Como poupar dinheiro com a regra do 1%

Aprenda a poupar dinheiro com a regra do 1%. Uma estratégia de poupança simples e eficaz que o ajuda a alcançar as suas metas financeiras.

Carteira com dinheiro

Por muito divertido e gratificante que possa ser comprar algo de forma espontânea, essa emoção pode ser passageira e levar-nos a arruinar o nosso orçamento.

Se tem dificuldade em controlar os seus gastos impulsivos, considere aplicar a regra do 1% – uma regra cujo objetivo é minimizar as compras impulsivas de maior valor e evitar arrependimentos.

O que é a regra do 1%

A regra do 1% é uma estratégia de poupança criada por Glen James, o apresentador do podcast australiano My Millennial Money.

A forma como funciona é simples: sempre que algo que deseja comprar excede 1% do seu rendimento anual bruto, deverá esperar 24 horas antes de avançar com a compra, para refletir sobre se essa despesa é realmente necessária.

💡
Descubra as melhores oportunidades para poupar e ganhar dinheiro!
Clique aqui para saber mais.

1% pode parecer pouco, mas ao longo do tempo, esses pequenos montantes de dinheiro podem acumular-se e fazer uma enorme diferença nas suas finanças. A regra do 1% é, portanto, uma forma fácil e simples de começar a poupar dinheiro, sem precisar de fazer grandes sacrifícios ou mudanças drásticas na sua vida.

Como aplicar a regra do 1%

Para aplicar a regra do 1%, é necessário calcular 1% do seu rendimento anual bruto. Se for de 20.000€ por ano, o orçamento máximo para uma única compra seria de 200 euros.

Para exemplificar a aplicação da regra do 1%, vamos supor que deseja comprar uma nova TV por 1000€ e tem um rendimento anual de 20.000€. Isso excederia o limite de 1%. Neste caso, teria de esperar um dia antes de efetuar a compra. Durante esse tempo, deverá refletir sobre se essa despesa é realmente necessária ou se pode passar sem ela.

Se tiver rendimentos anuais bastante superiores, de tal modo que o limite de 1% lhe pareça demasiado elevado, pode limitar-se a 0,5% ou 0,25%.

Benefícios da regra do 1%

A regra do 1% oferece-lhe tempo para pensar sobre a compra e determinar se realmente precisa dela. Além disso, se conseguir evitar uma compra impulsiva, mesmo que seja por uma só vez, estará a poupar até 1% da dos seus rendimentos.

Assim, a regra do 1% pode oferecer vários benefícios financeiros, tais como:

  • Ajuda a criar consciência sobre as despesas prescindíveis e a pensar duas vezes antes de fazer uma compra. Isso pode ajudar a evitar compras desnecessárias e a poupar dinheiro no longo prazo.
  • Ajuda a criar uma mentalidade de poupança, pois estará mais vezes a pensar em como poupar dinheiro em vez de pensar em como gastá-lo. Isso pode ajudar a criar hábitos financeiros saudáveis ​​e a alcançar metas financeiras maiores.
  • Ajuda a alcançar metas financeiras, como juntar dinheiro para uma viagem, comprar uma casa ou poupar para a reforma. Isso acontece porque essa regra permite que tenha dinheiro disponível para essas metas, em vez de gastá-lo desnecessariamente.
  • Ajuda-o a concentrar-se nas suas necessidades. O que pode ajudá-lo a viver com menos stress financeiro e a desfrutar de coisas mais importantes na vida.
  • Ajuda a se sentir mais no controlo das suas finanças, pois permite que tome decisões informadas sobre gastos e poupe dinheiro para o futuro. Isso pode ajudar a aumentar a sua segurança financeira.

Se seguir esta regra, pode aprender a identificar e controlar os seus impulsos de compra e, em simultâneo, poupar dinheiro para objetivos importantes ou para investir.

Além da regra do 1%, existem outras técnicas de poupança que podem ajudar a controlar o seu orçamento e alcançar as suas metas financeiras. Uma delas é a regra 50/30/20, que sugere que 50% dos seus rendimentos deve ser destinado a despesas essenciais, 30% a gastos prescindíveis e 20% a poupança e investimentos. Outra é a regra dos 10 segundos, que consiste em esperar 10 segundos antes de comprar algo de menor valor e refletir sobre se realmente precisa dele. Por último, a regra dos 3 dias é similar à regra do 1%, mas sugere esperar 3 dias antes de comprar algo de maior valor, mas que não será, à partida, essencial. Estas regras podem ser adaptadas às suas necessidades e estilo de vida, e pode experimentar e combinar diferentes técnicas até encontrar aquelas que melhor se adaptam às suas necessidades.

Porque existem tantas “regras” e técnicas de poupança

Existem diversas regras e técnicas de poupança porque cada pessoa tem necessidades e objetivos financeiros diferentes, e o que funciona para uma pessoa pode não funcionar para outra.

As regras e estratégias de poupança são criadas e sugeridas por diferentes especialistas e personalidades financeiras, cada uma com a sua própria abordagem e perspetiva. Algumas regras são mais conservadoras e outras são mais agressivas, algumas são mais simples e outras são mais complexas. Além disso, as necessidades financeiras de uma pessoa podem mudar ao longo do tempo, sendo importante estar sempre aberto a experimentar novas técnicas e adaptá-las às suas necessidades atuais.


É importante controlar os gastos impulsivos para alcançar as suas metas financeiras. A regra do 1% é uma ferramenta útil para ajudá-lo a alcançar esse objetivo, dando-lhe tempo para refletir sobre as suas compras e poupando dinheiro ao evitar compras desnecessárias. Experimente aplicá-la e veja se funciona para si! 😉


Receba alertas de amostras grátis, dicas de poupança e outras oportunidades incríveis diretamente no seu email:


Veja também:


Messenger Poupa e Ganha
Deixe um comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *