O que são os ciclos de sono e quais são as suas fases?

Os ciclos de sono são essenciais para a qualidade de vida de uma pessoa. São eles os responsáveis por uma boa noite de sono: fique a saber o que são!
Despertador

O sono é algo indispensável ao ser humano, pois permite que descansemos não só o corpo mas também o cérebro. O sono é constituído por ciclos: não é só um, não são dois mas sim vários ciclos de sono pelos quais passamos enquanto dormimos!

Os distúrbios de sono, como as insónias ou a apneia do sono, aparecem precisamente porque existe uma perturbação desses ciclos.

Os ciclos de sono são divididos em duas fases principais: o sono lento e o sono paradoxal.

O sono lento

A primeira fase do ciclo de sono é o chamado sono lento.

Esta fase permite ao corpo de relaxar e repousar, aliviando-se das tensões musculares acumuladas durante o dia. A atividade fisiológica do corpo e do cérebro começa, nesta fase, a diminuir.

A fase do sono lento dura entre 60 a 75 minutes. Durante este período:

  • os músculos do corpo vão relaxar
  • o corpo vai utilizar menos energia
  • a temperatura corporal desce, tal como o ritmo cardíaco e respiratório

Este relaxamento e reduzida atividade física do corpo leva também a uma diminuição da atividade cerebral. As ondas elétricas do cérebro tornam-me mais lentas, resultando num ritmo cerebral mais calmo.

O nome de sono lento vem precisamente desta maior lentidão da atividade cerebral. A esta fase também é atribuída a sigla NREM que corresponde ao inglês Non Rapid Eye Movement (Movimento Não Rápido dos Olhos).

É possível as pessoas sonharem durante o sono lento, mas várias experiências mostram que se tal acontecer, é pouco provável que as pessoas se lembrem do sonho que tiveram.

Fases do sono lento

O sono lento é uma fase dos ciclos de sono que se subdivide em quatro etapas. Cada uma dessas etapas ou fases tem características e importâncias diferentes para a qualidade do sono:

  • Fase 1: a fase do adormecimento

Esta é a fase que corresponde à transição entre o acordar e o adormecimento. Estando já deitado e com os olhos fechados, os músculos começam a relaxar, o ritmo cerebral começa a tornar-se mais lento e os ruídos e estímulos exteriores são sentidos com menor eficácia.

Esta fase, que dura entre 3 a 12 minutos, corresponde à fase em que é ainda muito fácil despertar.

  • Fase 2

Nesta fase, já é mais difícil despertar a pessoa. A atividade cerebral já diminuiu e a temperatura do corpo também já reduziu bastante.

Esta segunda fase dura entre 10 a 20 minutos.

  • Fase 3

Esta terceira fase corresponde à transição entre o sono lento (no qual ainda conseguimos ouvir os barulhos do exterior) e o sono profundo, no qual a atividade cerebral é ainda mais reduzida.

A fase 3 dura aproximadamente 10 minutos e aqui já é praticamente impossível despertar a pessoa com pequenos estímulos ou barulhos exteriores.

  • Fase 4: o sono profundo

Nesta fase, o sono é já muito profundo e a atividade cerebral é muito lenta. Tanto o corpo como o cérebro estão em absoluto repouso.

O sono paradoxal

A segunda fase dos ciclos de sono é o chamado sono paradoxal.

Esta é fase mais curta do ciclo do sono e dura entre 15 a 20 minutos.

A fase do sono paradoxal é caracterizada por uma atividade cerebral intensa, similar à atividade cerebral que acontece durante o dia. Mesmo estando a pessoa a dormir, o cérebro está paradoxalmente muito ativo… daí o nome dado a esta fase!

Durante esta fase:

  • tanto o ritmo cardíaco como a respiração tornam-se muito rápidas
  • a temperatura do corpo começa a aumentar, adaptando-se à temperatura ambiente
  • o corpo consome muita energia, pois precisa de conseguir manter este ritmo mais acelerado

A fase do sono paradoxal permite que as pessoas tenham sonhos muito visuais, que ocorrem devido ao movimento rápido dos olhos. Esta fase do ciclo do sono é também chamada de REM (Rapid Eye Movement, que significa “Movimento Rápido dos Olhos”) precisamente por isso!

Contrariamente aos sonhos que podem aparecer durante a fase do sono lento, existem grandes probabilidades que a pessoa se lembre do sonho se este ocorrer durante a fase do sono paradoxal.

Cada um dos ciclos de sono dura aproximadamente 90 minutos, sendo que cada ciclo é repetido entre quatro a cinco vezes por noite – dependendo do quanto dormir!

Estas duas fases dos ciclos de sono acabam por ser ambas absolutamente necessárias para se ter uma boa noite de sono. O sono lento é o que permite ao corpo recuperar a energia e força, enquanto que o sono paradoxal permite recuperar o cérebro e o mental.


Subscreva a nossa newsletter para ficar sempre a par das novidades e receber alertas de novas amostras grátis e outras oportunidades para poupar e ganhar dinheiro… diretamente no seu email!

Não encontrou a informação que procurava? Faça uma pesquisa aqui:

Talvez lhe interesse:

Uma resposta

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.

Partilhe este artigo

Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
Share on linkedin

Sugestão de leitura

Este site utiliza cookies para permitir uma melhor experiência por parte do utilizador. Ao navegar no site estará a consentir a sua utilização.