Abr 072009
 

Tem várias sobras de sabonetes e não sabe o que fazer com elas?
Transforme-as em novos sabonetes!

Veja como proceder:

  • Coloque os pedacinhos de sabonetes numa caçarola e cubra-os com água.
  • Deixe-os assim mergulhados por várias horas para se irem desfazendo.
  • Ponha a caçarola a aquecer no fogão e vá mexendo para não deixar a mistura queimar.
  • Quando estiver tudo bem derretido, retire do calor, adicione uma colher de azeite e misture bem.
  • Coloque em formas e deixe arrefecer… está pronto!

Para melhor perceber como reciclar sabonetes, veja o seguinte vídeo (está em inglês):

Neste vídeo mostram-nos como podemos dar outra tonalidade aos sabonetes adicionando corante alimentar.

Deixo aqui uma outra sugestão: adicione essência de citronela à mistura para criar um sabonete repelente de insectos. Assim, para além do odor agradável, manterá os insectos afastados da sua pele!

Faça já os seus sabonetes personalizados… por exemplo, pode utilizar formas em formato de coração e oferecer uns sabonetes românticos à sua cara metade! :)

Abr 062009
 

Tem flores frescas e precisa de as transportar a alguma distância e num dia quente?

Sugiro o seguinte:

  • Corte-lhes um pouco do pé e deixe-as em água fria por uma ou duas horas.
  • Retire-as, derreta um pouco de uma vela e mergulhe na cera a ponta dos pés das plantas.

Desta forma, as flores ficarão protegidas durante a viagem.

Quando for arranjá-las numa jarra, volte a aparar-lhes os pés.

Abr 052009
 

Sabe porque é que nos países orientais as chávenas de chá não têm pega?
Porque se não conseguirem pegar com as mãos, significa que a bebida está demasiado quente e imprópria para consumir.

Os chineses e japoneses bebem chá quente no início e no final das refeições de modo a facilitarem a digestão.

Beber líquidos frios durante e após as refeições, solidifica os componentes oleosos dos alimentos ingeridos, o que retarda o processo de digestão.

Comer um gelado após a refeição, tem o mesmo efeito – evite-o como sobremesa.

Também, beber líquidos durante a refeição é de evitar, porque isso provoca a diluição dos ácidos do estômago e cria mais toxinas.

Se adoptarmos o hábito de beber um chá ou água morna após as refeições, facilitamos a digestão e amolecemos as gorduras ingeridas para serem expelidas mais rapidamente, o que também nos vai ajudar a emagrecer.

Poupe na sua saúde!

Abr 042009
 

Do mesmo género do site DêBoleia, já aqui divulgado, eis que surgem duas novas iniciativas relacionadas com a partilha de automóveis.

Uma das iniciativas é da Galp Energia com o seu novo programa denominado Galp Share.

A Galp Energia assinou recentemente um protocolo com o governo com o objectivo de incentivar a utilização deste sistema e de criar condições mais vantajosas para os seus aderentes.

Veja o anúncio deste programa:

Outra iniciativa que surgiu recentemente tem o nome Carpool – Partilha de Viagens.
O funcionamento é semelhante ao DêBoleia mas um pouco mais sofisticado. Este site utiliza Google Maps para facilitar as acções do utilizador.

Em todos estes programas, os objectivos são bem claros: diminuir a quantidade de carros em circulação, facilitando o tráfego e reduzindo a emissão de gases e, obviamente, poupar dinheiro!

Abr 032009
 

Caso ainda seja cliente da tarifa simples da EDP, pondere a sua adesão à tarifa bi-horária para poupar mais uns trocos na conta da electricidade.

Para quem não sabe, esta tarifa diferencia o consumo consoante o horário. Se utilizar um determinado electrodoméstico de elevado consumo energético, durante as chamadas horas de vazio, pagará menos!

Sugiro que consulte o site da EDP onde está tudo explicado ao pormenor incluindo em que períodos se enquadram as horas de vazio: EDP

A partir da internet, poderá fazer a adesão e agendar um dia para o técnico proceder à substituição do contador.
Depois de transitar para essa tarifa, aproveite-a da melhor forma. Por exemplo, utilize as máquinas de lavar loiça / roupa apenas em horas de vazio.

Segundo a EDP, o consumo de electricidade em horas de vazio é facturado a um valor 45% mais baixo.

Tenha em atenção que para conseguir realmente economizar com esta tarifa, deverá adaptar os seus hábitos de consumo de electricidade de modo a aproveitar ao máximo as horas de vazio, caso contrário poderá sair-lhe ainda mais caro do que a tarifa simples. Isto porque, o valor a pagar pela potência contratada é um pouco mais elevado.

Para saber se realmente é vantajoso para si aderir à tarifa bi-horária, experimente este simulador: Simulador de Potência e Consumo

Boas poupanças ;-)