Como evitar passar a roupa a ferro

Não gosta de passar a roupa a ferro? Conheça várias dicas para evitar essa aborrecida tarefa, ganhando mais tempo para si e poupando energia elétrica.

Passar roupa a ferro

Passar a ferro é, para muitos, considerada uma tarefa bastante aborrecida! Ver TV, assistir à série favorita ou ouvir música, até podem ajudar a tornar essa atividade um pouco menos massacrante, mas certamente que seria preferível nem sequer ter de o fazer. 😀

De facto, passar a ferro, para além do esforço físico, requer disponibilidade de tempo. Ao evitar passar a roupa a ferro, não só está a ganhar tempo livre, como também economiza dinheiro em energia elétrica e em produtos como água destilada e produtos para limpeza do ferro. E claro, o meio ambiente também agradece!

Existem várias formas de evitar o uso do ferro de engomar, vamos identificar algumas aqui neste artigo.

A escolha dos tecidos

A sua batalha contra a “árdua” tarefa de passar a ferro, começa logo na escolha dos tecidos no momento em que compra a roupa. Existem tecidos que amarrotam menos do que outros durante a lavagem e, como tal, não necessitam de ser passados a ferro: lycra (elastano), 100% algodão, nylon, poliéster, acetato, entre outros.

💡
Descubra as melhores oportunidades para poupar e ganhar dinheiro!
Clique aqui para saber mais.

Portanto, na hora de escolher a roupa, prefira peças feitas desses materiais. Além de enrugarem menos, normalmente secam mais rápido e até são mais baratas do que as roupas de tecidos naturais.

Cuidados na lavagem da roupa

Para evitar que a roupa enrugue demasiado, tente não encher a máquina de lavar até à sua capacidade máxima, deixando, dessa forma, algum espaço livre no tambor.

A lavagem da roupa deve ser o mais curta possível e a uma temperatura de 30/40º (se a roupa não estiver muito suja). O uso de temperaturas de lavagem mais elevadas, além de consumir mais energia, acaba por consumir os tecidos e enrugar as fibras.

O ciclo de centrifugação não deverá exceder as 600/800rpm. Muitas máquinas têm a função “engoma fácil” que reduz a força do ciclo de centrifugação, deixando as peças de roupa menos amarrotadas.

Normalmente, a nossa tendência é optar por um programa de centrifugação a velocidades mais rápidas para que a roupa saia da máquina o mais seca possível, no entanto, isso é contraproducente quando o objetivo é evitar passar a ferro. Não se pode ter tudo! 😛

A escolha de um bom amaciador de roupa também tem impacto na condição com que a roupa sai da máquina. Se quiser poupar também nesse campo, poderá optar por usar vinagre branco.

O vinagre branco é uma excelente alternativa ao amaciador, pois tem a capacidade de suavizar as fibras das roupas, deixando-as macias e fáceis de passar. Adicionar meia chávena de vinagre branco na máquina de lavar ajuda a remover manchas e a desfazer as rugas das roupas. Além disso, ajuda a eliminar odores e bactérias, e tem um efeito desinfetante na roupa. Adicionalmente, o uso de vinagre na lavagem de roupa é uma forma de reduzir o impacto ambiental, pois é biodegradável e não liberta resíduos tóxicos na natureza.

Cuidados ao estender a roupa

Assim que a lavagem terminar, retire a roupa da máquina e estende-a de imediato. Ao deixar a roupa muito tempo no tambor da máquina após a lavagem, para além de ficar mais amarrotada, ainda podem surgir maus odores devido à humidade (mofo).

Antes de estender, sacuda energicamente e várias vezes a roupa. Depois, estique bem os tecidos, tentando eliminar os vincos com as mãos. Obviamente que, dessa forma, demora mais tempo a estender a roupa, mas ganha muito mais tempo ainda ao evitar ter de a passar a ferro.

Se possível, e dependendo da peça de roupa, utilize cabides (no norte chamamos-lhes “cruzetas” 🙂 ) para pendurar a roupa a secar. Dessa forma, a roupa seca na posição correta e reduz a possibilidade de ficar com vincos. Opte por cabides de madeira ou plástico, pois os de metal poderão enferrujar e deixar manchas nos tecidos.

Roupa pendurada em cabides

Cuidados ao dobrar a roupa

Garanta que a roupa está completamente seca antes de a dobrar e guardar. Ao guardar a roupa ainda com alguma humidade, poderão surgir odores desagradáveis, podendo até mesmo manchar o tecido com bolor.

Dobre bem a roupa, alinhando as costuras e passando a mão para evitar vincos e empilhe-a ou coloque algo pesado sobre ela.

Evite sobrecarregar as gavetas ou armários com roupas dobradas. Também, utilizar sacos de armazenamento de roupa, especialmente para guardar roupas de inverno ou casacos, ajuda a evitar vincos e a manter as roupas em boas condições.

Converter a máquina de secar roupa numa “máquina de passar roupa”!

Para finalizar, uma dica que não tive oportunidade de experimentar, porque não tenho máquina de secar roupa, mas que me pareceu interessante e até pode fazer sentido…

Segundo este artigo do Daily Mail, basta colocar uns cubos de gelo no tambor da máquina de secar para que a roupa fique sem vincos. Aparentemente, o vapor que é libertado do gelo durante o ciclo de secagem, estica e suaviza os tecidos.

Se experimentar este truque, partilhe nos comentários o resultado que obteve.


Também considera a tarefa de passar a ferro pouco “prazerosa”? Conhece mais formas de evitar ter de o fazer? Partilhe a sua opinião e dicas nos comentários deste artigo. 😉


Receba alertas de amostras grátis, dicas de poupança e outras oportunidades incríveis diretamente no seu email:


Veja também:


Messenger Poupa e Ganha
Deixe um comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *