Carro acidentado

Recentemente em conversa com um mecânico da minha confiança, fiquei a saber de algo que me intrigou de tal forma que resolvi divulgar/denunciar aqui no blog!

Imagine que tem um acidente, a culpa não é sua, e a seguradora do responsável, após peritagem, se propõe a avançar com a reparação do seu automóvel. Até aqui tudo bem…

Mas é também aqui que entra uma importante sugestão: informe-se sobre os termos da reparação e caso exista necessidade de substituir peças, exija que sejam substituídas por peças de origem.

Aparentemente não são poucos os casos em que as oficinas substituem as peças dos automóveis acidentados por peças da concorrência sem nunca o informarem de tal decisão! 🙁

Consta que esta “tramóia” ocorre com mais frequência em oficinas com protocolos com as seguradoras. É, sem duvida, uma boa forma das seguradoras pouparem dinheiro às custas do desconhecimento dos proprietários dos carros.

Você poderá até andar anos com o carro sem descobrir que “lhe meteram” peças da concorrência (ou até mesmo usadas… ou até nem meteram peças nenhumas, simplesmente repararam as que lá estavam, sabe-se lá…).

Mas como, regra geral, o barato sai caro, mais tarde ou mais cedo poderão surgir os problemas, e aí já pode ser tarde demais para reclamar. A seguradora dirá que não sabe de nada, a oficina nem se lembra de si, ou pode até ter passado tanto tempo que nem mesmo você associa os problemas do seu carro à reparação após o acidente.

Concluindo, em caso de acidente em que não tem a culpa, exija sempre a substituição das peças por material de origem.

É um direito seu e evita vir a ter problemas e despesas no futuro! Lembre-se que não é só a saúde do seu carro que está em risco. A sua segurança e a de quem viaja consigo também estão em causa.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here