Sabe que dormir é importante, mas saberá realmente o que é o sono?

Sabe que dormir é importante e indispensável, mas saberá realmente o que é o sono e qual a importância de dormir bem tem no seu corpo e quotidiano?
Dormir

Dormir é algo indispensável ao ser humano, mas poucas são as pessoas que sabem realmente o que é o sono.

O sono é um estado fisiológico do ser humano e que é absolutamente necessário para estar de boa saúde. Em média, é aconselhável que se durma sete a oito horas por noite – um terço do nosso dia – para que seja possível uma boa regeneração da sua força física e mental.

Durante o sono, o corpo humano passa por várias modificações fisiológicas como a secreção de hormonas e uma diminuição:

  • do tônus muscular;
  • do ritmo cardíaco;
  • da temperatura do corpo.

Como todas as atividades corporais do ser humano, o sono é também comandado e “liderado” pelo cérebro. O cérebro tem um comportamento diferente, dependendo do ciclo de sono pelo qual o corpo está a passar.

O ritmo circadiano e a “dívida do sono”

O sono é parte integrante do chamado ritmo circadiano. O ritmo circadiano é o termo utilizado para definir o ritmo biológico que o corpo humano segue durante o período das 24 horas do dia. Este ritmo é constituído por duas fases:

  • a fase desperta, durante o dia;
  • a fase do sono, durante a noite.

O ritmo circadiano descreve assim a alteração e mudança biológica do corpo, entre as duas fases do dia.

Trocar as “voltas” do ritmo circadiano pode provocar grandes perturbações à pessoa, tanto na sua fase desperta como na fase de sono.

Por exemplo, quando se viaja entre fusos horários muito diferentes, o ritmo circadiano é alterado e acontece aquilo a que chamamos de jet lag.

A fase do sono irá ser mais curta por causa dessa mudança horária e o sono em falta irá acumular, acontecendo a “dívida do sono”.
Irão ser necessárias muitas noites para conseguir “pagar” ou compensar essa “dívida” e falta de sono.

As alterações do ritmo circadiano acontecem também muito às pessoas que trabalham por turnos, sobretudo em turnos noturnos.

Aplicando algumas técnicas, é possível minimizar os efeitos dessas alterações constantes. No entanto, se os distúrbios e perturbações durante a noite acontecem com demasiada ocorrência (sobretudo as insónias), é essencial consultar um especialista médico.

Porque é que dormimos?

Já sabemos que dormir é algo necessário e sem a qual dificilmente conseguimos estar bem. Dormir permite que o corpo seja reparado (daí a origem da expressão “sono reparador”) do cansaço físico e mental pelo qual passou durante o dia.

Mas não só!

Dormir está também relacionado com a aprendizagem e com a memória. Na realidade, é o sono que permite que o cérebro assimile a informação que adquirimos durante o dia. Dormir bem irá ajudar a que tenha melhor memória e mais conhecimentos!

Para as crianças e adolescentes em crescimento, dormir bem é ainda mais essencial: as hormonas responsáveis pelo crescimento e desenvolvimento ósseo são também produzidas durante o sono.

Como saber que precisamos de dormir?

O nosso próprio corpo avisa-nos quando precisa de dormir, mostrando que o sono é algo biologicamente necessário.

O sentimento de cansaço e irritabilidade que todos nós sentimos quando precisamos de dormir é causado pela produção das hormonas reguladoras do despertar e do adormecimento.

O sono é algo indispensável e necessário: dormir mal é um problema de saúde sério. Se sofre com muita regularidade de distúrbios de sono como as insónias, deve começar a preocupar-se e a mudar de estilo de vida.

Uma forma de tratar bem o seu sono e começar a dar a importância que ele necessita, é implementando uma boa rotina de sono. O ser humano é regido por horários e, devido à importância que o dormir bem tem para o seu corpo e mente, passar ao lado de algo que controle o sono é correr riscos de sofrer perturbações de sono.


Subscreva a nossa newsletter para ficar sempre a par das novidades e receber alertas de novas amostras grátis e outras oportunidades para poupar e ganhar dinheiro… diretamente no seu email!

Não encontrou a informação que procurava? Faça uma pesquisa aqui:

Talvez lhe interesse:

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.

Partilhe este artigo

Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
Share on linkedin

Sugestão de leitura

Este site utiliza cookies para permitir uma melhor experiência por parte do utilizador. Ao navegar no site estará a consentir a sua utilização.