Como usar o seu frigorífico e congelador de forma eficiente

Dicas preciosas para aumentar a eficiência do seu frigorífico e do seu congelador, poupar energia e aproveitar esses eletrodomésticos ao máximo.
Frigorífico

Estima-se que frigoríficos e arcas congeladoras são responsáveis por 35% do consumo de energia elétrica numa casa.

O primeiro passo na redução desse consumo, começa exatamente no momento da compra. Portanto, a dica mais óbvia é que tenha sempre em conta a eficiência energética dos eletrodomésticos que adquire.

DECO - Ofertas

No entanto, a forma como utiliza o seu frigorífico e arca congeladora, tem um enorme impacto na fatura da eletricidade. Neste artigo damos-lhe algumas dicas preciosas para ajudar a reduzir o consumo energético desses equipamentos.

Tenha em conta a temperatura exterior

Nem todas as pessoas se lembram que a temperatura exterior tem influência no consumo de energia do frigorífico e na eficiência com que conserva os alimentos no seu interior.

A temperatura aconselhada para uma melhor conservação dos alimentos no interior do frigorífico varia entre os 3 e os 5 °C. O termóstato é o elemento responsável por medir constantemente a temperatura no interior do frigorífico de modo a “alertar” o mecanismo de refrigeração caso esta suba acima do valor definido.

Com o tempo quente, mesmo um equipamento de boa qualidade e bem isolado, tem maior dificuldade em estabilizar a temperatura interna. E é esta batalha constante que aumenta significativamente o consumo de energia.

No inverno, o frigorífico consome muito menos energia, já que o esforço para estabilizar a temperatura interior é menor.

Equipamentos mais recentes já incorporam sistemas de regulação de temperatura que ajustam automaticamente a temperatura interior conforme a temperatura medida no exterior. Se não for esse o caso, é recomendável que reduza a temperatura do frigorífico e do congelador nos meses mais quentes e volte a repor nos meses mais frios.

Como evitar que a temperatura exterior influencie o funcionamento

  • Instale o frigorífico num local fresco e ventilado, afastado de possíveis fontes de calor: radiação solar ou forno.
  • Certifique-se que as borrachas da porta estão em boas condições e mantenha a porta do frigorífico bem fechada sempre que possível.
  • Nunca coloque alimentos quentes no frigorífico. Opte por os deixar arrefecer no exterior.
  • Quando retira um alimento do congelador para o consumir no dia seguinte, em vez de o descongelar à temperatura ambiente, deixe-o descongelar no interior do frigorífico. Dando assim uma dose extra e gratuita de frio ao seu frigorífico.
  • Tente guardar as compras todas de uma vez só.
  • Organize os alimentos no interior do frigorífico conforme as suas necessidades.
  • Nos dias de maior calor, mantenha os estores ou persianas da cozinha fechados.
  • Ajuste o termostato de modo a manter a temperatura entre os 3 e os 5 °C. Se o seu frigorífico não vem equipado com um indicador de temperatura, poderá colocar um termómetro no seu interior. A sua leitura pode ajudá-lo a regular corretamente o termóstato do frigorífico.

Mantenha o frigorífico cheio

Um frigorífico vazio é definitivamente uma visão triste. Mas sabia que também é um desperdício de energia?

Por mais estranho que lhe possa parecer, quanto mais cheio estiver o frigorífico, mais energia ele economizará. Isso acontece porque os alimentos e a água têm mais capacidade para manter a temperatura do que o ar.

E não, não terá necessariamente de ir a correr ao supermercado comprar mais alimentos só para “atestar”o frigorífico. A solução é muito mais simples e prática…

Portanto, sempre que o seu frigorífico começar a ficar demasiado vazio, simplesmente coloque uns recipientes fechados e cheios de água a ocupar as prateleiras vazias. Com as prateleiras ocupadas, a temperatura do frigorífico atinge o valor desejado muito mais rapidamente.

Tenha, no entanto, o cuidado de não atafulhar tudo dentro do frigorífico. Deverá garantir que ainda deixa espaço suficiente entre alimentos (e entre os tais recipientes que só servem para ocupar espaço) de modo a permitir que o ar circule.

Organize os alimentos

Frigorífico organizado

Uma má organização dos alimentos no frigorífico ou arca congeladora, para além de aumentar o consumo de energia, pode ainda levar ao desperdício de alimentos.

Há uns tempos atrás, numa visita a um hipermercado Continente, deparei-me com um painel informativo do Movimento Hipersaudável, a explicar como armazenar corretamente os alimentos no frigorífico de modo a evitar desperdícios.

Como achei se tratar de uma informação útil para os leitores do blog, tirei uma foto a esse painel (espero que o Continente não se importe). Pode ver essa foto aqui:

Como economizar organizando o frigorífico

Tal como descrito no painel, ao organizarmos os alimentos no frigorífico devemos ter em consideração que a temperatura no seu interior não é homogénea, pelo que ao armazená-los adequadamente prevenimos que se estraguem antes do tempo.

O que colocar em cada uma das zonas do frigorífico:

  • Zona superior – Iogurtes, queijo, natas, compotas e alimentos já cozinhados (não os coloque ainda quentes).
  • Porta – Manteiga, margarina, água, etc.
  • Zona intermédia – Carne e pescado, fiambre e outros produtos de charcutaria e produtos de pastelaria.
  • Prateleira inferior – Produtos em fase de descongelação (acondicione-os em recipientes que evitem o derrame de líquidos resultantes deste processo).
  • Gavetas inferiores – Hortícolas, fruta e leguminosas frescas.

No congelador a temperatura é uniforme, mas devemos ter em atenção os seguintes cuidados:

  • Carne e peixe – Limpe-os (peles, escamas, vísceras) e armazene logo nas porções que vai consumir.
  • Hortícolas – Lave, corte e retire as partes não comestíveis. Escalde-os durante 2 minutos e a seguir passe-os por água fria, retire a humidade e acondicione-os corretamente nas porções necessárias.

Tome também nota que existem vários alimentos que não devem ser armazenados no frigorífico, quer sejam por poderem perder propriedades, perder o sabor, amadurecer precocemente, ou simplesmente porque não precisam de ser mantidos a baixas temperaturas.

Prepare algumas refeições em maiores quantidades, para poder congelar em várias porções, nas quantidades que irá utilizar para uma refeição. Ou seja, tal como já referi aqui no blog, cozinhe para um batalhão! 🙂

Uma má organização dos alimentos na arca congeladora, pode também levar à criação de ACNI (Alimento Congelado não Identificado)! 😀

Mantenha a porta bem fechada

Quantas vezes já lhe aconteceu manter a porta do seu frigorífico ou congelador aberta durante uma eternidade apenas porque não encontra o que procura?

Como sabe, mantendo a porta do frigorífico aberta obriga-o a consumir mais energia para estabilizar a temperatura no seu interior.

Assim, se mantiver os alimentos bem organizados dentro desses eletrodomésticos, encontrará o que necessita muito mais facilmente e ainda poupa energia elétrica.

Evite encher demasiado o frigorífico, para além de tornar ainda mais difícil de encontrar o que precisa, dificulta a circulação do ar o que afetará a distribuição da temperatura por todas as prateleiras. De qualquer forma, e como vimos anteriormente, manter o frigorífico demasiado vazio, também tem influência no aumento de consumo de energia.

Mas de nada adianta ter o frigorífico arrumado se antes de o abrir ainda não tiver decidido o que quer tirar de lá! Pense bem no que quer antes de abrir a porta do frigorífico, para evitar mantê-la aberta enquanto decide o que vai fazer para o almoço!

Como garantir que a porta está sempre bem fechada

Já lhe deve ter acontecido pelo menos uma vez, esquecer-se da porta do frigorífico aberta.

Existe uma técnica muito simples para evitar que a porta do frigorífico ou da arca vertical fique aberta por esquecimento. Basta regule os pés da frente do frigorífico ou da arca para uma altura superior aos pés de trás, esse desnível fará com que a porta feche automaticamente.

Mas não interessa apenas ter a porta fechada, o mais importante é que esta fique bem fechada…

Com o passar do tempo, a borracha de vedação da porta destes eletrodomésticos fica ressequida e perde a sua função principal: impedir que o calor exterior entre. Isto levará a que o motor tente estabilizar constantemente a temperatura interior, o que consumirá muito mais energia.

Faça um simples teste para descobrir se está na hora de trocar essa borracha. Entale uma folha de papel entre a porta e o batente da arca ou do frigorífico. Com a porta bem fechada, puxe o papel. Se este sair facilmente é sinal que a borracha de vedação precisa de ser substituída.

Cuidados ao arrumar as compras no frigorífico

Após chegar a casa carregado de compras, não as comece logo a arrumar de uma forma desordenada.

Ao retirar os alimentos dos sacos de compras, coloque todos os que necessitem de ir para o frigorífico junto do mesmo e proceda da mesma forma para os que pretende guardar no congelador.

Depois, é só abrir a porta do frigorífico e guardar tudo de uma vez só, reduzindo assim o número de vezes que abre e fecha a porta do frigorífico e do congelador.

Para além de arrumar tudo muito mais rapidamente, evita um aumento do consumo de energia desse eletrodoméstico dado não necessitar de o abrir várias vezes ou de manter as portas abertas durante bastante tempo.

A organização torna tudo muito mais simples! 😉

Descongele com frequência o congelador

Congelador com bastante gelo

Se o seu congelador não tem a tecnologia no-frost, esta dica é para si!

Há quanto tempo não descongela o seu congelador?

Se não se lembra da última vez que descongelou o seu congelador é bem provável que esteja a desperdiçar cerca de 30% de energia elétrica.

Basta uma acumulação de gelo superior a 6 milímetros para que o seu congelador consuma mais energia do que a necessária. Isto porque essa camada de gelo vai funcionar como um isolamento térmico (como os iglus dos esquimós), dificultando a refrigeração e forçando o motor a consumir mais energia para manter a temperatura baixa.

Quando descongelar o congelador, aproveite também para limpar a grelha por trás do equipamento e garanta que o ar circula livremente nessa zona. Para tal, mantenha o eletrodoméstico afastado uns 5 centímetros da parede.

Truque para facilitar essa tarefa

Da próxima vez que descongelar e limpar o seu congelador ou arca congeladora, seque-o bem e aplique uma fina camada de vaselina no seu interior em todas as zonas onde normalmente se acumula gelo (paredes e grelhas).

Essa “técnica” facilitará a remoção do gelo na próxima vez que o precisar de fazer, já que a vaselina faz com que o gelo não adira tão bem nas superfícies do congelador.

Poderá encontrar bisnagas de vaselina à venda nos hipermercados normalmente nas prateleiras onde também encontra álcool, água-oxigenada, pensos, etc.


Conhece mais dicas para otimizar a forma como utilizamos os nossos frigoríficos e arcas congeladoras? Partilhe nos comentários as suas sugestões e opiniões.

DECO - Ofertas
Partilhe este artigo:
Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on linkedin
LinkedIn
Também poderá gostar:
Últimas oportunidades:

45 respostas

  1. Excelentes conselhos Miguel =) Eu tenho um pequenino que está pela tampa e um grnade vazio e vou tratar de aliviar a carga para poder funcionar melhor 🙂

  2. Descongele frigoríficos e congeladores antigos a cada 15 ou 20 dias. O excesso de gelo reduz a circulação de ar frio no aparelho, fazendo que gaste mais energia para compensar. Se for o caso, considere trocar de aparelho. Os novos modelos consomem até metade da energia dos modelos mais antigos, o que subsidia o valor do electrodoméstico a médio/longo prazo.

    Aqui fica uma dica para descongelar o frigorífico mais rapidamente. Primeiro, desligue-o na ficha ou no termostato. Depois, só tem de colocar numa das prateleiras, uma bacia com água quente, fechar a porta e esperar um pouco.

  3. Não sabia que as borrachas dos frigoríficos teriam alguma vez de ser substituídas…. Em relação ao fecho “automático” da porta já conhecia, praticava e dá mto jeito especialmente qdo se leva mtas coisas na mão!
    Qdo chego das compras tb costumo colocar as coisas que são para serem guardadas lá dentro todas juntas e perto do frigorífico…. assim só abro 1 vez a porta e arrumo tudo de uma acentada!

  4. Para poupar algum tempo também é boa ideia ir logo separando as compras na medida do possivel no próprio supermercado enquanto esperamos que a menina (ou menino) da caixa nos passe os artigos. Ir logo separando pelos sacos é fácil e rapido e depois poupa-se tempo 😉
    .-= Venha ler o meu último post ..Publicação em site Turco!! =-.

  5. Tb faço logo a separação das compras na caixa do supermercado e detesto que mas arrumem nos sacos (eu sei que aintenção é ajudar o cliente e poupar nos sacos). Para poupar com o gfrigorífico tb convem ir regulando a temperatura interior de acordo com as estações: não precisamos que o frigorífico faça tanto frio no inverno como no verão!

  6. Quando vou às compras, utilizo sempre aqueles sacos de alcofa que trazem tudo e mais alguma coisa e não costumo a fazer grande separação nos supermercados. Só se tiver algum produto que possa amassar ou partir. Mas quando chego a casa começa a diversão, vou tirando todo para cima da mesa e dos balcões. Como agora faço parte do club nielsen tb vou resgistando só mm no fim é que arrumo tudo colocando as coisas para o frigorifico e para a arca congeladora tudo junto e perto da porta do electrodoméstico. Assim que abrir a porta sei que quando a fechar não volto a abrir porque me esqueci de alguma coisa.

  7. Quando Chego das compras, vou abrindo os sacos, e colocando tudo o que for merceraria em cima da mesa, o que vai para o frigorífico e congelador no balcão ao lado destes e o que vai para a casa de banho fica já de parte. Depois, abro a porta do frigorifico, e de uma só vez coloco tudo lá dentro, igualmente no congelador, evitando assim o abrir e fechar constante da porta

  8. É o meu problema quando arrumo as compras, estou sempre a abrir e a fechar a porta, penso que já arrumei tudo e de repente vejo, que ainda faltava uma coisa, e depois ainda descubro outra. Então o meu frigorifico começa logo a apitar quando a porta fica muito tempo aberta, só para ele se calr fecho logo a porta. Gostei foi do teste às borrachas, tenho de experimentar.

  9. Por acaso nunca tive que substituir nenhuma borracha, nem sabia que era substituivel..no entanto já aconteceu nao conseguir fechar a porta por excesso de produtos e é preciso ter noção da quantidade de electricidade que se gasta com um frigorifico aberto….

  10. O meu precisa de ser descongelado, mas é um frigorífico com arca em baixo e não me apetece desligar tudo para poder descongelar só a parte de baixo, há alguma maneira mais rápida sem ter que o desligar?

  11. cá em casa realmente fazemos assim, ou então pior, deixamos o frigorífico aberto enquanto andamos a separar as coisas…que vergonha :/

  12. Também não sabia dessa situaçao das borrachas dos frigorifios.
    No entanto tenho alguns cuidados para ter a porta aberta menos tempo; quando faço as compras tenho cuidados como
    >> Todos os produtos que são envoltos em cartão, plastico e afins vão para o frigorifico já limpos dessas coisas, pois na hora de os usar torna mais rapido pegar neles.
    >> Os packs de iogusrtes por exemplo, guardo sempre já “partidos” desta foma é so agarrar num e tirar e naop perco tempo a parti-los com a porta aberta.
    >> O frigorifico deve ser bem arrumado com as coisas a vista para não perder-mos tempo a procura delas.

  13. na semana em que quero limpar o congelador não compro nada e uso só o que tenho congelado para evitar estar fora de prazo e tambem para ter espaços para comprar novas coisas.gosto de limpar o frigorifico com um pano molhado onde deito um pouco de vinagre….é bom para eliminar cheiros…e super barato

  14. No meu frigorífico da aldeia tenho um autocolante que a EDP me deu, diz para pensar no que quero tirar antes de abrir a porta assim estou a poupar,

  15. Mas tenho uma pequenina que aprendeu recentemente a abrir a porta do frigorífico, felizmente já começa a compreender que tem de a fechar logo depois de tirar o que precisa

  16. Boa , no outro dia o congelador estava esquisito. Depois o meu primo e que me explicou que tenho de o descongelar mais vezes do que o normal, e pronto. Tenho feito isso e resulta mesmo

  17. Certifique-se de que a circulação do ar na base e da parte traseira do aparelho é suficiente. Lembre-se que o frigorífico deve ficar a uma distância mínima de 10cm da parede.

    Coloque os alimentos no frigorífico consoante os diferentes níveis de refrigeração, evitando empilhar os mesmo para permitir a circulação do ar entre eles. Um frigorífico ou congelador cheio é mais eficiente do que um vazio, pelo que deve rechear o mesmo corretamente, colocando os alimentos nos respetivos compartimentos.

    Limpe o condensador, na parte traseira do frigorífico, a cada 4 meses. Não se esqueça de limpar regularmente o gelo acumulado no congelador (se este exceder 2mm gastará mais 10% de energia).

  18. Bom dia.
    Acabei de comprar um novo frigorífico e cheguei à conclusão que estava errado em relação à forma como devo regular a temperatura do mesmo, quer na parte da refrigeração, quer no congelador (tem duas portas).
    Ou seja: eu achava que de Verão podia ter uma temperatura mais suave (mais alta) no Inverno e que, pelo contrário, no Verão tinha que colocar mais frio dentro do frigorífico… para compensar a temperatura exterior mais alta.
    Agora, ao ler o manual deste novo frigorífico, estou a ver no congelador o regulador de temperatura: Cool (fresco) para o Verão e Cooler (mais fresco) para o Inverno.
    Alguém pode esclarecer-me se é mesmo assim?
    Obrigado.
    José Leal

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Receba as melhores dicas no seu e-mail:

Partilhe este artigo:

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on reddit
Share on whatsapp