Livre-se das frieiras

36 respostas

  1. jessica raupp diz:

    a melhor recita e tirar casca de pinheiro ai ma parte interna dela tem uma camada roxa com ela é feito um chá bem quente onde é colocado os pés ai tem que colocar até a agua esfriar e depois tire os pés e deixe ele secar por conta nao seque com toalha e depois de seco coloque uma meia. minha mae curou as frieiras fazendo isso!!
    tomara que tenha ajudado alguém!!

  2. madalena diz:

    Transpiro muito nos pés, mas por incrível que pareça, durante o verão, usando sapatos fechados e meias sociais, não me apareciam as indesejadas frieiras. Contudo, no inverno, porque sinto frio nos pés, coloco meias para dormir, mas durante o dia, por já estar aposentada, fico em casa com os pés à vontade e, mesmo assim as frieiras vinham; todos os anos durante o inverno, apenas entre o dedo mínimo e o vizinho, no pé esquerdo, SÓ NESSE LOCAL.
    Aí, depois de tento sofrer, perguntei ao “tio Google” e encontrei a solução rápida e baratíssima. Infelizmente não me lembro o site, blog e o nome da santa que deu a dica, mas lá vai: AMASSE UM DENTINHO DE ALHO E ESFREGUE NA PARTE AFETADA. Fiz isto apenas uma vez e, adeus “marvada” nunca mais tive nada.
    Li em um jornal que alho e limão só não curam inveja. Os dermatologistas não vão gostar nada disto, pois será uma consulta a menos que eles ganharão $$$$$$$$. Tchau!

  3. anta diz:

    Tem o nome de Pedra de Alúmen.
    Existe à venda nas lojas de produtos homoepáticos ou em sites on line.
    Também é um bom desodorizante, sem qualquer composto quimico

    Quanta besteira! Alúmen é o alúmen de Potássio, obtido a partir da reação dos sais de Alumínio e Potássio. Possui peso molecular igual a 948,78 g/mol e é conhecido como Pedra-ume ou Sulfato Duplo de Alumínio e Potássio. Mas a pedra-ume ainda pode ter outros alumens em sua composição.

  4. Banana diz:

    apanham se urtigas deixam se secar, quando tiveres secas metem se na agua a ferver e colocam se lá deixa se arrefecer e lavam se as mãos com a infusão varios dias ate desaparecerem.

  5. Lopes diz:

    Atualmente tenho frieras nos pes, ja tenho tido ha anos frieras. Peco um metodo para acabar com este sofrimento que é ter-las (quem as teve sabe bem) so mete apetece cortar os dedos dos pes sao umas dores.

    Estou aberto a sugestoes!

    • Maria diz:

      Boa noite,
      Se esfregar as mão com alcool e chegar o lume tapando imediatamente com uma toalha, as frieiras dasaparecem para sempre. Pode optar por besuntar as mãos com petróleo mas não deve chegar o lume.
      As melhoras

  6. Sonia de Oliveira diz:

    Já tive frieiras vários anos, especialmente nas mãos e é realmente um grande sofrimento e experimentei muita coisa mas sem sucesso, até que finalmente fiz algumas experiências que deram resultados. Mais ou menos a meio do Outono, antes de começarem as frieiras, eu começo a tomar cápsulas de Rutina (à venda em ervanárias), uma por dia e só paro de as tomar perto do fim do Inverno. É remédio “santo”. Passo também a lavar as mãos quase sempre em água morna, evitando o choque térmico e uso luvas se estiver muito frio no exterior. Se por acaso começo a sentir algum sintoma de frieiras a aparecer, esfrego aguardente nos dedos antes de ir para a cama. Estas experiências resultaram para mim e para o meu pai e já à alguns anos que passo o Inverno na maior, sem esse sofrimento, tenho é de seguir à risca esse tratamento. Por isso, recomendo a quem sofra do mesmo, pode ser que também resulte consigo. Cumprimentos, livres de frieiras :-)

  7. Lopes diz:

    Vou experimentar alguns desses metodos e ver se resulta.
    E obrigado.

  8. alodin diz:

    frieiras normalmente aparecem por causa de fraca circulaçao sanguinea nas maos ou pes…
    experimentem suplimentos de ginkgo biloba (a venda na farmacia) , melhora a circulaçao e mantem as maos mais quentinhas :)

Deixar uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Pode usar estas etiquetas HTML e atributos: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>