAIS
    Início Emprego Como Evitar Anúncios de Emprego Falsos

    Como Evitar Anúncios de Emprego Falsos

    Ultimamente têm crescido os falsos anúncios de emprego na internet! Saiba o que fazer para evitar cair nesses esquemas fraudulentos.

    Nos últimos tempos, especialmente desde o início da atual crise económica e da consequente escalada do índice do desemprego, têm crescido os falsos anúncios de emprego na internet, recrutadores fraudulentos e outros esquemas de burla relacionados com trabalho.

    Já diz o adágio popular que a ocasião faz o ladrão e, perante uma escassa oferta de trabalho e um maior número de pessoas desesperadas sem emprego, surgem os oportunistas que tiram vantagem dessa situação. Além disso, a internet também permite que estas burlas e esquemas aconteçam com mais facilidade, uma vez que salvaguarda o anonimato dos prevaricadores, assim como a rapidez com que é possível “desaparecer” da rede sem deixar rasto.

    Os falsos anúncios de emprego são, aliás, um dos principais desafios da atualidade na internet, tal é a velocidade com que têm proliferado na rede global.

    São várias as formas que podem assumir, desde a clonagem de páginas de marcas ou empresas conhecidas, a criação de sites falsos de angariação de emprego ou a utilização errónea de portais fraudulentos. Em comum todos eles têm o mesmo, tanto seja numa proposta para uma empresa nos Camarões como para um negócio no Vietname: a promessa de rendimentos altos, a troco de trabalho nem sempre especializado, fácil e rápido.

    Estas ofertas falsas servem sobretudo dois objetivos. O de enviar spam e o de receber registos e informações dos utilizadores que caem no esquema. Ao acederem a estes dados, os criminosos conseguem ter acesso a contas de email e a informação privada privilegiada, que pode levar a clonagem de cartões de crédito ou a violação de contas bancárias, por exemplo. Portanto, todo o cuidado é pouco.

    Assim, se costuma procurar emprego na internet, eis 5 dicas de como se proteger e garantir a sua segurança.

    FAÇA O TRABALHO DE CASA E PESQUISE

    Ao encontrar um anúncio de emprego que lhe interesse ou ao ser contactado por um recrutador, comece por fazer o trabalho de casa e pesquise sobre a empresa. Confira a veracidade dos links que lhe passam, tente confirmar os endereços e os contactos físicos fornecidos e cruze informação no Google retirada de, pelo menos, dois sites diferentes.

    Uma forma rápida e fácil de detetar anúncios falsos, especialmente aqueles que se fazem passar por uma empresa conhecida, é conferir o domínio do email do remetente e ver se confere com o da suposta marca. Não tenha medo também de telefonar para a empresa e confirmar a informação, se continuar com dúvidas depois desta pesquisa.

    Além disso, deve ainda verificar todos os antecedentes do recrutador ou da empresa à qual vai responder ao anúncio. Utilize as redes sociais, como o LinkedIn, para confirmar as informações e os seus antecedentes. Normalmente, todas as empresas têm perfis no Facebook ou no Twitter, onde poderá encontrar também comentários e críticas de outras pessoas. Caso não encontre nenhuma informação desta on-line, então é melhor desconfiar.

    NÃO ENVIE INFORMAÇÃO CONFIDENCIAL

    Se tem dúvidas em relação à veracidade do anúncio de emprego, então não deve enviar sequer o seu CV. Afinal de contas o seu endereço de email pode acabar sempre por ir parar a uma lista de contactos que será inundada de spam e publicidade agressiva.

    Contudo, mesmo quando confia em quem está do outro lado do anúncio, deve sempre salvaguardar-se e nunca partilhar informação sensível ou privada. Dados bancários, números de cartões ou a assinatura digital não devem ser partilhados nunca por email ou pelas redes sociais. Mesmo que o remetente seja de confiança, estes podem ser intercetados e a sua privacidade acabar por ser violada.

    NÃO ENVIE DINHEIRO

    Um dos objetivos dos anúncios falsos de emprego na internet é extorquir dinheiro às pessoas. Por isso, muitos deles irão tentar convencê-lo a entregar alguma quantia de dinheiro atempadamente.

    As justificações podem ser várias: se for uma proposta de trabalho no estrangeiro, provavelmente irá necessitar de pagar uma verba adiantada para tratar do visto; e se for uma proposta de trabalho em solo nacional, então possivelmente terá que pagar algo para garantir a sua posição ou para investir em inventário. Não o faça em qualquer situação. Nenhum emprego real irá exigir dinheiro como contrapartida.

    SEJA RACIONAL E SENSATO

    O bom senso costuma ser, normalmente, um bom decisor. É certo que nem sempre tomamos as melhores decisões, mas perante uma situação difícil, procure dar um passo atrás para ter tempo e espaço para refletir.

    Lembre-se do ditado que diz que quando a esmola é muita o pobre desconfia. Logo, se encontrar um anúncio que lhe parece bom demais para ser verdade, então mantenha um pé atrás e confirme toda a informação.

    Não se precipite, tenha em consideração a sua situação atual e aja com ponderação. Se for selecionado para um trabalho para o qual nem sequer se candidatou, o mais provável é estar a ser vítima de um esquema.

    UTILIZE SOFTWARE PARA SE PROTEGER

    Finalmente, como em qualquer atividade na internet, manter o seu computador atualizado pode ajudá-lo desde logo a prevenir anúncios falsos de emprego.

    Um bom filtro de spam no email ajuda desde logo a enviar diretamente para a reciclagem a maioria dessas mensagens falsas; além disso, um bom anti-vírus, respetivamente atualizado, também ajuda a detetar sites falsos e portais fraudulentos.

    Já alguma vez foi vítima de um esquema deste género? Se sim, deixe o seu testemunho nos comentários.

    DEIXE UMA RESPOSTA

    Por favor digite seu comentário!
    Por favor, digite seu nome aqui

    Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.

    42,548FansCurti
    6,151SeguidoresSeguir
    1,236SeguidoresSeguir
    1,610InscritosSe inscrever

    Adira à DECO PROTESTE e ganhe um Tablet com capa e teclado

    Tablet DECO