Como Fazer um Esfoliante Corporal Caseiro

Faça o seu próprio esfoliante corporal utilizando ingredientes muito acessíveis. Uma receita de beleza caseira simples e económica.
mulher-pele

Hoje trago-lhe mais uma receita de beleza caseira publicada na famosa revista de saúde Prevenir.

Desta vez trata-se de um esfoliante corporal muito simples de fazer e muito económico.

Para fazer este esfoliante corporal, vai precisar de: 100g de aveia integral; 100g de farinha de trigo integral e água.

Reunidos os ingredientes, proceda da seguinte forma:

  1. Misture a aveia com a farinha.
  2. Numa taça, adicione uma mão-cheia da mistura à água até formar uma pasta.
  3. Esfregue o corpo com essa pasta.
  4. Tome um duche de água tépida e por fim hidrate a pele.

A revista Prevenir sugere ainda que adicione amêndoas raladas de modo a enriquecer ainda mais esta fórmula.

Esta e outras pequenas dicas que vão surgindo em revistas, tais como a Prevenir, e que vou transcrevendo para o blog, são uma boa forma de poupar algum dinheiro em cuidados de saúde e beleza. Portanto… aproveite! 😉

Subscreva a nossa newsletter para ficar sempre a par das novidades e receber alertas de novas amostras grátis e outras oportunidades para poupar e ganhar dinheiro… diretamente no seu email!

Talvez lhe interesse:

12 respostas

  1. A aveia não é um ingrediente que esteja à venda em todas as lojas. Mas por conter muitos antioxidantes que previnem contra o envelhecimento e conter zinco que auxilia na diminuição de acnes, vale a pena procurar por ela nas superfícies comerciais e fazer esta esfoliação.

  2. O esfoliante é essencial para quem pretende manter a pele suave e limpa. É muito bom para eliminar as células que se encontram mortas. E com a possibilidade de fazermos este tratamento em casa, basta comprar os ingredientes e sai barato. Recomendo a experimentarem fazer uma esfoliação pois só trará benefícios.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.

Partilhe este artigo

Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
Share on linkedin

Sugestão de leitura

Este site utiliza cookies para permitir uma melhor experiência por parte do utilizador. Ao navegar no site estará a consentir a sua utilização.