O Marketing Agressivo e o Crédito Fácil

Algumas dicas para escapar às “garras” do marketing agressivo que promove o crédito fácil e o coloca muitas vezes em "maus lençóis"!
cartao-de-credito

Após um período de algum abrandamento, fruto da grave crise que assolou o país, eis que temos novamente de volta o marketing agressivo e a promoção do “crédito fácil”. O objetivo desta estratégia é claro: levar-nos a pensar que os nossos sonhos de consumo podem ser concretizados sem qualquer esforço.

Na verdade, o que acontece é que a utilização excessiva do chamado crédito fácil conduz a situações complexas e gera dívidas difíceis de saldar. Neste artigo irá encontrar algumas dicas para escapar às “garras” do marketing agressivo que promove o crédito fácil.

Prepare um orçamento

A primeira regra para garantir que a sua situação financeira se mantém controlada é fazer um orçamento e segui-lo religiosamente. Ao fazer um orçamento mensal ganhará um maior grau de conhecimento relativamente às suas contas.

Sabendo quando pode gastar por mês, fica desde logo a saber se a compra que está a ponderar é viável ou não. É claro que de acordo com o marketing associado ao crédito, é extremamente simples e fácil contrair um empréstimo para comprar qualquer tipo de artigo, mas em termos práticos isso está longe de corresponder à verdade.

Se está a pensar comprar algo que não se enquadra no seu orçamento e se esse produto ou serviço não é algo que terá um impacto duradouro na sua vida, o melhor é esquecer a ideia.

Atenção à televisão

Apesar de já não ter o impacto de outrora, a televisão continua a ser um dos canais prediletos do marketing agressivo e por isso, deve fazer uma gestão inteligente desta forma de entretenimento.

Hoje em dia, a maioria das famílias possui um serviço pago de televisão em casa, o que possibilita que os programas sejam facilmente gravados e que até que se aceda a conteúdos que foram transmitidos nas horas ou dias anteriores.

Estas funcionalidades permitem que assista aos seus programas favoritos, sem que tenha que suportar os longos intervalos e os anúncios que constantemente apelam à utilização de crédito.

Cuidado também com a Internet

A Internet tem substituído rapidamente a televisão como o principal canal de publicidade, já que permite chegar a grupos de consumidores mais específicos, o que significa um maior retorno para os anunciantes.

E como certamente já terá reparado, os anúncios a instituições de crédito estão em todo o lado na Internet: nos emails, nas redes sociais, nos sites mais populares. Assim, também quando navega na Internet deve ter cuidado, para evitar cair nesta tentação.

Para evitar problemas aplique estas simples ideias: se não pode pagar a pronto e se não é algo indispensável para a sua vida, não compre.


Subscreva a nossa newsletter para ficar sempre a par das novidades e receber alertas de novas amostras grátis e outras oportunidades para poupar e ganhar dinheiro… diretamente no seu email!

Não encontrou a informação que procurava? Faça uma pesquisa aqui:

Talvez lhe interesse:

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.

Partilhe este artigo

Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
Share on linkedin

Sugestão de leitura

Este site utiliza cookies para permitir uma melhor experiência por parte do utilizador. Ao navegar no site estará a consentir a sua utilização.